Baleia completamente desconhecida pela ciência é vista pela primeira vez em detalhes

Publicado em 6.11.2012

Em 1872, foram encontrados ossos da baleia-bicuda-de-bahamonde em uma ilha remota do Oceano Pacífico. Nos 140 anos seguintes, a rara espécie permaneceu escondida, e as únicas evidências de que ela ainda existia foram ossos encontrados na Nova Zelândia (na década de 1950) e no Chile (em 1986).

Quando duas baleias (uma fêmea e seu filhote) encalharam na Praia de Opape (Nova Zelândia) em dezembro de 2010, ninguém imaginava que se tratava de exemplares legítimos da baleia-bicuda-de-bahamonde. Meses depois, graças a uma análise rotineira de DNA, cientistas descobriram a verdadeira “identidade” dos dois animais.

“Esta é a primeira vez que essa espécie foi vista ‘completa’, e nós tivemos sorte de encontrar duas espécimes”, destaca Rochelle Constantine, da Universidade de Auckland (Nova Zelândia). Os resultados da análise só foram publicados recentemente.

Mesmo com os dois raros exemplares em estudo, pouco se sabe sobre essa espécie – e o motivo pelo qual ela fica “escondida” permanece um mistério. “Pode ser que elas sejam simplesmente animais que vivem em alto-mar e em águas profundas, raramente encalhando em praias”, sugere Constantine. Como esse golpe de sorte só aconteceu depois de 140 anos desde a descoberta da espécie, provavelmente não veremos outro exemplar tão cedo…[MSNBC]

Autor: Guilherme de Souza

É jornalista empenhado e ilustrador em treinamento. Curte ciência, cultura japonesa, literatura, seriados, jogos de videogame e outras nerdices. Tem alergia a música sertaneja e acha uma pena que a Disco Music tenha caído no esquecimento.

Quer copiar nosso texto? Siga estas simples instruções e evite transtornos.
Compartilhe este artigo

7 Comentários

Envie um comentário

Leia o post anterior:
deodorize-carpet
Os odores da vagina humana

Os odores da vagina ...

Fechar