10 coisas incríveis que você não sabia sobre os animais

Por , em 15.01.2012

Mitos e mistérios tornam alguns animais ainda mais fascinantes. Vamos explorar algumas descobertas recentes, erros comuns e adaptações incríveis.

10 – Papagaios não são apenas gravadores

A fala dos papagaios é geralmente lembrada como um gravador de penas. Mas estudos que vem sendo feitos há 30 anos continuam a mostrar que esses pássaros fazem muito mais do que apenas uma imitação. Nossos amigos conseguem resolver tarefas linguísticas para crianças de 4 a 6 anos. Os papagaios parecem compreender conceitos como “igual” e “diferente”, “maior” e “menor”, “nenhum” e números. E o mais interessante é que eles combinam falas e frases, como em um a novela. Um estudo de 2007 sugere o uso de padrões na fala dos papagaios para desenvolver a fala em robôs.

9 – Elefantes são esquecidos, mas não burros

Os elefantes têm o maior cérebro – uma média de cinco quilogramas – entre todos os mamíferos que já andaram na Terra. Mas eles usam a massa cinzenta ao máximo? A inteligência é difícil de ser quantificada tanto em humanos quanto em animais, mas o quociente de encefalização (QE), uma média entre o tamanho do cérebro de um animal e o esperado para esse tamanho dependendo da massa dele, têm uma boa relação com a habilidade de passar obstáculos e desafios. A média de QE do elefante é 1.88 (os humanos têm entre 7.33 e 7.69, os chimpanzés 2.45 e os porcos 0.27). Inteligência e memória geralmente caminham juntas, o que sugere que a memória do elefante, mesmo que não seja infalível, é muito boa.

8 – Por causa do tamanho, as girafas têm circulação sanguínea única

A gigante girafa, que tem a cabeça geralmente a uns cinco metros de altura, desenvolveu essa adaptação para conseguir alcançar os alimentos mais distantes. A vantagem é óbvia, mas algumas dificuldades surgem daí. O coração precisa bombear quase o dobro do que o de uma vaca para que o sangue não pare de subir antes de chegar à cabeça. E lá embaixo, a pele das pernas precisa ser muito resistente.

7 – Muitos peixes mudam os órgãos sexuais

Com tantas criaturas andando por aí, é fácil esquecer que algumas das mais esquisitas estão no fundo do oceano. A estranha prática do hermafroditismo é mais comum entre peixes do que em qualquer grupo de vertebrados. Algumas dessas mudanças, nos peixes, são respostas para um ciclo hormonal ou mudanças ambientais. Outros possuem órgãos femininos e masculinos.

6 – Pintinhos fraternos

É um erro pensar que a evolução está produzindo apenas animais preocupados com si próprios. Laços de altruísmo existem para ajudar a sobrevivência daqueles carregando material genético parecido. Os pintinhos praticam uma seleção de parentesco fazendo um pio especial enquanto comem. Esse chamado anuncia para todos os animais próximos que foi encontrada comida. A chave da seleção natural não é a sobrevivência do animal mais preparado, mas do melhor material genético, então um pouco de fraternidade ajuda a todos.

5 – Os ratos toupeira não são cegos

Com seus fracos olhos e estilo de vida diferente, os ratos toupeira africanos estão entre os roedores mais estranhos. Eles detectam um pouco de luz, e já foi sugerido que usam os olhos mais para sentir as mudanças do ar do que para enxergar. E de acordo com um estudo de 2006, eles não gostam do que veem. Luz indica que talvez um predador tenha entrado no túnel.

4 – Para os castores, os dias são longos no inverno

Os castores praticamente se escondem durante o inverno, vivendo de comida armazenada ou dos depósitos de gordura em seus rabos. Eles conservam energia evitando entrar em contato com o frio, preferindo ficar nas escuras pilhas de madeira e lama. Como resultado, esses roedores, que geralmente saem no pôr do Sol e retornam ao nascer, perdem a noção do sono. O relógio biológico muda, passando a funcionar em um ritmo diário de 29 horas.

