Cientistas criam “exército” de insetos biônicos

Por , em 28.11.2011

Esforços para criar um exército de insetos biônicos estão sendo feitos por uma equipe de engenheiros dos Estados Unidos.

O grupo, da Universidade de Michigan, está investigando formas de sugar a energia das criaturas e energizar sensores e outros equipamentos acoplados.

Eles criaram um dispositivo que vasculha energia, para ser colocado nas asas dos insetos. A ideia é que as criaturas possam um dia ser usadas para operações de busca e salvamento.

A equipe comentou que, apesar dos avanços em veículos microscópicos, ninguém conseguiu até hoje combinar desempenho aerodinâmico com a capacidade de manobras dos insetos.

Mas, para equipar insetos com mecanismos de controle e outros adicionais, é necessário uma fonte de energia.

A equipe rejeitou a ideia de usar painéis solares em miniatura, porque eles seriam dependentes da disponibilidade de luz. Então passaram para o desenvolvimento de um coletor de energia vibracional. O resultado é um gerador em espiral, com três camadas.

As duas exteriores são feitas de PZT-5H – uma substância cerâmica que produz uma carga elétrica quando pressionada. Uma camada mais interna de bronze reforça o sistema.

Os pesquisadores usaram besouros para determinar o melhor lugar de instalação do dispositivo. As asas foram escolhidas como a melhor fonte de força.

Entretanto, as membranas das asas não são suficientemente rígidas para suportar o mecanismo, e também complicaram a aerodinâmica. Então o foco passou para os músculos das asas.

No final, ficou decidido que duas das espirais seriam acopladas ao tórax do inseto. O fim de cada bobina fica presto em uma parte dura do corpo do besouro.

Os dois mecanismos pesam menos do que 0,2 gramas e geram 45 microwatts de energia durante o voo.

A equipe sugere que o equipamento pode eventualmente se transformar em fonte de energia, formando insetos com eletrodos neurais implantados, sistemas de comunicação, microfones e outros sensores.

Eles sugerem que as criaturas poderiam carregar tudo isso em pequenas “mochilas”.

Os ciborgues poderiam então ser levados a locais perigosos e de difícil acesso, após um acidente. A informação coletada poderia então ser enviada para os centros de emergência, para esquematizar a ajuda.

Os pesquisadores dizem que as criaturas podem ser o começo de “uma nova era de operações de procura e resgate, sobrevivência, monitoramento de substâncias perigosas e detecção de explosivos”.

Essa não é a primeira que cientistas tentam desenvolver animais controlados por dispositivos remotos. Já houveram experimentos para controlar ratos através dos bigodes, tubarões através do sentido do olfato, etc.[BBC]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

8 comentários

  • Sandro:

    Cientistas criam “exército” de insetos biônicos

    Os Iluminatis distraem suas marionetes (nós) com seus bobos (cientistas) da corte e suas invenções que a principio parece benefício, mas há uma grande conspiração por trás deste pano de fundo contra a humanidade. Cadê os investimentos para as doenças seculares que ainda permeiam e ceifam vidas humanas? Cadê o combate às drogas com eficácia? Cadê politicas públicas com o objetivo de mudar os pensamentos TEORICOS nas escolas e fazer com que as crianças sejam como as de outrora que conseguem revolver uma EXPRESSÃO NUMERICA, EQUAÇÃO, ALGEBRICAS, FRAÇÕES etc. Mas para o SISTEMA é mais vantajoso criar IMBÉCIS “BURROS”, Alienados meros copiadores. Estou cansado de tantas invenções para nada. É um absurdo que até hoje o homem ainda não inventou uma solução para a fome (miséria). Com certeza algum idiota vaia ler e comentar sobre este comentário e criticar dizendo: Quem é esse sem informação? Mas já respondo: Sou uma pessoa simples e fico no meu cantinho vendo as coisas acontecerem, mas quando o tema é polêmico ai eu entro no meio. PESQUISAM SOBRE A GRANDE CONSPIRAÇÃO CONTRA A HUMANIDADE. Em suma esses insetos biônicos que estão criando, no futuro bem próximo serão usados contra nós mesmo, aliás, já estão (pesquisem). Quero agradecer ao Site por proporcionar temas que são de interesse popular, muito informativo. PARABÉNS.

  • josemar silva dos santos:

    Nenhuma novidade! apenas subimos mais um degrau em nanotecnologia, imaginem quando for criado insetos hibridos usando celulas tronco de insetos diferentes,insetos para a guerra,se acham dificil, vejam o que aconteceu com o egito nos tempos biblicos, armas biológicas perfeitas, alias existe a descrição de um inseto mortifero em apocalipse. um gafanhoto com cauda de escorpião,dentes de leão, ou seja carnivoro,voador e venenoso, tem mais!hermafrodita!pois tem cabelo de mulher, ou seja dna,proprio para se reproduzir automaticamente, eu já estou com o inseticida a postos.

  • Renato:

    Moscas espionando sua vida? só se vc quiser mesmo basta ir no mercado comprar um Raid mata moscas e baratas ai quero ver a maldita mosca bisbilhotar vc kkk

    • eduardo piva:

      Ei muito engraçado oque vc disse kkkk, por outro lado da medo mesmo, a nanotecnologia ja chegou a esse ponto. Logo mais daremos adeus a privacidade.

  • ALX:

    Daki uns anos a turma do Bin Laden vão criar esses insetos roboticos que injetam virus na população que nem vão perceber nada kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… Quando imaginação né? rsrs

  • Tzar:

    Esqueça a possivel utilização do inseto cyborg para expiar sua vizinha gostosa (infelizmente eu não tenho) .

    Brincadeiras aparte e bom ver os avanços da nano tecnologia, daqui algum tempo poderão criarão moscas inteiramente robótica para explorar ambientes extremamente difíceis,espionagem,seja ela de narcotraficante,ou políticos do “pais do pão e circo(Brazil,zil,zil)”.

    Só espero que isso não seja ultilizado para o mal.

    • João:

      Tipo entrar no seu nariz?
      kkkkkkkk, brincaderinha.

    • Renan Almeida:

      com toda certeza vai ser usado + para o mal é – para o bem! fato sem mais

Deixe seu comentário!