QUASE Armagedon! Asteroide passará RASPANDO pela Terra

Por , em 22.10.2015asteroide outubro de 2015

O Dia das Bruxas não é a data mais popular no Brasil, mas, mesmo assim, costuma ser uma boa desculpa para usar fantasias divertidas e fazer a festa. Contudo, neste ano, podemos esperar um tipo totalmente de travessura. E quem prega a peça é o nosso querido Universo.

Um asteroide consideravelmente grande foi descoberto há menos de três semanas atrás. E, de acordo com as análises que temos disponíveis até agora, ele deve passar pela Terra a uma distância assustadoramente pequena. Coisas que não vemos acontecer há quase uma década.

Gostosuras ou travessuras? Nenhum. Vai ser Asteroide mesmo

O asteroide, que recebeu o carinhoso nome de “TB145 2015”, foi descoberto em 10 de outubro por astrônomos usando o telescópio Pan-STARRS. As medidas do objeto estão estimadas em cerca de 280 a 620 metros de diâmetro, o que seria o tamanho de um prédio bem alto Ou dois.

E não só isso, ele está se movendo a uma velocidade de 35 km/s ( 12.600 km/h), o que a NASA descreve como “anormalmente elevada”.

Quando o TB145 2015 fizer a sua maior aproximação da Terra, em 31 de outubro, ele estará a uma escassa distância de 0,0032 UA (unidades astronômicas), ou 1,3 distâncias lunares da gente. Isso é cerca de 479.000 km.

Só para você ter uma ideia…

Este será o objeto mais próximo a sobrevoar a Terra desde 2006, quando o asteroide NEO XP14 2004 passou voando a 1,1 distâncias lunares. Após esta travessura de Halloween, nenhum objeto deste tamanho vai chegar tão perto de nós novamente até agosto de 2027 – quando o asteroide NEO 1999 AN10 irá se aproximar a menos de 1,0 distância lunar.

Pronunciamento da NASA sobre o Asteroide: calma, calma. Não tenhamos pânico

A NASA diz que o asteroide TB145 2015 vai passar com segurança pela Terra e continuar a seguir ao longo de sua excepcionalmente excêntrica e alta inclinação da órbita – o que pode explicar porque ele não foi descoberto até poucas semanas atrás.
Durante sua passagem pelas proximidades da Terra, o asteroide vai atingir uma luminosidade de magnitude 10, por isso deve ser observado pelos astrônomos com telescópios. Ele poderá ser visto melhor no Hemisfério Norte.[gizmodo]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

6 comentários

  • Rodrigo Franz:

    Como eles podem dizer que não passará nada “tão próximo”, se descobrem esses objetos, as vezes, com dias de antecedência?

    • Cesar Grossmann:

      Usando radares e telescópios eles determinam a trajetória do objeto. Quanto mais observações, mais precisa a determinação.

  • Natalia Cerqueira:

    Oque me assustou não foi o asteroide em si, mas sim a descoberta ter sido feita com ele tão próximo da Terra .

    • jab:

      Pensei o mesmo.
      Se estivesse em rota de colisão com a Terra ,nada poderia ser feito . Qual seria a capacidade de dano deste asteroide ?

    • Cesar Grossmann:

      E que tal os asteroides que são descobertos logo depois de passarem pelo local que a Terra estava poucos minutos antes?

  • luauau:

    35km/s = 126.000 km/hora….

Deixe seu comentário!