A maioria dos suplementos é INÚTIL, mas estes aqui você pode tomar

Por , em 25.07.2016

Então você quer se sentir mais saudável. A dicas que ouvimos para fazer isso parecem bastante simples: tenha uma dieta equilibrada, durma bem e faça exercícios físicos regularmente, e talvez tome alguns suplementos para acelerar o processo.

Ou não.

Pesquisas recentes revelam que estes suplementos provavelmente não ajudam a emagrecer, a “crescer” em termos musculares ou a deixar alguém com mais energia. Pelo contrário: eles também são prejudiciais.

Suplementos são necessários para ganhar massa muscular, ou é apenas dinheiro jogado fora?

Um grande estudo do governo dos EUA vinculou suplementos – vendidos sob marcas como Hydroxycut e Xenadrine – com 20.000 atendimentos de emergência no país a cada ano. No ano passado, o Departamento de Justiça americano entrou com ações de execução civis e criminais contra 117 fabricantes destes produtos.

Mas nem todos têm contraindicações. Nesta lista, você pode encontrar os suplementos que você pode tomar sem medo – e aqueles que você deve evitar:

13 – Proteína em pó

Evite e coma feijão, tofu, nozes, peixe ou carne no lugar

Comercializada como necessária para ganho de peso e construção muscular, a proteína é um dos suplementos mais vendidos. Por um lado, a proteína é boa para o ser humano – ela faz com os músculos cresçam.

Mas a maioria das pessoas possui uma abundância de proteína em suas dietas. Carne, peixe, feijão, tofu e nozes são ricos em proteínas. Além disso, várias empresas foram acusadas ​​recentemente de misturar suas proteínas em pó com substâncias baratas – outra razão para evitar o material em pó.

12 – Remédios homeopáticos

Evite, eles não funcionam

Tratamentos homeopáticos são feitos com doses super diluídas de medicamentos. Os defensores destes tratamentos afirmam que eles podem fazer tudo, desde curar resfriados até acalmar animais de estimação ansiosos.

Mas a homeopatia tem sido repetidamente demonstrada como algo ineficaz. Um estudo de 2005 publicado na revista médica The Lancet descobriu que a homeopatia – que envolve a diluição de um ingrediente ativo até que não sobre nenhuma quantidade mensurável – era mais ou menos tão eficaz como um placebo.

Novo distúrbio alimentar MASCULINO: abuso de suplementos esportivos

homeopatia1

11 – Intensificadores de treino, como Jack3d ou Oxy Elite Pro

Evite, eles já foram ligados à doenças e pelo menos uma morte

Durante anos, os fabricantes destes suplementos, cujo ingrediente ativo é a Dimetilamilamina ou AADM, alegaram que o produto fornece o aumento da velocidade, força e resistência.

Mas em 2011, depois de dois soldados que tinham usado Jack3d morrerem, o Departamento de Defesa dos EUA retirou todos os produtos que contêm DMAA das lojas em bases militares. A USPlabs, de Dallas, nos EUA, que fabrica o OxyElite Pro, foi acusada recentemente de fazer a falsa alegação de que o seu produto era feito de extratos de plantas naturais. Na realidade, ele contém estimulantes sintéticos fabricados na China. A acusação também alega que o uso de OxyElite levou a várias lesões hepáticas e pelo menos uma morte.

10 – Zinco

Pode tomar – é um dos únicos ingredientes ligados ao encurtamento de resfriados

O zinco parece interferir na replicação do rinovírus, o vírus que causa o resfriado comum.

Em uma revisão de 2011 de estudos de pessoas que tinham recentemente ficado doentes, os pesquisadores analisaram aqueles que tinha começado a tomar zinco e comparam-os com aqueles que tomaram um placebo. Os pacientes que tomaram zinco tiveram resfriados mais curtos e menos sintomas graves.