3 – Pássaros usam pontos de referência em longas viagens

Você consegue imaginar uma viagem de carro sem placas, indicações, GPS ou mapas? Claro que não, e por isso você não é um pássaro. Pombos podem voar milhares de quilômetros para encontrar o mesmo local, sem dificuldades. Algumas espécies de pássaros fazem um viagem de ida e volta de mais de 30 mil quilômetros todos os anos. Algumas usam imãs naturais para se orientar com o campo magnético da Terra. Um estudo de 2006 sugere que os pombos usam pontos familiares no chão para achar o caminho de casa.

2 – Leite de baleia não é dietético

Cuidar de um recém-nascido não é fácil para uma baleia. Após a gestação de 10 a 12 meses, o bebê nasce com quase um terço do comprimento da mãe – o que significa uma criança de quase 10 metros, para a baleia Azul. A baleia espirra o leite na boca do filho através de músculos ao redor da glândula mamaria, enquanto a criança se mantém firme no mamilo (sim, baleias têm mamilos). Com quase 50% de gordura, o leite de baleia têm cerca de 10 vezes mais gordura do que o humano, o que permite à criança ganhar bastante peso – quase 100 quilogramas por dia.

1 – Crocodilos engolem pedras para nadar

O estômago de um crocodilo é um tanto rochoso, por algumas razões. Para começar, o sistema digestivo do animal têm de tudo, incluindo tartarugas, peixes e pássaros, até girafas, búfalos, leões e (quando acontece uma briga territorial) crocodilos. Em adição a esse ecossistema, existem pedras também. Eles engolem grandes pedras que ficam permanentemente em suas barrigas. Dizem que elas são úteis para mergulhar. [LiveScience]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 5,00 de 5)

78 comentários

  • Addy Holder:

    Evolução ou criação?

    http://www.holder90.org/evolucao-ou-criacao/

  • Pedro Ornellas:

    No item 8 o editor afirma que a girafa ‘desenvolveu’ a característica do pescoço comprido para alcançar o alimento (folhas de árvores). Para não ser tendencioso, poderia pelo menos ter colocado um “supostamente” antes da afirmação, já que esse é apenas um mito evolucionista sem qualquer comprovação. O Livro “A Vida – Qual sua Origem: Evolução ou Criação?” no capítulo “Que Falem os Fósseis” diz incontestavelmente: “em parte alguma dos fósseis se encontram ossos ou órgãos parcialmente formados que poderiam ser considerados o início de nova característica… não se encontrou nenhuma destas formas transicionais. Não existe nenhum indício delas. Existem quaisquer fósseis de girafas com pescoço tendo dois terços ou três quartos do comprimento do das atuais?… A realidade é: a busca de tais características em desenvolvimento nos fósseis tem-se provado infrutífera.
    A revista New Scientist observou que a evolução “prediz que uma documentação fóssil completa consistiria em linhagens de organismos que mostrassem contínua mudança gradual, por longos períodos de tempo”. Mas, admitiu: “Infelizmente, os fósseis não satisfazem esta expectativa, pois espécies individuais de fósseis raramente acham-se conectadas umas às outras por meio de conhecidas formas intermediárias. . . . espécies fósseis conhecidas realmente parecem não ter evoluído, mesmo no decorrer de milhões de anos.””
    Sempre me perguntei: Se a girafa teve de ‘esticar’ o pescoço para sobreviver porque outros bichos não? E como ela fez para sobreviver ao longo de milhares de gerações; as folhas foram se distanciando no mesmo ritmo? Se crer nisso é inteligente, alegro-me muito em ser considerado ignorante.

    • Ramon De Souza Vieira:

      As girafas não desenvolveram um pescoço grande, essas eram poucas, e sobreviveram, e as que tinham pescoço pequeno morreram por não alcaçarem o topo das árvores. Vocês estão aprovando a teoria de Lamarck, a mais correta é a de Darwin!!

    • Juarez Alencar:

      A Evolução da Girafa realmente é um mistério, mas na matéria adotou-se erroneamente o Lamarckismo, hipótese refutada por DArwin e pela moderna TSE.
      Contudo, não ter explicações conclusivas a respeito da evolução das girafas em nada significa que o Criacionismo tenha fundamento. Ele continua sendo ignorância, mesmo que vc fique alegre com isso.

