Porque um coração partido realmente dói?

Por , em 22.08.2009

As pessoas, quando levam um fora, geralmente dizem que estão com dor no coração. Parece um apelo romântico, porém pesquisadores encontraram uma ligação genética entre a dor física e a rejeição social. E, isso significa que, terminar com alguém realmente pode ser doloroso.

Psicólogos da Universidade de Califórnia, Los Angeles, disseram que o corpo humano tem um gene que se conecta a dor física sensitiva com a dor social sensitiva. As descobertas trouxeram de volta a teoria comum que a rejeição “dói”, mostrando que um gene regula um dos mais potentes analgésicos do corpo – mu-opióide – que foi incluindo nas experiências de dores sociais também.

O estudo indica que uma variação do receptor do gene da modulação opióide (OPRM1), frequentemente agregado com dores físicas, é associado quanto uma pessoa sente de dor social em resposta da rejeição social.

» Médicos podem emendar corações partidos

Pessoas com esse formato raro de gene são mais sensíveis à rejeição e possuem mais evidências cerebrais de aflição em resposta à rejeição do que aqueles que têm um formato comum.

Os pesquisadores coletaram amostras de saliva de 122 participantes para avaliar qual formato de gene de dor OPRM1 eles possuíam, e mediram a sensibilidade para rejeição. Os participantes completaram um levantamento que avaliava suas próprias sensibilidades a rejeição. Eles eram indagados, por exemplo, se concordavam ou discordavam com declarações como “Eu sou muito sensível para qualquer sinal que uma pessoa não queira falar comigo.”

Essa é a primeira vez que foi provado que os genes envolvidos na dor física estão ligados a rejeição social e um término de namoro. A co-autora do estudo, professora Naomi Eisenberger diz que essa sobreposição na neurobiologia da dor física e social faz sentido.

A pesquisa foi publicada pelo Proceedings of the National Academy of Sciences. [Telegraph]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 5,00 de 5)

26 comentários

  • Aline Freitas:

    o amor parece uma droga, uma dependência química. Parece que o meu peito vai partir e enquanto não faço as pazes ele continua doendo. Parece que tenho que usar essa cocaína, que é o amor, para poder viver.

  • Palavras doem tanto quanto ferimentos, afirma a ciência. Confira no Blog. – Hotel São Sebastião da Praia:

    […] todo mundo já sofreu de coração partido alguma vez na vida, não? Parte de viver incluir lidar com rejeição, traição, solidão e […]

  • Palavras doem tanto quanto ferimentos, afirma a ciência | Jornal Meu Paraná:

    […] todo mundo já sofreu de coração partido alguma vez na vida, não? Parte de viver incluir lidar com rejeição, traição, solidão e outros […]

  • Palavras doem tanto quanto ferimentos, afirma a ciência | ORIENTAÇÃO PSICOLÓGICA ON-LINE:

    […] todo mundo já sofreu de coração partido alguma vez na vida, não? Parte de viver incluir lidar com rejeição, traição, solidão e outros […]

  • Eduardo Meira:

    Isto é verdade, a pouco tempo mesmo gostava muito de uma menina, pois ela também disse que gostava de mim. Mas pouco antes ela hávia saido com um outro garoto, então ele há pediu em namoro e eu fui trocado. Certamente dói muito, já tive casos de depressão há maioria foi por causa de relacionamentos, até mesmo o que me incentivou a usar cânnabis.
    Bom, após isto, sempre procuro outra pessoa para esquecer está anterior, mas geralmente acontece denovo. É uma rotina.
    Confesso que nunca fui muito bom com relacionamentos. Abçs.

  • Isabelle Nicole:

    É a pior dor que já senti!
    Parece q o coração realmente quebra =/
    e ficar com outra pessoa pode nao ser a melhor opção, pois podemos causar a msm dor q sentimos nesse novo relacionamento.
    “E msm q teja doendo tanto vou esperar do tempo a melhor Cura!” ….
    Boa Sorte a Todos (♥)
    Beijos
    =/

    • Julya:

      Isabelle, concordo com vc…
      Estou arrasada, desnorteada…
      Já senti vontade de me atirar na frente de um carro…
      Espero q o tempo cure…

  • adriany:

    Sem dúvida dói muito quando temos uma decepção amorosa,eu venho sofrendo com isso a algum tempo.Só que no meu caso,é praticamente impossível poder viver esse amor que não terminou porque nem começou direito e teve que acabar!

    • silêncio:

      sei exatamente o q é isso! estou vivendo algo do mesmo tipo!

  • Ricardo:

    Nem falo, pois para mim sempre foi uma das piores sensações pela qual já passei, a primeiro foi sempre a mais dolorosa, dai fica o suspense para o futuro

  • liverane melo:

    # tive meu coracao partido uma vez , parecia que ia morrer
    doia muito , todo dia eu chorava , mais gracas a deus que passou , e so uma fase.

    • ALINE:

      MEU CORACAO TA PARTIDO AGORA…..MEU NOIVO VIAJOU E CHORO SO DE FALAR AMO MUITO ELE E AGORA ME VEJO SOZINHA….

