Trem Maglev japonês viaja a 500 km/h com passageiros: vídeo

Eu não sei você, mas não sou fã de altas velocidades em terra firme. Pelo menos não em veículos do meu dia a dia. Carro indo muito além dos 60 km/h não é para mim. Sou usuária da pista da direita, assumida. O tradicional “pode passar” poderia ter sido uma invenção minha.

No entanto, mesmo uma pessoa como eu é compelida a dar o braço a torcer a veículos que andam em terra com toda a segurança que a tecnologia pode oferecer. A resposta da pergunta “Topa dar um rolê a 500km/h?” seria sempre “absolutamente não”, a não ser que a proposta fosse gentilmente completada com “mas é em um trem japonês”!

Andar a 500 km/h pode parecer assustador, mas os japoneses construíram um trem que faz isso parece um passeio de pedalinho em um fim de tarde de domingo.

Maglev: o trem japonês que viaja a 500 km/h

No vídeo que você vai ver logo a seguir, filmado pela BBC no primeiro trajeto do transporte, que contou com a participação de 100 passageiros, o trem atinge a incrível marca de 501 km/h. E, pelas imagens, os passageiros têm uma experiência muito mais suave do que poderíamos imaginar.

A viagem foi de apenas 42,8 km ao longo de uma rota entre Uenohara e Fuefuki, duas cidades a oeste de Tóquio, capital do Japão. Mas esta é apenas a primeira parte de uma rota que acabará por conectar Tóquio com Nagoya, no centro do país.

A diferença

Essa viagem leva atualmente cerca de 80 minutos para ser completada. Com a nova tecnologia do trem Maglev, esse tempo vai diminuir pela metade, levando apenas cerca de 40 minutos. O percurso total está previsto para ser concluído até 2027.

Uma vez em funcionamento, o trem vai ser ainda mais rápido do que o trem Maglev de Shanghai, atualmente o trem comercial mais rápido do mundo, sendo capaz de alcançar a já incrível velocidade de 431 km/h.

A tecnologia Maglev

Tecnologia Maglev, que é uma abreviatura em inglês de “levitação magnética”, funciona realmente fazendo o trem flutuar a uma pequena distância dos trilhos. Ambos permanecem conectados entre si por meio de campos magnéticos, ao invés de rodas, eixos e rolamentos. Isso significa que os trens não são afetados pelo clima, como chuvas fortes nas pistas, e também são mais suaves e muitas vezes mais silenciosos do que os trens que estamos acostumados.

O que explica porque o passeio recorde no Japão parecia muito divertido. Repare bem na emoção dos passageiros quando o trem atinge 501 km/h:

E para por aí?

Longe disso. Se você acha que isso é impressionante, a China está trabalhando na criação de um trem Maglev que deve se locomover dentro de um quase-vácuo que, em teoria, pode viajar 2.900 quilômetros por hora – três vezes mais rápido do que um avião – devido à falta de resistência do ar.

Enquanto isso, a Austrália, por exemplo, se contenta com trens que geralmente alcançam o máximo de cerca de 160 Km/h, e nos EUA a velocidade máxima de transporte ferroviário é de cerca de 240 km/h.

Parece que o mundo precisa correr um pouco mais para alcançar os orientais. [sciencealert]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)
Curta no Facebook:

3 respostas para “Trem Maglev japonês viaja a 500 km/h com passageiros: vídeo”

Deixe uma resposta