Você e outra pessoa vão se apaixonar instantaneamente usando estas perguntas

Por , em 16.01.2015

Se apaixonar pode ser uma questão científica. Mais de 20 anos atrás, o psicólogo Arthur Aron conseguiu fazer dois estranhos se apaixonarem em seu laboratório.

O estudo era simples: um homem e uma mulher heterossexuais entravam no laboratório através de portas separadas. Eles se sentavam frente a frente e respondiam a uma série de perguntas cada vez mais pessoais. Em seguida, olhavam silenciosamente nos olhos um do outro por quatro minutos. O detalhe mais tentador: seis meses depois, dois participantes estavam casados. Eles convidaram todo o laboratório para a cerimônia.

Grande parte da pesquisa do Dr. Aron se concentra em criar proximidade interpessoal. Em particular, vários estudos investigam as formas como nós incorporamos outras pessoas em nosso senso de nós mesmos. É fácil ver como as perguntas do estudo do Dr. Aron incentivam o que os pesquisadores chamam de “auto-expansão”. Coisas como: “Eu gosto da sua voz, o seu gosto para cervejas, a forma como todos os seus amigos parecem te admirar”, fazem com que certas qualidades positivas que pertencem a uma pessoa sejam explicitamente valiosas para a outra.

A professora Mandy Len Catron, que leciona na University de British Columbia, no Canadá, fez o teste na vida real e aprova o método. “O que eu gosto sobre este estudo é a forma como ele assume que o amor é uma ação. Ele nos faz deixar claro que o que importa para o meu parceiro é importante para mim, porque temos, pelo menos, três coisas em comum e porque me deixa olhar para ele”, define.

O objetivo é mostrar como a intimidade entre dois estranhos pode ser acelerada. As 36 perguntas do estudo são divididas em três conjuntos, com cada conjunto destinando-se a ser mais profundo do que o anterior.

A ideia é que a vulnerabilidade mútua promove proximidade. Para citar os autores do estudo, “Um padrão chave associado com o desenvolvimento de uma estreita relação entre os pares é uma autorrevelação pessoal sustentada, escalada e recíproca”. Deixar-se vulnerável a uma outra pessoa pode ser extremamente difícil, por isso as perguntas forçam essa aproximação.

Curioso para saber quais são as perguntas mágicas para se apaixonar? Aqui estão elas.

Conjunto I

1. Podendo escolher qualquer pessoa no mundo, quem você convidaria para jantar?

2. Você gostaria de ser famoso? De que maneira?

3. Antes de fazer uma chamada telefônica, você já ensaia o que você vai dizer? Por quê?

4. O que constituiria um dia “perfeito” para você?

5. Quando foi a última vez que você cantou para si mesmo? E para outra pessoa?

6. Se você fosse capaz de viver até os 90 e manter ou a mente ou o corpo dos seus 30 pelos últimos 60 anos de sua vida, qual dos dois você escolheria?

7. Você tem um palpite secreto sobre como vai morrer?

8. Nomeie três coisas que você e seu parceiro parecem ter em comum.

9. Pelo que em sua vida você se sente muito grato?

10. Se você pudesse mudar alguma coisa sobre a maneira como foi criado, o que seria?

11. Em quatro minutos, diga ao seu parceiro sua história de vida com o máximo de detalhes possível.

12. Se você pudesse acordar amanhã e ter ganho qualquer qualidade ou habilidade, o que seria?

Conjunto II

13. Se uma bola de cristal pudesse lhe dizer a verdade sobre si mesmo, sua vida, o futuro ou qualquer outra coisa, o que você queria saber?

14. Existe alguma coisa que você já sonhou em fazer por um longo tempo? Por que você não fez isso?

15. Qual é a maior realização da sua vida?

16. O que você mais valoriza em uma amizade?

17. Qual é a sua memória mais querida?

18. Qual é a sua memória mais terrível?

19. Se você soubesse que em um ano iria morrer de repente, você mudaria alguma coisa sobre a maneira que está vivendo agora? Por quê?

20. O que é que a amizade significa para você?

21. Qual o papel do amor e da afeição na sua vida?

22. Alternadamente, compartilhem algo que vocês consideram uma característica positiva de seu parceiro. Compartilhem um total de cinco itens.

23. Quão próxima e afetuosa é a sua família? Você sente que sua infância foi mais feliz do que a maioria das outras pessoas?

24. Como você se sente sobre o seu relacionamento com sua mãe?

Conjunto III

25. Façam três declarações verdadeiras contendo a palavra “nós” cada. Por exemplo, “nós dois estamos nesta sala sentindo…”

26. Complete esta frase: “Eu gostaria de ter alguém com quem eu pudesse compartilhar…”

27. Se você está a caminho de tornar-se um grande amigo do seu parceiro, por favor, compartilhe algo que seria importante para ele ou ela saber.

28. Diga ao seu parceiro o que você gosta sobre ele ou ela; seja muito honesto, diga as coisas que você não pode dizer a alguém que você acabou de conhecer.

29. Compartilhe com seu parceiro um momento embaraçoso em sua vida.

30. Quando foi a última vez que você chorou na frente de outra pessoa? E sozinho?

31. Diga ao seu parceiro algo que você já gosta nele ou nela.

32. O que, se existir alguma coisa, é grave demais para se fazer piada a respeito?

33. Se você fosse morrer esta noite com nenhuma oportunidade de se comunicar com qualquer pessoa, o que você mais se arrepende de não ter dito a alguém? Por que você não disse?

34. Sua casa, que contém tudo que você possui, pega fogo. Depois de salvar seus entes queridos e animais de estimação, você tem tempo para salvar com segurança qualquer item. O que seria? Por quê?

35. De todas as pessoas da sua família, qual morte seria mais perturbadora para você? Por quê?

36. Compartilhe um problema pessoal e peça o conselho do seu parceiro sobre a forma como ele ou ela lidariam com isso. Além disso, peça ao seu parceiro para dizer para você como você parece estar se sentindo sobre o problema que você escolheu. [NY Times]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (10 votos, média: 4,70 de 5)

3 comentários

  • Miguel Gewandsznajder:

    Incrível… Gostei. Vou testar.

  • Jean Marques:

    Essas perguntas além de servirem para o amor serviram para que eu me questionasse sobre a vida que eu levo! #autoavaliação #modeon
    kkk

  • Germana Frota:

    no meu tempo de estudante, eu e meus colegas fazíamos perguntas desse tipo num caderninho, o nome desse jogo é disparate. Amava hehe

Deixe seu comentário!