    • Roberto Miguel de Melo:

      Acho que você não entendeu o que o comentário acima quis propor, já que esse embate de criacionismo e evolucionismo e até mesmo as teorias de design inteligente e interferências primitivas não são AINDA definitivas, cada uma com suas controvérsias, o ideal pra não ser tendencioso numa matéria de um site como o hype é incluir temos imparciais antes de afirmações que mostram tendência. Além disso, ele está certo em afirmar que não existe registro arqueológico das espécies de transição das girafas.

  • spopovich:

    por favor alguem tira esses crentes daqui,
    vão recitar a bilblia na igreja vão.

    nao podem ver uma publicação aqui que já vem um alienado dizendo “e nas esccrituras sagradas…” “e deus criou num sei o que…” “e na biblia tá escrito isso, tá escrito aquilo…”

    • Ezio Jose:

      Fique tranquilo!… não lamente!… É que HC esqueceu de colocar 11 coisas que você não sabia. Faltou esses que lhe está pertubando e deturbando o as discussões sobre um assunto para humanos.

    • gloria:

      Spopovich, se vc ñ quer ler assuntos q lhe irrita, passe p\ cima, ñ leia, ora!Respeite a opinião alheia, os incomodados q se mudem!

    • Roberto Miguel de Melo:

      Alienado. adj. e s.m. Que perdeu a razão; demente: hospital de alienados.
      Absorto, extasiado, extático.
      S.m. Pessoa que não toma conhecimento dos problemas sociais e não tem consciência dos seus direitos
      Se alguém que se diz inteligente acredita cegamente em qualquer matéria que dizem ser científica sem pesquisar fontes e o próprio trabalho apresentado, também se torna alienado da mídia online cada vez mais errônea, justamente por essa falta de fiabilidade de fontes.

    • Yannis:

      “O criacionismo é um movimento intelectualmente sofisticado, com alguns defensores brilhantes. Não se trata de um bando de insatisfeitos analfabetos.”
      Michael Rose, “O Espectro de Darwin”, 1998 Princeton University Press, p. 237
      “Tanto quanto podemos julgar segundo o registro geológico, parece que grandes modificações geralmente surgiram repentinamente, em termos de tempo geológico…raramente se encontra formas fósseis intermediárias entre grandes subdivisões de classificação, como ordens e classes.”
      Paul A. Moody : Introduction to Evolution (New York: Harper and Row, 1962), p.503.
      “A despeito da brilhante promessa de que a Paleontologia proporciona meios de se “ver” a evolução, ela tem apresentado algumas desagradáveis dificuldades para os evolucionistas, a mais notória das quais é a presença de lacunas no registro fóssil. A evolução requer formas intermediárias entre as espécies, e a Paleontologia não as proporciona.”
      D. B. Kitts, “Paleontology and Evolutionary Theory”, Evolution, (28) 1974, p.466
      “Infelizmente a origem da maioria das categorias superiores encontra-se envolta em mistério; comumente tais categorias superiores aparecem abruptamente no registro fóssil, sem a evidência de formas transicionais.”
      Raup, D.M., e Stanley, S.M., Principles of Paleontology, W. H. Freeman and Co., San Francisco, 1971, p.306
      “De fato, a evolução se tornou uma religião científica; quase todos os cientistas a aceitaram e muitos estão preparados para “torcer” suas observações de moda que a ela se ajustem”
      H. J. Lipson, F.R.S., “A physicist looks at evolution”, Physics Bulletin, vol 31, 1980
      “Essa situação, em que cientistas se unem em defesa de uma doutrina que não podem definir cientificamente e muito menos demonstrar com rigor científico, tentando manter a sua credibilidade junto ao público suprimindo as críticas e eliminando as dificuldades, é anormal e indesejável na ciência.”
      Dr. Thompson W. R., renomado entomologista, em sua introdução à edição do centenário do livro de Darwin, A Origem das Espécies

    • demerval:

      Spopovich, não se estresse. Ninguém pode obrigá-lo a crer em Deus e na Bíblia, assim como ninguém pode obrigá-lo a demonstrar educação e respeito por seu semelhante que pensa diferente de você… é questão de índole.

