Nissan March: Conheça o popular da Nissan que será lançado em outubro no Brasil

Por , em 28.08.2011


Fotos Nissan March

A montadora Nissan quer lançar um carro para concorrer com outros populares da categoria, como o Celta, da Chevrolet, o Palio, da FIAT, e o Gol, da Volkswagen.

Mas, para que o primeiro popular japonês pegue de verdade e arrebente nas vendas, a Nissan vai apostar em diferenciais: todas as versões do March vêm com espelhos externos reclináveis, travas elétricas sensíveis à velocidade, imobilizador, computador de bordo, desembaçador traseiro, cobertura de bagageiro desmontável e airbag duplo. Também terá três anos de garantia e dois anos da assistência 24 horas da Nissan.

O March chega ao mercado em outubro. Segundo Carlos Murilo Moreno, diretor de marketing da Nissan Brasil, essa versão mais básica não deve custar mais do que 30.000 reais. Achou o preço do Nissan March adequado para suas vantagens?

Além da básica, chegarão ao mercado a versão Sense, com ar-condicionado, controle remoto para liberação de travas e bagageiro, direção eletricamente assistida, sistema de áudio AM/FM/CD/MP3, com entrada auxiliar para conectar dispositivos de música como o iPod, alarme antirroubo e limpador traseiro, e a versão Advance, complementada com transmissão automática de quatro velocidades, vidros elétricos, espelhos elétricos e airbags frontais, entre outros atributos.

O preço da versão mais completa, por sua vez, deve ser de até 35.000 reais.

Assim como o test drive feito no Nissan LEAF, a equipe do HypeScience também conheceu e dirigiu o Nissan March. O carro é bastante estável, e tem um design de acordo com os populares.

Entre alguns dos detalhes que permite essa estabilidade, está o “V” aplicado ao teto, que dá ao painel da cobertura mais robustez, reduz o peso e diminui o centro da gravidade, e a suspensão frontal tipo McPherson e traseira tipo eixo semirrígido, muito compacta e firme.

As rodas são deslocadas mais para as laterais, proporcionando maior espaço interno aos passageiros. O Nissan March será oferecido em transmissão manual de cinco velocidades, como também automática de quatro velocidades.

Ele virá nas cores laranja radiante, cinza oxford, branco, prata, azul elétrico, vermelho bordô e preto, equipado com motor HR16 1.6 litro de quatro cilindros, 16 válvulas, que gera 106 cavalos de potência.


Nissan March ao lado do Nissan Leaf, o carro elétrico da Nissan

Se estiver curioso quanto ao rendimento de combustível, a Nissan assegura que o March faz 15 quilômetros por litro na cidade, e mais de 20,9 quilômetros por litro na estrada, com consumo médio de 17,7 quilômetros por litro.

Confira o vídeo do Nissan March, e dê sua opinião: você acha que ele tem capacidade de competir no mercado dos populares brasileiros?

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

14 comentários

  • Durval:

    Queria saber, aerá que estas dos comentários acima, andam a pé? aposto que não.
    O problema do país não é carro, é voto só a mudança resolve os problemas.
    Hot Master – Vidros Elétricos

  • Odilon Motta:

    O estepe amarrado (?) embaixo do porta malas, só poe ser brincadeira, tô fora!

  • Brazilianboyy:

    Povo brasileiro pra sempre sera burro. Tempo de acordar e mandar todo mundo se ferrar. Carros que nos EUA custa R$32 Mil reais, aqui custa R$98 mil. Povo, acordem e abra os olhos. Carro popular sem airbag, abs, e teto solar por R$28 mil??? Mercedes Benz que custa nova U$ 35 mil, aqui custa R$ 135 mil?? Gente, deixem de ser burros. Aqui nesse pais tudo tem imposto para os ladroes. Idiotas

    • Sara Y:

      Ta bom o que se pode fazer? Eu moro no brasil e nao nos EUS. Sei que o povo roba mas tenho que ter uml carro e adivinha onde eu posso comprar? Se tiver um jeito me fala pra poder por em pratica.

  • Acemilda Neres de Souza:

    Quanto custa a manutençao do nissan march? quais vantagens de ter um nissan march?

  • wander:

    Quando os brasileiros tomarem vergonha na cara, certamente deixarão de se explorados. Os preços serão mais baixos como em outros países.
    Como dinheiro não dá em árvore, mantenho o meu usado em excelente estado de conservação e aplico o meu dinheiro suado em IMOVEIS que ao contrario dos carros, valorizam todos os dias. Statos pra mim, é dinheiro no banco e no bolso!

  • Julio:

    É feio, parece um carrapato.

  • Roberto:

    A Nissan errou de marketeiro pônei. Tem bons carros, fez boa parceria com a Renault e já prometeu um carro elétrico. De resto só falta o governo baixar impostos para veículos pequenos. Baixar pelo menos em nível argentino.

  • José Calasans.:

    Poie é,besta é quem compra.

  • gval:

    Essa coisa de ter carro popular barato é só baratina, estive na alemanha, recente e vir os preços dos automoveis lá, coisa de louco, no brasil e tres vezes mais o valor destas carroças brasileiras, carroças porque sáo barulentas, sem estabilidada, e não confiavel com suas peças.

  • Fala Sério:

    Não adianta todo que vem de fora é super taxado e o preço fica um absurdo.

    • Cesar:

      Fala sério, eu vi um cálculo, mesmo que o imposto fosse ZERO, o carro no Brasil seria mais caro que no país de origem, por que as montadoras brasileiras tem um LUCRO OBSCENO. Elas lucram, no Brasil, 3x o que lucram em outros países, e colocam a culpa nos impostos e no “custo Brasil”.

      http://www.correiodoestado.com.br/noticias/lucro-e-nao-imposto-faz-brasileiro-pagar-o-carro-mais-caro_115896/

      O Honda City é um bom exemplo do que ocorre com o preço do carro no Brasil. Fabricado em Sumaré, no interior de São Paulo, ele é vendido no México por R$ 25,8 mil (versão LX). Neste preço está incluído o frete, de R$ 3,5 mil, e a margem de lucro da revenda, em torno de R$ 2 mil. Restam, portanto R$ 20,3 mil.

      Adicionando os custos de impostos e distribuição aos R$ 20,3 mil, teremos R$ 16.413,32 de carga tributária (de 29,2%) e R$ 3.979,66 de margem de lucro das concessionárias (10%). A soma dá R$ 40.692,00. Considerando que nos R$ 20,3 mil faturados para o México a montadora já tem a sua margem de lucro, o “Lucro Brasil” (adicional) é de R$ 15.518,00: R$ 56.210,00 (preço vendido no Brasil) menos R$ 40.692,00.

    • Carlos:

      Uma lei de mercado diz:

      “O preço de um produto é quanto o mercado está disposto a pagar por ele, não tendo relação direta com os custos de produção e distribuição.”

      É o que acontece no Brasil. Um povo de baixo nível cultural, paga caro porque acha que “ter carro é ter status de rico”. E financia em 60 meses, comprometento as finanças pessoais, etc, etc.

      Quem compra carro zero, merece.
      .

  • vinicius:

    É uma boa opção, mas quando se trata de popular a grande vantagem da Fiat, VW e Chevrolet é a manutenção, quanto deverá sair a revisão de um March comparado com um Gol, por exemplo.

Deixe seu comentário!