9 – Creatina

Evite, coma carne no lugar

Todos nós produzimos quantidades baixas naturais de creatina, um composto que ajuda nossos músculos a liberar energia. Estudos mostram que nós produzimos mais quando comemos regularmente carne .Pesquisas sugerem que tomar suplementos de creatina pode ter benefícios moderados sobre tipos específicos de exercícios de curta intensidade. Ela parece ajudar os músculos a produzir mais uma transportadora química de energia chamada adenosina trifosfato.

Prós e contras dos suplementos de proteína

Mas de forma nem um pouco surpreendente, não há nenhuma evidência de que a creatina seja benéfica para outros tipos de exercício que envolvem resistência ou aeróbica. Portanto, é melhor comer um belo bife no lugar.

CreatinaSizeUp300g__93157_zoom

8 – Pílulas de perda de peso, como Hydroxycut

Evite, as reivindicações delas são duvidosas

Suplementos de perda de peso, como o Hydroxycut, afirmam que eles podem ajudar a emagrecer com um impulso de ingredientes “pró-clínicos”. A fórmula do Hydroxicut já conteve a efedrina, um poderoso estimulante ligado a 155 mortes e proibido pela agência de controle americana em 2003.

Os ingredientes hoje são simplesmente cafeína e quatro extratos de ervas: alquemila, zambujeiro, cominho e hortelã selvagem. O mais forte dos cinco é a cafeína, que vários estudos mostram que pode ajudar a acelerar o metabolismo e ajudar a incentivar uma moderada queima de gordura de curto prazo. Mas não há estudos de longo prazo que mostrem que a cafeína ajuda na perda de peso contínua.

7 – Antioxidantes

Evite – uso em excesso tem sido associado a um aumento do risco de certos tipos de câncer, e você pode comer frutas no lugar

Coenzima Q10, ácido lipóico, flavonóides, polifenóis e algumas vitaminas são antioxidantes que são abundantes em muitas frutas – como morango, amora, mirtilo – e vegetais, e eles têm sido elogiados por sua suposta capacidade de proteger contra o câncer.

No entanto, estudos sugerem que, quando tomados em excesso, os antioxidantes podem na verdade ser prejudiciais. Um grande estudo de longo prazo com fumantes do sexo masculino descobriu que aqueles que tomavam regularmente vitamina A eram mais propensos a ter câncer de pulmão do que aqueles que não tomavam. E uma revisão de estudos de vários tipos diferentes de suplementos antioxidantes em 2007 coloca desta forma: “O tratamento com beta caroteno, vitamina A e vitamina E pode aumentar a mortalidade”.

6 – Ácido fólico

Pode tomar se estiver grávida ou se quiser engravidar

Nossos corpos usam o ácido fólico para produzir novas células. Os Institutos Nacionais de Saúde dos EUA recomendam que mulheres que estão grávidas ou que querem engravidar tomem 400 microgramas de ácido fólico por dia, porque seus corpos exigem mais deste nutriente essencial quando estão carregando um feto em crescimento.

Além disso, vários estudos têm relacionado a suplementação com ácido fólico antes e durante a gravidez com taxas menores de defeitos no tubo neural – malformações congênitas graves e potencialmente fatais do cérebro, coluna ou na medula espinhal do bebê.

5 – Extrato de café verde

Evite – o único estudo a apoiar foi retirado

“Você pode pensar que a magia é faz de conta, mas este pequeno grão tem feito cientistas dizerem que eles encontraram a fórmula mágica da perda de peso para cada tipo de corpo”, disse o Dr. Mehmet Oz sobre o extrato de café verde em seu programa em 2012.

Infelizmente, houve apenas um estudo apoiando as capacidades de perda de peso atribuídos ao café verde, e ele foi financiado pelo fabricante do extrato. O estudo foi recolhido alguns meses mais tarde.

4 – Extrato de chá verde

Experimente – ele tem sido associado com alguns benefícios para a saúde e é geralmente considerado seguro

Uma série de estudos mostrou um promissor uso potencial de um componente químico do chá verde chamado epigalocatequina galato, ou EGCG, na redução do número de células de câncer em pacientes com um tipo específico da doença: a leucemia linfocítica crônica.

