“Não desista!” Mensagens de texto ajudam fumantes a abandonar o vício

Por , em 3.07.2011

Um novo estudo descobriu uma maneira bem simples e eficaz de melhorar os níveis de saúde, aumentando o número de pessoas que abandonam o cigarro: fumantes têm duas vezes mais chances de largar o vício quando recebem mensagens de texto os motivando a manter a meta de se livrar do tabagismo.

Esse tipo de intervenção é fácil de ser aplicada a nível nacional ou internacional. Com as taxas de fumo crescendo em muitos países em desenvolvimento, e o tabaco previsto para matar 8 milhões de pessoas por ano até 2030, essa descoberta poderia ser traduzida em uma medida de saúde pública potencialmente poderosa.

O tabaco mata até metade de seus usuários. É descrito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como “uma das maiores ameaças à saúde pública que o mundo já enfrentou”. Além de provocar câncer de pulmão, que é muitas vezes fatal, causa outras doenças respiratórias crônicas. É também um importante fator de risco para doenças cardiovasculares, assassinas número um do mundo.

5.800 fumantes da Grã-Bretanha que queriam largar o cigarro participaram do estudo. Eles foram aleatoriamente colocados em dois programas: um que recebeu mensagens de texto motivacionais, e o grupo de controle, que recebeu mensagens de texto não motivacionais.

Os textos motivacionais incluíam incentivos para parar de fumar, conselhos sobre como manter peso ao parar de fumar, e ajuda para lidar com os desejos (abstinência).

A mensagem sobre abstinência, por exemplo, dizia: “Desejos duram menos do que 5 minutos, em média. Para ajudar a distrair-se, tente tomar uma bebida lentamente até que a vontade passe”.

Os textos não motivacionais apenas agradeciam as pessoas por sua participação, solicitavam confirmação dos detalhes de contato, ou diziam outras coisas não ligadas ao tabagismo.

Os pesquisadores usaram testes de saliva para verificar se aqueles que disseram ter parado de fumar haviam realmente parado.
Os resultados mostraram que os do grupo motivacional eram duas vezes mais propensos a abandonar o cigarro do que os do grupo de controle, com taxas de sucesso de 10,7% e 4,9%, respectivamente.

Os pesquisadores concluíram que as mensagens de texto são uma forma muito conveniente para os fumantes receberem apoio para largar. Os participantes viram as frases como “amigos” ao lado deles nessa batalha.

Devido ao rápido crescimento do uso do celular em alguns países mesmo pobres, a ideia pode fornecer uma nova abordagem para campanhas de cessação do tabagismo tanto em países ricos quanto de baixa renda.[Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • João da cruz vieira leite:

    Fumar que coisa odiônda que tanto aflinge nosso corpo nossa vida!
    i8nfelizmente sou desta clace a mais de 5o anos, estou tentando parar com esta porcaria a mais do mesmo tempo em que coloco esta maldição na Boca, e não consigo deixar.
    O que podera ser isto? como aniquilar esta maldição ? tem cura? ainda longe de resolver por tudo que ja tentei.

  • EP:

    Só a Vivo me manda mensagens… huahauhauhauah
    #ForeverAlone

  • vicente:

    no caso do meu pai que é viciado em cachaça á anos quando ele vem dizer que ta se sentindo mal eu falo pra ele beber mais pq eu cancei de dizer pra ele nao beber.

Deixe seu comentário!