Saiba porque pessoas introvertidas preferem a solidão

Publicado em 18.08.2010

Segundo um novo estudo, os as expressões faciais dos humanos podem ter mais significado para indivíduos mais sociáveis do que para pessoas mais introvertidas.

Os resultados da pesquisa mostraram que o cérebro de pessoas extrovertidas presta mais atenção aos rostos humanos do que as tímidas. Na verdade, o cérebro delas parece não distinguir objetos inanimados de rostos humanos.

As descobertas podem explicar em parte porque os extrovertidos são mais motivados a procurar pela companhia de outras pessoas do que os introvertidos, ou porque uma pessoa particularmente tímida prefere ler um bom livro do que sair com um grupo de amigos.

O estudo contribui para a ideia de que as diferenças no cérebro das pessoas têm ligação com a sua personalidade. Os investigadores sugerem que o comportamento diferente que você vê nas pessoas mostra que há bases neurológicas para diferentes tipos de personalidade.

Há muitas maneiras de descrever o caráter de alguém; de falante a ansioso até trabalhador e organizado. Psicólogos descobriram que os traços da personalidade de alguém podem ser agrupados em cinco grandes categorias: extroversão, neuroticismo, afabilidade, consciência e abertura/intelecto.

Extroversão é a forma como as pessoas interagem com os outros. Os extrovertidos (mais sociáveis) gostam de estar perto de outras pessoas e geralmente desfrutam de situações sociais, enquanto os introvertidos (menos sociáveis) são o oposto. Estudos anteriores demonstram que as pessoas que são extrovertidas também tendem a ser mais assertivas, ter sentimentos mais positivos e obter mais recompensas em geral.

A pesquisa analisou 28 indivíduos com idade entre 18 e 40 anos que variavam de personalidade. Eletrodos colocados no couro cabeludo dos participantes registraram a atividade elétrica de seus cérebros, uma técnica conhecida como eletroencefalografia ou EEG.

Os pesquisadores estudaram uma determinada mudança na atividade elétrica do cérebro conhecida como P300. A mudança, que aparece como um desvio no EEG de uma pessoa, pode ser provocada por determinadas tarefas ou por uma mudança no ambiente, por exemplo, um barulho muito alto que surge de repente em uma sala quieta.

A reação do cérebro ocorre dentro de 300 milissegundos, antes que a pessoa tenha consciência da mudança. Portanto, o P300 pode ser visto como um indicador da atenção humana, ou o quão rápido seu cérebro percebe que algo mudou.

Os pesquisadores utilizaram uma sequência de rostos masculinos, com um feminino piscando de repente, e uma sequência de flores roxas, com uma amarela piscando de repente.

Nos extrovertidos, a resposta P300 maior foi aos rostos humanos. Em outras palavras, eles prestaram mais atenção aos rostos humanos. Já os introvertidos tiveram respostas muito semelhantes tanto para as faces humanas quanto para as flores. Segundo os pesquisadores, eles simplesmente não colocam um peso maior nos estímulos sociais do que em quaisquer outros estímulos, ou seja, o cérebro dos introvertidos trata a interação com pessoas da mesma maneira como trata qualquer informação não humana, como objetos inanimados.

Os resultados sugerem fortemente que, de fato, as faces humanas, ou as pessoas em geral, possuem mais significado para os extrovertidos do que para as pessoas menos sociáveis e mais fechadas. [LiveScience]

Autor: Natasha Romanzoti

tem 24 anos, é jornalista, apaixonada por esportes, livros de suspense, séries de todos os tipos e doces de todos os gostos.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

13 Comentários

  1. francamente,essa materia nao curti muito(minha opinião),estudar 28 pessoas é como fazer testes de medicamentos com somente um rato.e eu que sou introvertido ,logo quando chego no trabalho antes de dar bom dia aos outros eu ja sei se eles acordaram com bom humor ou nao e etc…