    • Thiago Portugal:

      liverane melo, vc comentou que é apenas uma fase, gostaria de saber, quanto tempo durou essa sua fase ? Também tenho coração partido, e não á depressão ou outra dor que eu tenha sentido antes que seja pior do que a que estou passando ultimamente. O mal é que hoje em dia qualquer adversidade que aparece no relacionamento ninguém fica mais do seu lado, … apenas Deus e sua fé de vencer…

  • nay:

    Já senti muita dor no coração quando terminei meu noivado parecia que eu ia infartar,foi ai que eu descobri que realmente coração doí.:/

  • vanessa:

    estou com o coração partido também isso foi recente mas sei que não tem volta e esta doendo muito, nas tudo tem inicio meio e fim o meu chegou ao fim infelismente.

  • Adelmo!:

    É eu pensava q essa dor era pisicologica mas não, ela é verdadeira é uma dor fisica doi no coração é foda! quem senti sua dor é quem geme.

  • amanda:

    amar e nao ser amado é foda! mas vai falar isso pro coraçao
    mas um dia a gente acerta e acha a pessoa certa!
    (:

  • Sameny:

    Sim… Estou sofrendo mt… A minha vida amorosa esta de cabeça para baixo… Dois dias depois de terminar kom o meu namorado, o ficante da minha amiga me rouba um bj e o irmao dele disse q esta apaixona do por mim… Ve se isso pode???Sim… Estou sofrendo mt… A minha vada amorosa esta de cabeça para baixo… Dois dias depois de terminar kom o meu namorado o ficante da minha amiga me rouba um bj e o irmao dele disse q esta apaixona do por mim… Ve se isso pode???Sim… Estou sofrendo mt… A minha vada amorosa esta de cabeça para baixo… Dois dias depois de terminar kom o meu namorado o ficante da minha amiga me rouba um bj e o irmao dele disse q esta apaixona do por mim… Ve se isso pode???

  • ADRIANE:

    Dói muito quando amamos alguem que naum nos corresponde, dói de mais vc falar EU TE AMO e ouvir EU TBM GOSTO MUITO DE VC COMO AMIGA…

  • Aline Goiabeira:

    O meu coração estar doendo agora e realmente a rejeição e um veneno…mas sei que vai passar ele não merece tanto de mim.

  • calebenovado:

    tatiana eu acho que vc nunca semtio o seu coraçao se despedasa e eu so tenho 13 e ja semti isso
    eu acho que vc nunca semtiu

  • confidências.:

    Acredito que boa parte dos casos, seja realmente verdade. uns preferem denominar, dor na alma, outros dor no coração. a verdade é única : quando o amor acaba tudo acaba, o coração, a alma, nós. mas se acabamos por que ainda continuamos vivos ? a pergunta que eu lhes faço é : vocês vivem, ou acham que vivem ? não há maneira nenhuma que faça um coração partido parar de doer, havera apenas outras dores que tomaram o lugar dessa, e te fara esquecer.

  • Diogo dos Santos Vieira:

    Acho que todos já sentiram isso…

    =^)

  • Tatiana:

    é,eu já senti forte dores no coração, qd terminei um relacionamento… achava que era pressão, mas não por conta do sentimento de rejeição…
    Muuito interessante! 😉

  • Clement:

    Ok,
    Cientificamente foi provado haver alguma relação genética com a dor sentida por um coração partido.
    Mas, estamos falando de sentimentos e emoções, certo???
    Eu como médico eu que já experenciei o lado mental-espiritual e o orgânico, garanto que tem peso muito maior a postura mental-espiritual adotada, do que os fatores geneticamente herdados, que por sua vez modulam o fator orgânico.
    Por exemplo, se eu acreditar firmemente que a única forma de ser feliz é através das minhas ligações com o mundo externo, certamente meu nível de dependência para com a opinião alheia faz muita diferença, mas a partir do momento que passo a creditar que:
    -A vida aqui é transitória
    -Meu objetivo maior é a minha própria evolução e que
    -Acima de tudo existe uma força maior, ou simplismente de que estamos no mesmo barco.
    Aí eu garanto que a opinião alheia passa a ter um peso significantemente menor.

    • Marina:

      Eu tenho 14 anos, semana passada eu fui viajar e eu conheci um menino que eu sem falar muito com eu acho que me apaixonei eu n sei explicar so que ele chego em uma outra menina e tals eu fiquei muito mal ainda bem q ela disse nao, soh q depois eu conversei com ele e eu descobri que ele na verdade queria fica cmg so n chego em mim por causa de outro que tava afim de mim, ai depois o garoto q eu queria, falo que queria fica cmg so que eu neguei e fikei fazendo cu doce isso no ultimo dia da viagem, agr eu n fiquei com ele e me sinto arrependida e to com uma dor no coracao horrivel que eu nunca tinha sentido antes por ninguem e ele nem era mt bonito so q sl eu gostava da voz dele ,do cheiro, sorriso malicioso. Eu quero q isso passe é horrivel pq me da vontade chorar. A pior parte é que td isso acontecej mt rapido (uma semana)

Deixe seu comentário!