  • joão farncisco dos santos:

    Os atomos propanolóides enriquecidos de vitamina chegam á uma
    velocidade de 100 db na boca daquele peixôminideo pré- Historico da época enque vivemos gerando uma turbulencia intra- setorial dantesca no fundo do mar através de neutrinos
    espulsos da galáxia tiroidal. É muito interessante

  • gloria:

    A do papagaio me fez lembra algo diferente , li numa biblia primitiva na biblioteca da Unicamp o seguinte: O animal q falou c\ Eva p\ q ela comesse a fruta ñ foi uma serpente foi um pássaro colorido muito belo q falava como a criatura do Criador. A biblia q conhecemos foi traduzida errada ,com intenção de mostrar o diabo em forma de serpente,se realmente fosse uma serpente a mulher teria medo dela, já um passaro bonito …colorido(papagaio)… E porque ñ?

    • mestry badahra:

      O criador desta fantastica historia (chutou na trave varias vezes)E até é admissivel sua tremenda falha , pois naquela época (as tentaivas de botar as suposições sobre a criação do homem) teve que ser colocada assim .
      E com certeza o criador desta lenda , éra muito machista , pois colocou logo a MULHER como idiota ou tonta,para embarcar na conversa de um animal , cobra ou papagaio ou urubu .
      E o Criador de tudo, Não iria tirar uma onda destas, pois não era sadico, nem humanom de Armar uma Arapuca, contra sua filha a mais recennte e primorosa criação(que segundo o escritor era Branca Loura e tremendamente perfeita de corpo …
      Notamos alem das controversias a descriminação racial .
      E assim a galera vai lendo e acreditando nestes contos de caronchinha .
      EU to Fora , e não dou credito a isso, pois para Mim Foi Adão que pisou na Bola OK? ok!

      mestry badahra

    • Jairo Wilson Muller:

      Claro que ninguém pisou na bola… Deus fez Adão e Eva, com a finalidade de poder colocar espíritos dos Anjos decaídos em seus filhos carnais, a fim de que pudessem sofrer e “pagar” por seus erros de terem se colocado contra “Ele” seu deus e criador. O resto nós, que somos esses Anjos, estamos sendo colocados a prova para merecermos voltar para a cidade santa da qual fomos expulsos.

    • Perônio:

      sássinhora.
      vc fumou o que pra viajar desse jeito?

    • Yannis:

      Véi! Tu foi longe!É até interessante e tem sua lógica mas tira todo o sentido do porquê veio a existir o Cristo…

    • demerval:

      O livro de Gênesis diz que uma serpente falou com Eva. O autor da Bíblia não autorizou ninguém a criar uma história diferente só para que seja mais plausível, ou mais bonita. Você não pode simplesmente afirmar que a Bíblia foi traduzida errada, só porque acha isso, para afirmar tem que ter condições de provar o que diz… É preciso entender a Bíblia. Eva não tinha mais medo de uma serpente do que de um pássaro. Até a expulsão do paraíso, não existia o medo de nenhum animal, todos conviviam em paz.
      Além disso, a Bíblia esclarece que embora parecesse ser a serpente que falava, quem falou foi o Diabo. Leia Apoc. 12:9.
      Na minha opinião, ou você aceita o que a Bíblia diz ou não. Ninguém tem o direito de mudar o texto.

  • aguiarubra:

    Garanto que há diversos membros humanos no “ecossistema estomacal” de um ou vários crocodilos!!!

    E para quem tem medo de hermafroditas, certos peixes são bem mais radicais que os similares entre os Homo Sapiens.

    O que teria o Gênesis a dizer sobre isso, hein?

