Baleia é encontrada com 40kg de plástico no estômago nas Filipinas

Por , em 19.03.2019

Baleia-bicuda-de-cuvier foi encontrada morta no litoral das Filipinas no último dia 16 de março. O animal foi retirado das águas na cidade de Davao e uma autópsia preliminar mostrou que havia 40kg de plástico no estômago dela. A causa da morte foi “choque gástrico”.

A baleia era um macho juvenil, e foi examinada por biólogos do Museu Coleção D’Bone. A equipe ficou tão chocada com a descoberta que publicou um post no Facebook cobrando providências do governo. “Essa baleia tinha a maior quantidade de plástico que nós já vimos em uma baleia. É nojento. Ações devem ser tomadas pelo governo contra aqueles que continuam a tratar os rios e oceanos como lixões”, diz a publicação.

Na avaliação inicial foram encontrados 16 sacos de arroz, 4 sacos parecidos com os de colheita de banana e múltiplos sacos de compra. Uma lista mais detalhada com os materiais encontrados será publicada em breve pelo museu.

Sacos de mercado e de compras que acabam nos mares têm sido um grande problema no Sudeste asiático. Apenas cinco países são responsáveis por 60% do lixo plástico que acaba nos oceanos do mundo todo, de acordo com relatório de 2015 da Ocean Conservancy. Esses países são: Filipinas, Vietnã, Tailândia, Indonésia e China.

Em 2017, outra baleia da mesma espécie tinha 30 sacos plásticos no estômago. Ela foi sacrificada porque parecia estar em sofrimento e ficava encalhando continuamente na Noruega.

Em 2016, 13 baleias cachalotes mortas foram examinadas e mais plástico foi encontrado em seus sistemas digestivos.

O biólogo marinho Darrell Blatchley, que também é dono do Museu Coleção D’Bone, diz que nos últimos 10 anos sua equipe examinou 57 baleias e golfinhos que morreram por acúmulo de plástico em seus estômagos. Mas nenhum animal tinha tanto plástico no estômago como esta baleia-bicuda-de-cuvier encontrada nesta semana. [The Guardian, BBC, D’Bone Collector Museum]

Crédito imagem: Museu Coleção D’Bone
Crédito imagem: Museu Coleção D’Bone
Crédito imagem: Museu Coleção D’Bone

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (11 votos, média: 4,91 de 5)

Deixe seu comentário!