Café pode diminuir o risco de diabetes em mulheres

Por , em 20.01.2011

Segundo uma nova pesquisa, beber quatro xícaras de café por dia diminui o risco de uma mulher desenvolver diabetes tipo 2 em mais da metade.

Durante 10 anos, os pesquisadores analisaram o histórico médico e o hábito de beber café de 359 mulheres com diabetes e os compararam com os de 359 mulheres saudáveis.

Mulheres que bebiam quatro xícaras de café por dia eram 56% menos propensas a desenvolver diabetes tipo 2 do que as mulheres que não bebiam café. E quanto mais café as mulheres bebiam, mais o risco caía.

Os pesquisadores acreditam que o café aumenta a quantidade do hormônio sexual globulina (HSG) no sangue, e níveis mais elevados de HSG diminuem o risco de desenvolver diabetes tipo 2.

As mesmas mulheres que beberam quatro xícaras de café por dia tinham níveis mais elevados de HSG no sangue. Os pesquisadores levaram em conta esses níveis, e descobriram que o efeito do café sobre os níveis do hormônio é que estava fazendo a diferença no risco de diabetes.

Mesmo assim, os pesquisadores dizem que um nexo de causalidade entre HSG, diabetes e café não é claro. Por exemplo, um estudo de 2004 mostrou que a cafeína é prejudicial às pessoas com diabetes tipo 2, porque impede a degradação da glicose.

Já outros estudos anteriores mostraram que algo no café parece ter um efeito protetor contra a doença. E o café tem muitos compostos. Em 2006, uma pesquisa com 28.812 mulheres descobriu que as que bebiam seis xícaras de café descafeínado por dia apresentaram um risco 22% menor de desenvolver diabetes tipo 2. Café com cafeína também parecia ter um efeito protetor, embora não tão forte. E um estudo de 2009 mostrou que cada xícara diária de café ou chá reduz o risco de desenvolver diabetes em 7%. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • Audrin:

    E sobre o açúcar que vai em todo esse café recomendado?

  • Lucas Gomes:

    O melhor a fazer é nao tomar nem muito e nem pouco café.
    Sempre modere na bebida.

  • Elizabeth:

    E os cientistas consideram 359 mulheres, dentre milhões de mulheres, um número suficiente para afirmar algo???

Deixe seu comentário!