    • RACHEL:

      TALVEZ NADA. NEM TUDO PRECISA DE EXPLICAÇÃO.
      VEJA,POR EX. QUE DEUS TEM SENSO BRINCALHÃO:COLOCOU EM NÓS,NOS ANIMAIS, ETC… ATÉ EM FLORES ETC…. ETC….
      MAS TENHA CERTEZA: TUDO ELE FEZ COM UM PROPÓSITO, COMO FALAM AS ESCRITURAS.
      A PROPÓSITO,VOCE CONHECE ESSA PASSAGEM DO LIVRODE JÓ, QUANDO DEUS O INDAGA SOBRE O CONHECIMENTO DELE QUANTO A CRIAÇÃO DE TUDO?

    • Ezio Jose:

      O “Deus de Israel” mandou Jonas até a cidade de Nínive para repreender os habitantes dalí que andavam aprontando a mil (quase que como Sodoma e Gomorra). Mas Jonas,uma “persona grata” da confiança do “Deus de Israel” queria ver essa cidade destruída (quase que como Sodoma e Gomorra. Então, veio-lhe um castigo, e que castigo! Um “GRANDE PEIXON” o engoliu e ele, o Jonas, ficou no estômago fétido desse “peixon” por três dias e três noites.
      Sentido-se mal com esse castigo, Jonas arrependeu-se do que queria fazer e então “EL PEIXON” o regorgitou nas proximidade de Guarujá.
      Jonas sabia que os crimes brutais que aconteciam em Nínive eram homicídios, furtos, roubos e outros. Não sabia, então, que mesmo acontecendo esses crimes lá não havia prostituição, sadomasoquismo e passeatas gays.

  • RATO BRAVO:

    achei tudo bem interessante, o esquema da baleia tb…
    mas pelo titulo… todos sabem, creio eu, que o leite da baleia é bem forte. porque ele seria dietético?

    • Ezio Jose:

      Talvez porque alguns raquíticos fazem dietas para engordar também. Conheço pessoas que deve ter uma sucurí dentro da barriga, porque comem que nem um elefante e nunca sai do raquitismo.

  • Andrearuth:

    O senso de direção das aves é impressionante,como também a disposição das aves em forma de quilha quando estão migrando sendo que o dá frente quando cansa vai para o final da fila e imediatamente outro ocupa seu lugar

  • Andrearuth:

    Achei interessante a questão das pedras na barriga do jacaré mais não impossivel pois as aves criadas soltas, ou sejá não em cativeiros, possuem pedrinhas dentro do papo pois ajudam na digestão

  • alx:

    Das aves, a que me chama mais atenção é o João de Barro, faz belissimas casas de barro e sempre em periodos que vem chuvas, no caso faz a portinha ou janelinha como quizerem, virada para o lado em que o vento não ira levar a chuva pra dentro da casa. Tipo, se a chuva vem com ventos do leste para o oeste, a janelinha com certeza estara apontada para o lado oeste

    • Ezio Jose:

      Excelente observação.
      E vale lembrar que em alguns caso eles constroem até edifícios com alguns andares com apartamentos de portas para todos vetores.

    • Jonatas:

      Um joão-de-barro, que aqui é comum chamarmos de barreirinho, fez uma casa no poste da frente da minha. E já tem até uma esposa, mas ainda não vi se fizeram ninho, acredito que sim. Outro ninho complexo é o de um beija-flor, ele tem compartimentos e salas para fins específicos, um para estoque de alimentos e outro para o ninho, por exemplo, como cômodos de uma casa.

    • RACHEL:

      VOCE JÁ VIU O DOS CASTORES? INCRÍVEL! UM DOCUMENTÁRIO NA SKY.

  • Pablo Praxedes:

    Muito bom, ótimas curiosidades e ótimas fotos também!

  • Ezio Jose:

    O item 6 com uma bela imagem que podemos ver, me fez lembrar de uma frase interessante que rolava laguns tempos atrás; “Cada ovo comido, um pinto perdido”.

  • Norton Felipe dos Santos Silva:

    Muito bom! Ótimas curiosidades para despertar o interesse geral pela ciência!

