Cansado de dirigir? Você não vai mais precisar

Por , em 10.05.2012

Isso pode até demorar – e bastante, mas parece que um dia as pessoas não vão mais precisar dirigir seus carros. Não que elas vão substituí-los por bicicletas (apesar de ser uma boa ideia): o computador é que vai substituir as pessoas.

A Google vem trabalhando desde 2010 em um carro, o Google Driveless Car, que consegue operar completamente por conta própria. E realmente a “conta é própria”, porque o suposto motorista não precisa fazer absolutamente nada. O sistema automotivo conta com câmeras, sensores de rádio e laser, além de mapas por satélite. Isso permite que ele saiba quando o sinal está vermelho, quando há pedestres por perto, a distância até uma curva, e qualquer outra situação que possa aparecer no caminho.

A empresa já testou o carro por mais de 300 mil quilômetros, com ou sem um humano junto. Tal proeza garantiu a primeira liberação de uma licença para um carro sem motorista, no estado americano de Nevada. Testes em público já foram feitos até na Las Vegas Strip, famosa avenida da cidade de Las Vegas.

Por enquanto as pessoas comuns não podem comprar um carro desse tipo e sair dirigindo, mesmo em Nevada. A liberação apenas permite que a companhia faça seus testes em locais públicos.

Está aí pensando se a coisa realmente funciona? Bom, até agora apenas um acidente foi registrado, perto da sede da Google, na Califórnia, e de acordo com a empresa, a culpa foi na verdade do ser humano que estava dentro do carro, pois na hora era ele quem tinha assumido o volante.

A proposta da tecnologia obviamente não é apenas para poupar os preguiçosos ou estressados de dirigir. Um carro desse é capaz de reduzir muito o número de acidentes, já que supostamente não deve sofrer de maus humanos tão comuns, como quando você quer flertar com aquela pessoa que está dirigindo no carro ao lado, ou fala ao celular.

Além disso, a empresa afirma que seria possível reduzir a quantidade de poluentes, devido a maneira mais “correta” de dirigir do carro, que iria poupar excessos e desperdícios. E também seria a chance de vários deficientes, físicos ou visuais, de poderem ter acesso aos benefícios de um carro. A Google inclusive já fez testes bem sucedidos com um cego “ao volante”.

A Google não pretende lançar o carro comercialmente, mas vender a tecnologia. Por enquanto não há previsão de liberação em outros locais. Lançamento no Brasil então, menos ainda. Mas veremos o que o futuro reserva. Já imaginou poder ir dormindo no trajeto para o trabalho, pela manhã? Isso sem falar em outras coisas possíveis, que vocês podem citar nos comentários![CNN]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

7 comentários

  • Alberto Campos:

    Serã que vão fazer teste do bafômetro, para o usuário, com este tipo de carro?

  • Rubens dos Santos:

    Achei muito interessante esse artigo. Nao sabia desse carro.
    Postei no meu Blog (www.rubens-klein.com) um artigo meu no dia 06.12.2011 sobre um carro do futuro.
    http://www.rubens-klein.com/generalidades/os-carros-no-futuro

    Podem publicar o artigo se acharem interessante.

    Rubens

  • jose ajosilaudo:

    espero que não coloquem esses sistemas em carro a alcool, ja pensou se o sistema pega um porre no volante.

  • Renato Almeida:

    Se isso vai demorar pra acontecer nos USA imagine no Brasil! pode esperar seus filhos criar cabelo branco pois vc nunca irá ver .

    • Francisco Martins:

      Realmente Renato, se dependermos de brasileiros como você, tecnologias como essa nunca chegarão aqui. E pior, nunca chegaremos a desenvolve-las.

    • Diego Silva:

      Você está muito por fora, essa tecnologia está disponível a todos, fiz um curso sobre esse assunto com aulas ministradas pelos criadores desse projeto, e o melhor de tudo, foi de graça e a todos que quisessem.

  • Mateus Felipe Martins Da Costa Cota:

    So falta ter armas e falar pra parecer o KITT

Deixe seu comentário!