Dieta com muito cereal de arroz pode trazer problemas para os bebês; veja pesquisa

Por , em 28.04.2016

Quando os pais precisam introduzir alimentos na dieta dos bebês, mingau, cereal ou outros petiscos de arroz são uma opção escolhida com frequência. Isso porque eles têm poucos alérgenos, sabor suave e textura boa.

Mas estudos recentes mostram que uma alimentação muito rica em arroz pode trazer problemas para bebês e crianças de até cinco anos de idade. O grão contém níveis de arsênio que chegam a ser surpreendentemente altos.

O estudo mais recente foi publicado na revista JAMA Pediatrics, e afirma que bebês alimentados com cereais de arroz – e outros alimentos com o grão – têm maior concentração de arsênio na urina quando comparado com bebês que não têm essa dieta.

bolacha de arroz niveis arsenio dieta bebes

“As maiores concentrações de arsênio estavam entre aqueles que consumiam cereal de arroz para bebês. Aqueles que comiam petiscos de arroz tinham níveis duas vezes maior do que os que não comem arroz”, diz a pesquisadora Margaret Karagas, da Escola de Medicina de Dartmouth (EUA).

O estudo envolveu 750 bebês e mães. Foi observado que 80% das crianças participantes comiam cereal de arroz quando tinham um ano de idade, normalmente começando entre os 4 e 6 meses de vida. “Ficamos surpresos com o número de bebês consumindo produtos de arroz”, relata a pesquisadora.

Consequências da grande ingestão

Os riscos para a saúde dessa dieta rica em arsênio na infância ainda não estão claros, mas os autores explicam na publicação que evidências sugerem que essa exposição ainda na barriga da mãe e no começo da vida pode estar associada a efeitos adversos no sistema imunológico e no desenvolvimento do cérebro.

A agência de controle dos alimentos dos Estados Unidos, Food and Drug Administration (FDA), propôs um limite de 100 partes por bilhão de arsênio inorgânico em cereal infantil de arroz. Essa ação foi motivada por pesquisas que relacionam o consumo da substância a performances ruins em alguns testes de desenvolvimento infantil.

A boa e velha papinha de vegetais e frutas é uma ótima opção para bebês

A boa e velha papinha de vegetais e frutas é uma ótima opção para bebês

O conselho dos pediatras para os pais é que variem a alimentação dos bebês o máximo possível, incluindo aveia, cevada e outros grãos. Purê de vegetais também é uma ótima opção nessa fase. [National Public Radio, JAMA Pediatrics]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!