  • Eu:

    Legal :]

  • marizete assis alves:

    Achei interessante todas as matérias, menos a do Jacaré que achei estranho pedras em seu organismo, a pesquisa não tem certeza da proeza do Jacaré..rss

    • RACHEL:

      MARIZETE, DÁ PARA PERGUNTAR AO MESMO: ‘VAI UMA SOPINHA DE PEDRA AÍ?’ – que coisa , NÉ?
      BOM MESMO É SER SAPO E …. SAIR DE FININHO ANTES….

  • Danilo M.:

    essa espécie mostrada na imagem é a espécie de papagaio mais inteligente do mundo,a maioria dos estudos sobre os papagaios são baseados nela!!!

  • Guilherme:

    Muito Legal esta matéria ainda bem que eu li ela!

    Parabéns moderadores do site muito bom o site esta nos meus favoritos

  • Reynaldo Andrade:

    Achei interessante sobre o uso da pedra pelo jacaré, justamente pra fazer peso de sustentabilidade, quase igual aos humanos, só que encontramos pedras e outras porcarias nas comidas , em feijão arroz, salsicha, pão e outros alimentos, encontra-se pedras, laminas, brocas, insetos, isto porque tem a inspeção sanitária, viu que semelhança.

  • Victória:

    Com certeza a vida é fascinante!Sempre achei mentira papagaios serem considerados só gravadores.Os animais são muito magníficos e devemos nos admirar por eles não agirem só por agir mais com inteligencia que muitas pessoas não tem.Adorei o tópico sobre a proteção de sobrevivência fraternal.Muito inteligente!

  • Jonatas:

    As duas que mais me surpreenderam foram as de aves, a incrível inteligência dos papagaios e as técnicas de vôo dos pombos e outras aves migratórias. O estudo do intelecto animal, tanto QI quanto QE, tem avançado nos últimos tempos. Outra vez li que pombo são capazes de reconhecer símbolos e aprender anguns significados e sinais. Tudo isso é muito interessante pra aprendermos a definir melhor o que é “inteligência”.

    • Ezio Jose:

      Avaliação sobre a questão magnéticas das aves é interessante, realmente. Podemos observar que as migrações ocorrem de um hemisfério para o outro e sempre fugindo dos invernos e aproveitam para acasalarem-se.
      Quanto ao papagaio não posso fazer nehum comentário. Certa vez comentei sobre a inteligência de papagaios e sobre a possibilidades de alguns conversarem, quase fui parar num hospital virtual. Recebí tantas críticas que desde aquela vez só posto contrariando assuntos sobre animais. Ainda mais quando religiosos defendem seus pontos de vistas e outrora me criticavam.

    • Jonatas:

      Fala sério? As aves se comunicam por som o tempo todo, e mamíferos fazem isso também, os primatas e os golfinhos vão mais além. Os macacos Miriquis, da Amazônia, acredita-se que possuem um vocabulário de centenas de sons complexos como palavras para se comunicar entre si e compartilhar informações. Os chipanzés são capazes de se comunicar entre eles mesmos ou com seus tratadores usando sinais de mão ensinados por humanos, e os papagaios sabem associar as palavras ao seu significado, como pedir comida ou pedir pra ir pra casa, eu já vi isso em documentários. Os animais são capazes de observar e aprender, certa vez um orangotango escapou de sua jaula após observar por dias como que os tratadores a abriam.

    • Lulu:

      Jonatas,

      Se me permite, farei uma correção ao seu comentário:

      Os macacos mUriquis não habitam a Amazônia, mas sim a região sudeste do Brasil. Em alguns são também conhecidos como mono-carvoeiros e popurlamente, no interior de MG, como mão pelada rs

      Os macacos que se comunicam por vocalização na Amazônia são os Bugios (ou Guaribas).
      Não sei se vc já teve oportunidade de ‘conviver’ com esses animais, mas eles funcionam como um despertador, todos os dias às 6h da manhã e ao entardecer começam a vocalizar o coral de gritos e roncos, sempre em sintonia. Pra quem não é acostumado chega a ser assustador o barulho que fazem.

    • Ezio Jose:

      Os bugios tem, realmente, o comportamento de fazer a chamada no amanhecer e no entardecer para conferir a capela. Acaba tornando-se um som meditativo.
      Morei numa região que tinha muitos bugios e sua informação confere.

