Estas são as chances do seu parceiro (a) querer um relacionamento aberto, afirma estudo

Por , em 1.10.2020relacionamento aberto duas mulheres e um homem

E se o seu parceiro ou parceira estiver interessado em “alguéns”? Um novo estudo mostra que as chances da sua cara-metade querer um relacionamento aberto são altas. A pesquisa do renomado Instituto Kinsey, da Universidade de Indiana, descobriu que uma em cada três pessoas em relacionamentos monogâmicos tem interesse em estar com outra pessoa além de seu parceiro.

Na nova pesquisa, publicada na revista científica Archives of Sexual Behavior, 822 adultos que relataram estar em um relacionamento monogâmico foram convidados a descrever sua fantasia sexual favorita, relata o PsyPost. Os resultados mostraram que 33% dos entrevistados disseram que sua “fantasia sexual favorita de todos os tempos” envolvia estar em um relacionamento sexualmente aberto de algum tipo. Além disso, 80% dos voluntários do estudo que afirmaram que o relacionamento aberto era sua maior fantasia disseram que pretendiam torná-la realidade no futuro.

As descobertas também mostraram que havia uma diferença nas pessoas mais interessadas ​​em relacionamentos abertos: pessoas que se identificaram como homens ou não binários tinham maior probabilidade de se interessar por relacionamentos abertos do que as pessoas que se identificaram como mulheres. Os entrevistados também tendiam a ser um pouco mais velhos e não heterossexuais.

O que é um relacionamento aberto?

Em poucas palavras um relacionamento aberto é um relacionamento não monogâmico consensual (RNMC). Além dos resultados do estudo do Kinsey Institute há outras evidências de que o interesse pelas parcerias abertas tem aumentado. “As pesquisas relacionadas a relacionamentos poliamorosos e abertos aumentaram nos mecanismos de pesquisa da Internet na última década”, escreve o autor do estudo Justin Lehmiller. “Livros de ‘como fazer’ e guias para RNMCs [também] começaram a proliferar, e ocorreram aumentos nas representações da mídia popular e na cobertura dos principais veículos de notícias.”

Outros estudos também mostraram que relacionamentos abertos podem ser mais populares do que você pensa. Um estudo canadense de 2019 publicado no The Journal of Sex Research e uma pesquisa de 2018 da Temple University descobriram que 4% dos entrevistados relataram estar em um RNMC, o que significa um em cada 25 casais, reporta o Psychology Today. Os pesquisadores canadenses chegaram a concluir que “apenas uma pequena proporção da população está envolvida em relacionamentos abertos, mas o interesse aumentou. ‘Aberto’ parece ser um tipo de relacionamento viável e importante”.

Relacionamentos abertos funcionam?

Mas a questão permanece: esse estilo de vida funciona? Um estudo de 2018 publicado no Journal of Social and Personal Relationships descobriu que “apesar de [o estilo de vida] atrair o estigma”, os casais em relacionamentos abertos relataram ser tão felizes quanto aqueles em relacionamentos estritamente monogâmicos. “Isso desmascara as visões sociais da monogamia como sendo a estrutura de relacionamento ideal”, disse a PhD e autora principal Jessica Wood, em uma declaração. “É mais comum do que a maioria das pessoas pensa.”

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

Deixe seu comentário!