Um adolescente acaba de construir o satélite mais leve do mundo – e a NASA vai lançá-lo

A NASA vai lançar, no próximo mês, um satélite que é supostamente o mais leve do mundo, criado por ninguém menos que um adolescente indiano.

Rifath Shaarook, de 18 anos, ganhou a competição internacional Cubes in Space para construir o minúsculo satélite. O desafio era inventar um dispositivo que pudesse se encaixar em um cubo de 4 metros e que não pesasse mais de 64 gramas.

O objeto embarcará em uma missão suborbital de 4 horas lançada pela Wallops Flight Facility, na Virgínia, em 21 de junho.

Uma vez posicionado em microgravidade, seu principal objetivo será testar a durabilidade de seu invólucro extremamente leve, impresso em 3D.

KalamSat

O satélite foi nomeado KalamSat, em homenagem ao cientista nuclear indiano e ex-presidente A. P. J. Abdul Kalam.

“Nós o desenhamos completamente do zero”, disse Rifath Shaarook ao Business Standard. “Terá um novo tipo de computador de bordo e oito sensores incorporados para medir a aceleração, a rotação e a magnetosfera da Terra”.

A leveza do objeto vem de sua estrutura de polímero de fibra de carbono reforçada – um material que tem uma relação força-peso muito alta, usado em várias aéreas, de engenharia aeroespacial a materiais de pesca.

Em junho, o satélite completará uma viagem de ida e volta ao espaço, ficando online e operacional por 12 minutos em um ambiente de microgravidade.

Os adolescentes da NASA

Se você está achando estranho que a NASA vai mesmo testar um dispositivo criado por um estudante de ensino médio, saiba que esta sequer é a primeira vez que a agência espacial busca e aceita ideias que não vem de seus renomeados cientistas e engenheiros.

Em março, a NASA fez manchetes quando seus dados foram corrigidos por um estudante de 17 anos no Reino Unido. Miles Soloman estudou dados registrados por detectores de radiação na Estação Espacial Internacional durante a estadia de seis meses do astronauta britânico Tim Peake, e notou um erro nos níveis de energia relatados.

Também, há algumas semanas, a agência norte-americana anunciou que iria lançar um dispositivo chamado miniPCR para a Estação Espacial Internacional para testar micróbios espaciais pela primeira vez. Esse dispositivo foi inventado por uma estudante de 17 anos chamada Anna-Sophia Boguraev. [ScienceAlert]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (19 votos, média: 4,63 de 5)
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Um adolescente acaba de construir o satélite mais leve do mundo – e a NASA vai lançá-lo”

Deixe uma resposta