    • Jonatas:

      Infelizmente convivi com os bugios e não recomendo, bicho barulhento demais da conta. Mas quando li sobre comunicação macacal de fato era os macacos Muriquis, mas sobre seu habitat eu realmente não sabia, pensei que eram amazônicos.

    • RACHEL:

      LULU, E QUEM PRECISA DELES PARA ACORDAR SEIS DA MANHÃ QUANDO TEM AQUELE GALO LÁ DO VIZINHO, A SABIÁ DO OUTRO VIZINHO E O “Chiquinho” (CANARINHO AMARELO)- AQUI DE CASA.
      Canários adoram ter contato visual com pessoas, embora tipicamente não gostem de ser tocados. Eles não sentem o estresse da vida em gaiola. Criadores recomendam falar e assobiar para eles, dando a interação e socialização que eles precisam. Recomenda-se soltar os pássaros em ambientes fechados de vez em quando para que possam exercitar seus vôos.
      Um canário pode viver até 25 anos com os cuidados apropriados.

    • luiz:

      Lesada

  • Flor de Lis:

    Matéria muito interessante,, e as fotos do leão com o filhote e dos pássaros são lindas.

    • Jonatas:

      A maioria das mulheres adoram felinos (pesquisa comrpovada). Minha namorada sempre fala que gostaria de abraçar um tigre, se pudesse. “Fofo”, é o que diz ela de um carnívoro mortal de mais de dois metros. Vo vêr se acho um de pelúcia pra ela (e um de verdade pra minha sogra).

    • Mari:

      Tem um zoo na Argentina que ela pode abraçar leões adultos e filhotes (:

    • Flor de Lis:

      kkkkkkk… eita, Jonatas, essa foi boa! Concordo com sua namorada… um tigre é mesmo muito fofo.

    • Ezio Jose:

      Jonata! Uma amiga minha que estava morando na Hollanda e voltou por esses dias, foi passear na Indonésia e teve esse desejo saciado. Fez uma porção de fotos abraçada com tigres. Eu! Heim? Isto é uma verdade mesmo.

    • Jonatas:

      Olha, devia ter uma placa dizendo: “A empresa não se responssabiliza por efeitos colaterais, que podem ser pânico generalizado e membros perdidos!!!”…

    • Flor de Lis:

      Mulheres e seu encanto pelos felinos. Lembra-me ‘Bu’ no filme Monstros S.A., ao se aproximar de Sully (o monstro): – Gatinho! Gatinho!

    • Lulu:

      Haha eu prefiro cães…

    • Jonatas:

      Eu não tenho tempo pra ter um bichinho mas quando for possível, eu prefiro aves, provavelmente um papagaio.

    • Lulu:

      Eu abomino aves em casa.
      Acho um horror gaiolas, correntes (no caso de papagaios).
      Por isso fico com os cães, que no caso da minha é tratada como membro da família e totalmente domesticada ao ambiente ‘caseiro’ e a interação com pessoas… Acho que só não aprendeu a falar ainda por questões fisiológicas, pq entender, entende tudo o que falo rs

    • Lulu:

      Gosto de aves somente no ambiente, soltas, no quintal e nas árvores… vez ou outra vejo umas maritacas no jardim de casa, apesar de morar em SP…

    • Jonatas:

      Também reprovo gaiolas. O papagaio do Jonatas viveria livre como o Blue do filme Rio. Inevitável seria ele acabar falando sobre planetas e átomos, dado a convivência com esse professor-pardal que vos fala…

    • Milena Karla:

      Eu também amo felinos,queria muito abraçar um leão adulto e uns filhotinhos também! Acho tão fofinho! Os felinos são animais muito expressivos,me dou muito bem com eles. Tenho uma gatinha e ela é o animal que mais demonstra o que está sentindo que já tive. Além de ser muito boa de dar carinho e uma ótima companhia apesar de dormir quase o dia todo! Minha gatinha tá prenha e vai ser tudo de bom ter um monte de filhotinhos aqui em casa. ♥

    • RACHEL:

      JONATAS. Nós mulheres somos assim mesmo: UM SER (bicho, já que o assunto é este) INTERESSANTE! Rita Lee que o diga! Até que, com o passar dos anos, viramos sogras…. Isso, geralmente, ocorre bem na época que os homens estão lá pelos cinquenta, sessenta, ou se aposentam e ….
      não se aflija: você ainda é novinho (pelo menos, assim revela a fotinha alí….)

