Asteroide vai passar raspando na Terra em 5 de março

Por , em 7.02.2016

O nome do asteroide é 2013 TX68, e ele foi descoberto em 2013. Com um diâmetro estimado em 38 metros, ele é um pouco maior que o meteoro de Chelyabinsk, que foi notícia também em 2013, mas não muito. O objeto pode passar a 17.000 km da Terra – ou a 14 milhões de km.

Uma distância que vai de 17.000 km a 14 milhões de km parece uma variação muito grande, mas é esta a incerteza da trajetória da órbita do asteroide. O problema aqui é que ele foi rastreado por muito pouco tempo depois de sua descoberta.

De qualquer forma, alguns astrônomos acham que o melhor palpite para a distância que ele vai passar é de 500.505 km, ou seja, 1,3 vezes a distância da Terra à lua. Outros falam em pelo menos 1 milhão de quilômetros. De qualquer forma, não vale a pena perder o sono com medo de um impacto.

As chances de um impacto parece que são “melhores” no ano que vem, em 28 de setembro, mas ainda é 1 chance em 250 milhões. Caso um impacto aconteça, ele vai causar uma onda de choque com o dobro de energia do meteoro de Chelyabinsk, que quebrou janelas em seis cidades russas e feriu mais de 1.500 pessoas, principalmente por causa dos cacos de vidro.

Usando a calculadora de impactos http://impact.ese.ic.ac.uk/ImpactEffects/ ou https://www.purdue.edu/impactearth/, uma rocha de 30 metros e densidade 3g/cc que atinge o planeta a uma velocidade de 17 km/s a 45° de inclinação com o solo vai explodir no ar a 14,8 km de altitude, com uma potência de 1.14 Megatons, sem causar efeitos muito notáveis no solo além de um barulho de 66 dB.

A velocidade do asteroide 2013 TX68 é de cerca de 51.840 km/h. Se ele passar a 17.000 km e as condições de visibilidade e observação forem adequadas, ele será visível para quem tiver um telescópio e souber para onde olhar. [IBTimes, EarthSky, Space.com, Gizmodo]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

Deixe seu comentário!