Candidata a Miss América é acusada de “falsa identidade”

Por , em 17.05.2011

A Miss 2010 do estado de Wisconsin, nos EUA, preparava-se para concorrer ao título de Miss dos Estados Unidos deste ano quando foi forçada a renunciar a disputa devido a um escândalo pessoal. Shaletta Porterfield, de 26 anos, está sendo acusada de falsificar a identidade em três contratos publicitários.

Quem descobriu a fraude foram as próprias empresas com quem ela fechou contrato, que repararam na diferença de assinaturas entre eles, suspeitaram de falsificação e chamaram as autoridades. A alegação oficial, no momento, é apenas que a Miss está sendo acusada de “informações de identidade impróprias”.

Shaletta falou apenas através de seu advogado. Disse que estava sob grande pressão com relação a esses contratos e que decidiu voluntariamente se afastar da disputa pela coroa de Miss América, afim de não macular o nome do evento com a sua polêmica pessoal.[Jezebel]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

3 comentários

  • Naynay:

    Seus manés está não é a Miss, é só uma foto que colocaram..procurem no google…derrrrrr….

  • miqueias charles:

    Além de falsária é sem educação…

  • jernei:

    Oi Shaletta, Se não é uma montagem, você é muito mal-educada e essa foto poderia lhe render uma cadeia nos EUA.

Deixe seu comentário!