Cérebro artificial será realidade em poucos anos

Por , em 5.08.2009

Um cérebro humano funcional pode ser construído nos próximos dez anos, de acordo com Henry Markram, diretor do Projeto Blue Brain, que já simulou elementos do cérebro de ratos. Em uma conferência de tecnologia em Oxford, Inglaterra, Markram afirmou que um cérebro sintético seria um uso especial para tratamentos de doenças mentais.

De acordo com o cientista, cerca de dois bilhões de pessoas sofrem de algum tipo de problema mental. “Não é impossível construir um cérebro humano, e podemos fazer isso em dez anos”, disse.

» Criado primeiro robô com cérebro de rato

O Projeto Blue Brain é realizado na Escola Politécnica da Suíça, e tem a intenção de engenhar um cérebro humano a partir de dados laboratoriais do neo córtex de mamíferos. “É um novo cérebro”, afirma Markram. “Os mamíferos precisam dele pois têm que lidar com a paternidade, interações sociais e outras funções cognitivas complexas”, diz.

De acordo com o pesquisador, a evolução do cérebro dos humanos em comparação com o de ratos, por exemplo, é impressionante, e ainda está evoluindo rapidamente.

Nos últimos 15 anos, Markram e sua equipe pesquisam e catalogam características do neo córtex, tentando entender as conexões do cérebro humano. Com os dados já obtidos pelo Projeto, foi possível construir uma coluna neocortical.

Para fazer com que o modelo de cérebro ganhasse vida, os cientistas ligam o modelo com algoritmos em um supercomputador. “É necessário um laptop para fazer os cálculos de [apenas] um neurônio”, diz Markram. Para contornar este problema, a equipe utiliza uma máquina com dez mil processadores.

Simulações com o modelo já começaram a apontar aos cientistas como o cérebro funciona. É possível, por exemplo, mostrar imagens ao “cérebro” e analisar como a máquina se comporta.

» Nanotecnologia combate infecções no cérebro

“Estimulando o sistema, ele cria sua própria representação”, afirma o cientista. O maior objetivo dos experimentos é conseguir extrair uma representação do que o cérebro artificial vê, para entender como ele percebe o mundo.

Além da intenção de construir um cérebro, o Projeto Blue Brain também quer fazer um banco de dados dos cérebros dos animais — uma espécie de Arca de Noé — para construir modelos de animais. “Não podemos continuar fazendo experimentos em animais para sempre”, afirmou Markram. [BBC]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

9 comentários

  • Lucimar Camargo:

    Também acredito que a ciência não vá conseguir um cérebro melhor que a do ser humano.

  • Marcos Antonio:

    Um cérebro artificial realmente avançado ira demorar vários anos para ser concluído, para mim em meados de 2040, a humanidade ira atingir a singularidade tecnológica, acredito que nesta data algo semelhante ao nosso cérebro possa ser criado.

  • aguiarubra:

    Isaac Asimov previu isso tudo em seus contos!

    Acredito que a tecnologia não chegará a construir um cérebro consciente igual aos seres humanos, pois se baseiam num paradigma cartesiano-newtoniano que não abarca “vida”, “consciência” ou “inteligência”.

    Portanto, um cérebro como em “Eu, Robô” ou o “Data” de Jornada nas Estrelas é o máximo a que se poderá chegar.

    No entanto, a medida que modelos mais aperfeiçoados na Ciência forem surgindo, não acho incrível que se possam criar máquinas que estejam vivas e que pensem como “V’ger” de “Jornada nas Estrelas – o filme”.

  • P.V.S. da C.:

    hashashashashashashashas duvido eu dou um milhao(milho grande) se eles fizerem isso

  • Gabriel:

    Concordo totalmente com Gregory Se criarem um celebro artificial sera igual o filme Exerterminador do futuro 4
    Sei la Decisoes Os Humanos artificiais Acabarao Com a
    humanidade e Tomarao O Mundo O.o

    No Fim Das Contas Os Responsaveis Vamos Ser Nois Serems Humanos

  • Milton Mourão:

    Papo furado… Simular cérebro é uma coisa, construir um é outra bem diferente.
    Cada neurônio é um supercomputador e não existe tecnologia humana atualmente capaz de construir um supercomputador do tamanho de um neurônio. Quanto mais bilhões deles para operar como um cérebro..

  • rafa:

    Tomara que eu nao esteja vivo pra ver isso!

  • Gray:

    Sei não, mas acho que essa afirmação é um pouco exagerada… Ainda estamos um pouco longe de entendermos o cérebro bem o suficiente a ponto de construir um

    E talvez mais longe ainda de construir um computador com a potência computacional que se aproxime a potência de um cérebro

  • Gregory:

    Primeito robô com cérebro biologico
    Agora seres biologicos com cérebro de robô
    A técnologia está indo muito além do que se podia imaginar
    Resta a nós torcermos para que isso não se vire contra nós.
    Um cérebro robô com capacidade de raciocinar, e tomar decisões?!

Deixe seu comentário!