Bala “robótica” que acerta alvos a 2 km pode ser vendida ao público

Por , em 1.02.2012

Uma bala “robótica”, que é auto-orientada, podendo se dirigir para um alvo específico, está sendo desenvolvida para uso de militares dos EUA. A bala usa aletas minúsculas para corrigir o curso de seu voo, permitindo que ela bata em alvos iluminados com lasers.

Ela é projetada para ser capaz de atingir objetos a distâncias de cerca de 2 quilômetros (km). Experiências com protótipos sugerem que a precisão é melhor em intervalos mais longos.

O protótipo atual é uma bala de 10 centímetros que inclui um sensor óptico em sua ponta para detectar o laser. Esta informação é então processada e utilizada para mover os motores que existem dentro da bala que orientam as pequenas aletas, alterando o caminho da munição.

Isso pode parecer uma ótima invenção para atiradores, mas pode trazer preocupações se pensarmos que a bala pode ser comercializada ao público.

A empresa criadora da bala, Lockheed Martin, se diz confiante em trazer o produto ao mercado. Especialistas dizem que haveria grande demanda para a inovação no campo de batalha. Em países em conflito, isso poderia ajudar a reduzir as mortes de civis. Já em casos de ações criminosas com reféns, seria mais difícil que policiais atingissem as vítimas do ataque. [BBC]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (3 votos, média: 3,33 de 5)

27 comentários

  • levita:

    LOUCURA!!!!!!!!!!

    • RX:

      Excelente bala para eliminar políticos corruptos fujões.

  • pedro:

    la se foi o natural processo de seleçao natural dos guerreiros ; )

  • iPedro Martins:

    Eu Não sei vocês mais eu já ví uma arma que faz o mesmo em um filme

    • CASTOR:

      existe … para alvos de misseis

      agora botar essa tecnologia toda em uma pequena bala é comlicado
      por isso é interessante

  • Caio:

    Temos que criar uma “bala” dessas para jogar paintball !

    • Rodrigo:

      Ai fica sem graça

  • luiz martins:

    ESSE PAIS SO PENSA EM GUERRA, SO PENSA EM MATAR, SO PENSA EM TRAGÉDIA, SO PENSA EM CATASTROFES, SO PENSA EM MORTE?????????COITADOS, VIVA NOS BRASILEIROS, QUE APESAR DE TODOS OS PROBLEMAS SO PENSAMOS EM CURTIR, NOS DIVERTIR, AMAR.

    • Marcos-DF:

      E esquecemos de tirar os ladrões do poder hehehehe
      Mas concordo com voce quanto ao anti-belicismo.
      Abraços

  • Lord do Universso:

    A Angelina Joulie ja tem balas como essas

  • CASTOR:

    são 2 pessoas pra matar uma

    o cara que aponta o lazer não é o mesmo que atira
    o atirador não enchergaria o alvo a 2 Km de distancia
    nunca !

    ou um sniper usando um telescopio muito do fdp

  • Jobson:

    Valeu!!!
    Meus parabens ao(s) inventor(es).
    Em se tratando de forma de defesa isto é espetacular.
    No caso de Guerra e até mesmo como ferramento de acionamento de dispositivos a longa distância.
    Os inventos são importantes, mesmo que a priori pareça ser algo nocivo a sociedade um dia poderemos vir a fazer uso dela… e se não existisse ainda?
    Parabens pelo invento.

  • Oliveira:

    Que legal ! Imaginem a cena! O camarada, mira em seu peito numa distancia de 2 km e dispara com a certeza que vai atingir o alvo. Voce desesperado, começa a correr pra bala não te pegar. Seria cômigo se não fosse deprimente. Quanto disperdício de inteligencia humana. Por que será que não inventam algo para suprir os recursos energéticos? Porque não desenvolvem meios de encontrar pessoas desaparecidas e/ou presas em escombros ? Depois dizem que os seres humanos são inteligentes!!

    • CASTOR:

      é o capitalismo … e não vai mudar nunca

  • Tiago:

    Fica claro que, no intuito de produzir conteúdo para o site, as mocinhas não captaram o essencial: entender o que estão publicando. Uma bala dessas dificilmente entraria no rol de armas disponíveis em qquer força armada (mesmo políciais) pois, ao revelar a trajetória da mesma, ficaria muito fácil de descobrir a origem do projétil, dessa forma fazendo com o que o inimigo concentre seus esforços em abater um inimigo visível (e provavelmente mais mortal, por possuir uma arma de grande precisão). Isso aconteceu em meados do séc XIX, qd as peças de artilharia utilizavam um tipo de pólvora (negra) que, ao deflagrar o projétil, uma nuvem de fumaça levantava-se imediatamente, denunciando suas posições ao inimigo(Vcs podem imaginar as consequências…). Com a ‘evolução’ (se é q se pode dizer isso) da arte da guerra, essa pólvora foi sendo substituída pela Poudre B, e depois pela cordite que ñ levantavam tal fumaça. Voltar a uma arma que deixa rastro é, no mínimo, inocente e perigoso, por mais alternativas que elas sejam.

    Aliás, nem original essa bala é: já há outros 4 países que fabricam tal arma. Mas a máquina de propaganda americana faz muito bem seu trabalho de doutrinar os inocentes e bobinhos de plantão.

    • Marcos Souza:

      “Pois, ao revelar a trajetória da mesma, ficaria muito fácil de descobrir a origem do projétil”

      Como assim “revelar a trajetória”? Um sinal de Laser não mostra a trajetória, é só um ponto vermelho que pode estar vindo de qualquer lugar em um arco de no mínimo 90° tanto na horiznontal quanto na vertical…

      De qualquer maneira a posição com esse mesmo nível de precisão já seria denunciada no momento em que a bala atingisse o alvo ou uma parede próxima, então não faz tanta diferença assim.

      Não dá pra comparar com a nuvem de fumaça que mostra a origem do disparo com precisão exata.

    • Arnold:

      E ainda existem frequências de lasers invisiveis o olho nu como por exemplo o laser infra- vermelho.

  • Harley Eugenio:

    toda arma sempre tem um metodo para detela, os Americanos iram criar um globo feito os de discoteca para confundir as balas dos inimigos.

  • Vander:

    A hora que essa belezinha cair nas mãos de traficantes, a coisa vai ficar pior do que ja ta :S

  • epiva:

    Cara super fantástico,porem….
    Toda essa tecnologia sendo desenvolvida para fins militares pra que?

    • CASTOR:

      pra caçar borboleta e jogar pião

  • Thiago Moreira:

    Ja reparou que norte americano é tudo maluco, se isso cai em mãos erradas como é que fica? Cada idéia.

  • Zézão:

    Então quer dizer que quem defende a causa como Policiais onde enquanto você dorme esta zelando da sua tranquilidade ou a nossa Pátria como nossos Soldados não valem nada e que se fodam…parabens pra quem pensa assim e que você viva sempre inocente…

  • Nie:

    Seria ótimo essas balas no Rio de Janeiro, os Policiais não iam errar os bandidos nem os bandidos errarem os policiais, evitando assim a morte de civis inocentes.

  • Alan:

    Por que não usar tanta inteligência em algo mais construtivo?

  • R:

    Aeeee mais uma invenção feita para as pessoas se matarem. Parabéns humanidade!

    • NOMIAS:

      teoricamente seria para evitar balas perdidas, visto que a munição atingiria o alvo com mairo precisão evitando matar pessoas que não tem nada a ver.

      o mundo sem violencia é uma (triste) utopia.

Deixe seu comentário!