5 “domadores de feras” que continuam (surpreendentemente) vivos

Por , em 1.09.2013

“Pode vir, ele não morde” provavelmente não é uma frase que pessoas como Ocean Ramsey e Marlice van Vuuren usem com frequência: elas convivem com animais que normalmente fariam um ser humano em pedaços, mas que respeitam alguns corajosos “domadores”.

Conheça, a seguir, a história de cinco dessas bravas (e, talvez, um pouco insanas) pessoas:

5. Ocean Ramsey, a “Amiga dos Tubarões Brancos”

294BB44176731125B129AE08F742_h316_w628_m5_cDGpWJMxl 64878958C8880D4879E7A2E76287B_h316_w628_m5_ceOyUgyrd 8EC230FF818F2DB4DD6C7749F5B64D_h316_w628_m5_cQAIPoVAT 1 A24204F59FD4716BFF2C605DB6A_h316_w628_m5_cHkuraPee A244639F7FD69B729337365FB4F4C_h316_w628_m5_cdQaeKcQh BF39B7BD575DE4438E6DF38DA9FA4B_h316_w628_m5_cXVmwcVay C54E9C2F22BF1AAB6459B03F1D6BEA_h316_w628_m5_cVfTcWnLK E259AFC9BFD86FE8FBC1DB77B27DC_h316_w628_m5_cWBsIaLvj

Fazendo jus ao seu nome, Ocean tem um apreço especial pelas águas: é instrutora de mergulho, surfista, modelo de moda de praia e nadadora. Mais impressionante do que sua gama de atividades, porém, é o fato de ela nadar lado a lado com uma espécie extremamente perigosa, o grande tubarão branco.

Sem qualquer proteção extra, ela “pega carona” segurando nas barbatanas do animal – cuja espécie tem o hábito de morder praticamente tudo o que encontra para conseguir informações sobre o ambiente. Ocean, pelo visto, entrou na lista de exceções e nunca foi mordida por um deles.

4. Werner Freund, o “Lobo Alfa”

s_w01_RTR3CZIF s_w02_RTR3CZIW s_w03_RTR3CZIV s_w04_RTR3CZII s_w05_RTR3CZIP s_w06_RTR3CZIH s_w07_RTR3CZIO

s_w08_RTR3CZIL
O ex-paraquedista Werner Freund deixou a carreira militar para trabalhar no Zoológico de Stuttgart (Alemanha), onde se tornou responsável por cuidar de lobos – com os quais criou um vínculo especial.

Freund gostava tanto dos lobos que pediu ao prefeito de Stuttgart apoio financeiro para criar uma área de reserva para eles. Seu pedido foi atendido e, em 1972, ele inaugurou o Wolfspark Werner Freund.

“Eu tinha que me tornar um lobo para criar vínculos com os lobos. Essa é a única maneira de ganhar a confiança deles”, garante Freund. Com isso em mente, ele vive entre os animais, se comunica com eles por meio de uivos e até participa das refeições.

Com mais de 80 anos de idade, Freund continua firme e forte, caminhando sem medo entre 29 lobos.

3. Marlice van Vuuren, a “Provocadora de Guepardos”

dsc_5687 marlice maxresdefault (1)

maxresdefault
Para o espanto dos visitantes do Naankuse Wildlife Sanctuary (Namíbia), Marlice sabe exatamente o que fazer quando está cercada por guepardos: ela finge que está com medo, e, quando os animais se aproximam, começa a rir, o que os deixa confusos, para então lhes servir pedaços de carne crua.

Marlice foi criada na Namíbia e aprendeu com seus pais (donos do Harnas Wildlife Foundation, um local onde cuidam de animais selvagens feridos antes de devolvê-los a seu ambiente natural) a lidar com grandes felinos e outros animais perigosos.

2. Mark Dumas, o “Homem-Urso Polar”

Mark+Dumas+and+polar+bear polar-bear

polar-bear-bite_1935313i
Apesar da imagem carismática que têm (em boa parte graças aos antigos comerciais da Coca-cola), ursos polares não são especialmente amigáveis, e estão entre as únicas criaturas conhecidas que caçam seres humanos. Nada disso, porém, impediu o treinador de animais Mark Dumas de manter Agee, uma ursa polar de 360 kg, como animal de estimação.

Como está com Dumas desde que era um filhote, Agee é muito “ciumenta” e não deixa ninguém (exceto a esposa de Dumas) chegar perto dele.

1. Tippi Degré, a “Mogli da vida real”

Tippi Degré1 Tippi Degré3 Tippi Degré5

Tippi Degré6
Nascida em 1990, Tippi conviveu até os 10 anos de idade com animais selvagens na Namíbia – a tal ponto que, entre seus “melhores amigos” de infância, estava um leopardo. Seus pais, os fotógrafos Alain Degre e Sylvie Robert, sempre incentivaram o contato direto de Tippi com a natureza.

Anos depois, ela escreveu dois livros sobre sua infância e participou da gravação de seis documentários do Discovery Channel sobre a vida selvagem na África. Atualmente vive em Paris e estuda cinema na Universidade Sorbonne Nouvelle – Paris III.[Cracked]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

5 comentários

  • Keven bressan:

    os animais atacam por sentem o medo das pessoas, se a pessoa tem um vinculo com o animal é por que ele a aceitou, os animais só atacam as pessoas que não os respeitam e que os tratam como feras irracionais que tem de ficar isolados com sua própria espécie.
    vivemos todos no mesmo planeta, devemos viver em harmonia, só assim as pessoas vão respeitar os animais e só assim os ´´acidentes“ irão acabar.

  • Aline Hein:

    Uma pessoa que deveria estar no topo dessa lista é o Kevin Richardson, também conhecido como “The Lion Whisperer”. Ele tem um santuário na África, onde mantém Leões, Hienas, Leopardos. Ao todo ele tem mais de 30 leões no local. Os animais aceitam ele como membro dos grupos. É incrível! 🙂

  • Laércio Silva:

    Concordo. Aliás, este comentário ficou muito bem estruturado, até me achei menos inteligente… beleza e conteúdo. Somos da mesma espécie…

  • Igor Espindola:

    Não há pacto entre leões e homens. FILME TROIA

  • Gledison Silva:

    Ocean Ramsey e Marlice van Vuuren, mulheres tão lindas assim, nenhum animal seria gay o bastante para matar-las ‘-‘

Deixe seu comentário!