    Thumb up 19
  2. Dizer que as pessoas introvertidas dão a mesma atenção a pessoas e objetos inanimados não determina que elas prestem menos atenção em pessoas. Talvez elas prestem muita atenção em tudo, mais que as extrovertidas (e isso me parece fazer mais sentido…). Não achei as informações suficientes para esclarecer isso…

    Thumb up 29
  3. Não sei se essa pesquisa diz realmente o que acontece.
    eu sou introvertido, mas como acho que a minha intuiçao é forte, consigo olhar para uma pessoa ou situaçao, e descobrir o que estes estão sentindo ou qual a intenção dessas pessoas.é algo quase automático. essa pesquisa dá a entender que extrovertidos se importam mais com as outras pessoas que introvertidos, e isso mais uma vez não é verdade, pelo menos em meu caso.lembrando que os grandes gênios da música e e da ciência em geral eram essencialmente introvertidos.
    tem relações humanas que nem merecem ser consideradas, que são simplesmente idiotices, acho que é por isso que o introvertido não considera elas.

    Thumb up 40
  4. Concordo. Já fui muito introvertido, e quando eu era, realmente eu não criava afetos com outras pessoas, não tinha o menor interesse, e achava rídico tudo que se refere ao apego sentimental de pessoas com pessoas.

    Já melhorei muito, mas ainda falta muito mais,…estou aprendendo a dar valor a ser humano como ele é.

    Thumb up 11
  5. Sou introvertido mas não sou tímido. Admiro o mundo em geral…mas francamente a loucura humana me espanta…mas nada tenho a ver com isso.

    Thumb up 25
    • Isso é ridículo. Agora introvertido trata gente como trata planta!!!!!!

      Thumb up 14
    • A humanidade deveria estar honrada em ser tratada como planta… A falta de bom senso e de respeito para os comuns enoja as pessoas que optam por um caminho diferente do ‘normal’.

      Thumb up 20
  6. bom pessoas introfertidas devem ser RESPEITADAS mas nao seremos obrigatoriamente responsaveis pela alegria ou pela felicidade de mesma…

    Thumb up 4
  7. Realmente introversão não é defibnido como timidez, afinal de contas uma pessoa extrovertida pode ser (algumas raras vezes… rsrs) timida.

    Significado de Introversão

    s.f. Ação de se voltar para dentro.
    Psicologia Fato de prestar mais atenção a si mesmo do que ao mundo exterior.

    Sou muiitooo extrovertida e tenho uma lindo marido e uma linda filha, ambos introvertidos. São inteligentes, criticos ao extremo, análiticos, realmente tratam as coisas de uma forma mais logica do que sentimental.

    Ah! e o Ezio Jose disse tudo! ^^

    Thumb up 10
  8. “o cérebro de pessoas extrovertidas presta mais atenção aos rostos humanos do que as tímidas.”

    Introversão não é timidez…

    Thumb up 18
  9. Isso depende. Sou introvertido mas, por eu ser desenhista, as espressões faciais são muito importantes pra mim e as reconheço muito bem para desenhá-las. Entretanto, o significado delas pra mim é mais técnico.

    Thumb up 4
  10. Não fica bem claro qual o objetivo da pesquisa. Mas o resultado dá para deduzir alguns aspectos do comportamento humano.
    Quanto à personalidade é um estudo mais delicado para a psicologia descrever tecnicamente. Personalidade nada mais é do que a alma do indivíduo. Ela não muda sua forma, é o próprio Ser. O caráter sim; este pode moldar de acordo com o meio. Caráter é um conjunto de característica que o indivíduo adquiri no decorrer de sua vida conforme o meio e a educação adquirida. Através da psicologia pode-se mudar, moldar ou modificar o caráter de que se predispõe à isto.
    O sitema neural é congênito. A medicina, talvez tenha recursos para efetuar pequenas mudanças,; não sei disto, apenas creio.

    Thumb up 3

Envie um comentário

Leia o post anterior:
irmaos
Ter irmãos atrasa o amadurecimento das meninas

Se tiverem um irmão ...

Fechar