As pesquisas sobre o chá verde com pessoas com outras formas de câncer têm sido muito limitadas para dizer com certeza se ele é benéfico. Enquanto preparar e beber o chá verde é a maneira mais fácil de obter o extrato, ele também é adicionado aos alimentos como iogurte e outras bebidas, ou em forma de pílula.

3 – Ginseng

Evite – algumas pesquisas mostram que ele pode ajudar a restringir a fadiga, mas os cientistas dizem que é preciso mais para provar que ele é seguro

Um estudo de dois meses com cerca de 300 pacientes com câncer descobriu que as pessoas que receberam 1.000 ou 2.000 miligramas de ginseng por dia relataram se sentir mais fortalecidas em comparação com aquelas que tomaram um placebo.

Outros estudos sugerem que o ginseng pode ajudar a aliviar a fadiga moderada em pessoas saudáveis ​​também, mas mais estudos sobre sua segurança a longo prazo são necessários.

2 – Pílulas de óleo de peixe

Evite – você pode comer salmão no lugar

Tem sido afirmado que as gorduras omega-3 no óleo de peixe podem aumentar a função cerebral. Mas a evidência não é muito forte. Uma revisão feita em 2012 de três grandes estudos descobriu que suplementos de omega-3 tomados entre cinco meses e três anos não melhoraram a memória ou as habilidades verbais em pessoas mais velhas que não tinham demência no início de cada estudo.

peixe

As 6 dietas mais perigosas para sua saúde

“A evidência direta sobre o efeito do ômega-3 sobre a demência não existe”, escreveram os autores da revisão.

1 – Ginkgo biloba

Evite – os estudos não provam que ele ajuda

Ginkgo biloba, que vem da árvore Adiantum, é um dos produtos mais vendidos nos EUA para a perda de memória e é muitas vezes comercializado como um “estimulante para o cérebro”.

A prova disto é inconsistente. Enquanto um pequeno estudo de 2006 descobriu que ele é eficaz como a droga donepezil no que diz respeito a aumentar a atenção e a memória em pessoas com ligeira a moderada doença de Alzheimer, um grande estudo de pessoas idosas saudáveis em ​​2008 não encontrou nenhuma evidência de que a substância ajudou a prevenir a demência, incluindo a doença de Alzheimer. Um estudo de acompanhamento de 2009 não encontrou nenhuma evidência de que o gingko biloba retardou o declínio cognitivo ou a perda de memória. [IFLS]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (20 votos, média: 3,70 de 5)

10 comentários

  • Alexandre M. Fer:

    esse post parece que é do início dos anos 2000… bora estudar mais um pouco galera… (sorte que são apenas 140 caracteres)… -.-

    • Cesar Grossmann:

      O que tem de errado neste post de um ano atrás?

  • Lucas Praciano:

    Mil desculpas, mas tem muita coisa aí escrita que pelo amor de deus… Adoro esse site, mas as vezes viu?!

  • Abraão Algarve:

    Tenho asma, fui em diversos pneumologistas, usei diversos corticoides e a unica solução eficaz encontrada foi com homeopatia.

    • Cesar Grossmann:

      Placebos também tem algum efeito.

    • Rodrigo Lara:

      Explique-me como funciona o placebo desde o átomo até sua manifestação no sistema nervoso central, se fosse fácil assim.

    • Cesar Grossmann:

      Por que, Rodrigo? Estabelecer um padrão impossível de prova vai fazer com que você esteja certo?

  • Maicon Tambosi:

    Para quem tem uma alimentação adequada realmente não ha necessidade do consumo de suplementos. Quem tem uma alimentação adequada hoje?

  • Renan Altair Nardi:

    Tomo 6g de fish oil ao dia há 5 anos. Só me fez bem. Acabou com as artérias inflamadas pois trata-se de gordura “boa”. Recomendo.

    • Cesar Grossmann:

      Como é que você sabe que acabou com as “artérias inflamadas”?

Deixe seu comentário!