    • Raishe:

      Jonatas essa da sogra eu ri kkkkkk

  • Guilherme Euripedes:

    Leite de Baleia não é dietético? Ahhn???

    Acho que quiseram dizer Light… Mas de qualquer forma..100kg por dia não ta exagerado não?

    • Igor:

      Vc tem ideia do tamanho de uma baleia?

  • fabio de vasconcelos:

    MUITO INTERESSANTE A MATÉRIA.

  • Vander:

    Se o rato toupeira não é cego, o spalax é hahahaah

  • Jadson:

    Essa parte das pedras nos estômagos dos crocodilos, me lembra o fato das galinhas (principalmente as caipiras) engolem pedrinhas para ajudar na quebra dos alimentos dentro da moela, já que elas engolem o alimento quase que inteiro (literalmente quando falamos de milho).

    • Jonatas:

      Os dinossauros, em especial os saurópodos (os gigantes de longo pescoço), também faziam isso. Estima-se que um Diplodocus chegasse a ter tonelada de rochas no estômago.

    • Ezio Jose:

      Todas aves que tem moela engolem pedras. Essa do jaca… eu não sabia. Sempre vou ao Pantanal Sul-Matogrossense e vejo muitos jacarés, só que lá não tem pedras, só lama. Então, não me despertou essa curiosidade.

  • Helô:

    ANIMAIS SÃO LEGAIS!

  • Delfina:

    a natureza e’ tao perfeita !! Gostei da materia .

  • Vladzlav:

    A definição para o pescoço da girafa soa um tanto quanto Lamarkista…

    • Daniel Nazar (@UmEstranhoJack):

      Realmente o “desenvolveu” no tópico da girafa, ficou um pouco estranho…

    • Eduardo Amaral:

      Também achei. Não seria melhor: as girafas de longos pescoços sobreviveram por alcançar os alimentos e as de pescoço curto pereceram? Assim os descendentes seriam apenas aquelas de longos pescoços.Uma curiosidade na circulação são as vávulas que existem aos milhares dentro dos vasos sanguíneos, que impedem o retorno do sangue. Essas válvulas são as responsáveis pelo alívio de pressão no coração. Há uma possibilidade de que os dinossauros de longos pescoços (os herbívoros) possuíssem corações auxiliares aos longo das artérias. A natureza é magnífica.

    • Cesar:

      Lamarquista e controversa. Há uma outra hipótese para explicar por que a girafa tem o pescoço comprido, e é a mesma para o ser humano ter o maior pênis entre os macacos: seleção sexual. No caso da girafa, luta pela fêmea é à cabeçadas, e quem tem o pescoço maior consegue dar uma cabeçada um pouco mais forte. Qual o limite para o crescimento do pescoço da girafa? Se ficar muito grande, o sangue não chega ao cérebro. Além disso, o mecanismo para conter a pressão sanguínea quando ela abaixa a cabeça para beber água também tem seus limites.

    • Marcelo Ribeiro:

      Até onde eu li a luta de cabeçadas das girafas raramente acaba em ferimentos funcionando mais como uma dança. Mas um pescoço mais longo, como pode representar para a fêmea uma melhor capacidade de sobrevivência por alcançar alimentos mais inacessíveis, pode também significar genes melhores para os filhotes. Seleção sexual pode mesmo explicar.

    • Ezio Jose:

      A girafa tem o pescoço longo e vive entre outros animais que não são seus predadores. A função de seu longo pescoço é observar os predadores (leões e trigres) e quando correm os demais animais fogem também.

  • Hugo:

    Realmente eu não sabia de nenhum dos 10 tópicos rsrs.
    Boa reportagem

Deixe seu comentário!