Acabamos de enviar uma mensagem para um planeta que pode conter vida

Por , em 16.11.2017

Astrônomos do METI (Messaging Extraterrestrial Intelligence) enviaram uma mensagem de rádio para um sistema estelar vizinho que contém um exoplaneta potencialmente habitável.

GJ 273b está próximo o suficiente de nós para que possamos receber uma resposta em menos de 25 anos.

“Eu acho que esse é um resultado improvável, mas seria bem-vindo”, disse Douglas Vakoch, presidente do METI, uma ramificação da mais famosa organização SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence).

GJ 273b

A estrela-alvo da mensagem é GJ 273, também conhecida como Estrela de Luyten, uma anã vermelha na Constelação Cão Menor (Canis Minor), a apenas 12 anos-luz de distância de nós.

Em março deste ano, cientistas descobriram que ela possui dois planetas. Um deles, conhecido como GJ 273b, tem 2.9 vezes o tamanho da Terra, e orbita sua “zona habitável” e poderia abrigar água líquida e vida.

A mensagem faz parte do projeto Sónar Calling GJ273b, liderado pela organização Sónar, que buscou a ajuda do METI e do Instituto de Estudos Espaciais da Catalunha (IEEC) para enviá-la.

Conteúdo

O comunicado foi enviado no aniversário da “mensagem de Arecibo”, uma transmissão de rádio feita em 1974 em direção a um grupo de estrelas distantes, contendo informações sobre os planetas do nosso sistema solar, a estrutura do DNA, um desenho semelhante ao que um ser humano se parece e outras informações básicas sobre a Terra e seus habitantes.

A nova mensagem, transmitida de uma antena na Noruega por cerca de oito horas durante um período de três dias em outubro, é mais simples.

Começa com informações sobre aritmética, geometria e trigonometria, e inclui uma descrição das ondas de rádio que carregam a mensagem, bem como um tutorial sobre relógios e cronogramas, para ver se qualquer potencial habitante de GJ 273b tem uma compreensão do tempo semelhante à nossa.

Imprudente?

Embora a ideia de enviar mensagens para aliens intencionalmente (e receber uma resposta!) seja empolgante, muitos pesquisadores são contra tal atitude, por conta dos riscos que ela representa.

Um problema em particular é que não há acordo sobre quem deveria falar pela humanidade. Outra preocupação, muito maior, é o perigo potencial de entrar em contato com extraterrestres.

O físico Stephen Hawking é um dos mais famosos cientistas a ter alertado contra as possíveis repercussões de nos comunicarmos com uma civilização alienígena. Ele crê que tal civilização quase certamente será muito mais antiga e tecnológica do que a nossa, de forma que, como colonizadores europeus conquistando outros continentes, eles podem nos enxergar como inferiores e passíveis de escravização ou destruição.

“98% dos astrônomos e pesquisadores do SETI, inclusive eu, pensam que o METI é potencialmente perigoso e não uma boa ideia”, argumentou Dan Werthimer, membro do SETI e da Universidade da Califórnia em Berkeley (EUA). “É como gritar em uma floresta antes de saber se existem tigres, leões, ursos ou outros animais perigosos lá”. [NewScientist, IFLS]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (17 votos, média: 4,82 de 5)

5 comentários

  • Neri Paulo Breitenbach:

    O que é mais assustador! A ideia de extraterrestres em mundos estranho ou permanecermos na terra com “Donald Trump , Kim Jong-woon ,Michel Temer

  • Luis Faria Henriques:

    Se houvesse nesse espaço outros mais avançados, já nos teriam descoberto. Não entendo o medo.

  • Wagner Soares:

    Falam ai de civilização mais antiga que queira nos escravizar.
    Uma civilização dessas ja inventaram uma inteligencia articial a tempos…

    • Cesar Grossmann:

      Há quem se ache tão interessante que imagina que seres avançadíssimos estão cruzando as vastidões imensas do espaço interestelar para visitar ELES. Se você duvida, você é o arrogante…

  • Sérgio Ricardo Gomes de Melo:

    fatima bernardes voce ainda acredita na maquina do tempo e no amor

Deixe seu comentário!