Batimentos cardíacos de cães e de seus donos sincronizam quando eles estão juntos

Por , em 5.05.2016

Cada apaixonado por cães sabe que o vínculo entre os seres humanos e os seus homólogos caninos é profundo. De acordo com um estudo recente, essa ligação pode ser tão próxima que até mesmo os corações de cães e seus donos podem entrar em sintonia um com o outro.

O experimento, feito conjuntamente pela Universidade de Monash, na Austrália, e pela fabricante de comidas para animais Pedigree, pegou três pares de cachorros e proprietários e colocou todos em monitores de frequência cardíaca. Eles separaram os cães de seus proprietários e registraram a mudança de batimentos cardíacos quando eles eram reunidos novamente. Dentro de um minuto, ambos os batimentos cardíacos caíram significativamente, até mesmo parecendo se espelhar no outro.

Mia Cobb, especialista canina que conduziu o estudo ao lado do Dr. Craig Duncan, afirmou ao site Huffington Post que os resultados mostraram como a relação homem-cão é mutuamente vantajosa na redução dos níveis de estresse. Já está provado que cães podem diminuir o nosso ritmo cardíaco, ajudando a reduzir o estresse, mas esta nova pesquisa sugere que os cães também estão se beneficiando fisicamente do relacionamento com humanos.

“Este projeto é uma boa ilustração do que a maioria dos proprietários experimentam todas as noites, quando eles chegam em casa do trabalho e se reúnem com seus companheiros”, salienta Cobb.

“Este efeito, de experimentar uma desaceleração dos batimentos cardíacos, faz uma diferença significativa para o nosso bem-estar geral. Se nós podemos diminuir o nosso ritmo cardíaco por estarmos com os nossos animais, isso é algo que pode realmente beneficiar a comunidade”, projeta ela.

Mais uma evidência de que cães são mesmo impressionantes. [IFLS]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • Pedro Antonio:

    ´´E pela fabricante de comidas de animais Pedrigree“ E o batimento do gado quando é abatido pra fazer as raçõezinhas? Cadê

    • Cesar Grossmann:

      Parou quando o gado foi morto. Algum problema?

    • Victor Reis Oliveira:

      Meu cachorro tá adorando comer o gado morto…e a picanha que vou comer mais tarde vai estar demais…kkkk , me poupe

Deixe seu comentário!