Cientistas criam fórmula da invisibilidade

Por , em 16.01.2009

A ficção científica, imitando a ciência, vem sonhando com a invisibilidade há décadas. Esse momento pode estar prestes a chegar.

Liderados pelo Dr. David R. Smith, cientistas da Universidade de Duke, na Inglaterra, desenvolveu toda a base teórica de um equipamento de invisibilidade. O aparelho seria feito de uma classe exótica de compostos artificiais conhecidos por metamateriais.

“A camuflagem funcionará como se você tivesse aberto um buraco no espaço”, afirmou o Dr.Smith. Funcionará como um volume vazio no espaço, pelo qual as ondas eletromagnéticas, inclusive a luz, fluirão, desviando do objeto encoberto. Não haveria reflexão e nem absorção de luz.

Por enquanto, o projeto é apenas uma teoria que o cientistas afirma ser possível construir. Porém, quando for realmente feito, poderá ter inúmeras utilidades, como acabar com obstáculos de ondas, melhorando o serviço de telecomunicações.

Para o Dr. Smith, esse é um projeto que poderá ser realizado nos “próximos 50 ou 100 anos”. [IT, Daily Tech]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votos, média: 4,75 de 5)

13 comentários

  • joao:

    ta ,mas quando eles criarem,imagina só,vai haver um aumento ENORME de ladroes no mundo e vao ficar assaltando a gente com essa porcaria e agente nao vai saber quem é e os policiais nao vao pegar o culpado!!pensem minha gente!

    • Alee Renneberg:

      E tu acha q alguma ladrao vai conseguir ter isso ? Pois isso devera custar muitoo para os bolsos de um ladrao kkkkk

  • danielli:

    isso é uma idiotisse

  • Erick Lino:

    daqui 50 0u 100 anos quando criarem isso eu vou querer a formula da juventude primeiro

  • maria isadora:

    isso é maneriiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiisimo ,quando criar irei atras de um!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!eu sou loucamente apaixonada em cincias e biologias e fisica!!!!!!!!!!!!!…………….

  • Beron Burgos:

    Outro grande problema é, se o cara desprezado pela amada, cuja dita
    não queria nem sonhar em tranzar com ele, de repente resolve dar uma chegadinha em seu quarto, aiíii pela madrugada. E em outros quartos cujas
    paixões foram negadas. Deus vos livrem.

  • André:

    Caramba!!! Se o Dr. Smith ganhar uma capa de invisibilidade vai fazer muito estrago na nave Júpiter 2!!!

  • silva-tiger:

    Odesenho ilustra invisibilidade total,mas seimaginarmos,por mais que omaterial seja resistente,talvez não haverá metamateriais njas solas das botas e nem em frente aos olhos,pois a luz seria desviada, e nada poderia ser visto.
    Existe uma tecnologia que imita o polvo,uma camuflagem por realinhação de moléculas foto-cromáticas controplado por eletricidade,semelhante ao ocorrido nos polvos,imitando o meio que o circunda.
    Tais tecnologias deveriam ser usadas para o bem,como por exemplo fazer ondas eletromagnéticas de baixa frequêcia,como as de celular,entrarem em lugares fechados ou com blindagem eletromagnética,mas,fato é que tal tecnologia tem como principal objetivo auxiliar em guerras,e isso é triste!

  • gani:

    Ja imaginou, um tipo andando e derrepente se esbarra com alguem que nao se ve, ou voce se sente atropelado com um carro invisivel….

  • mayanna yasmine torres tavares:

    caramba!!!!!o hypescience mostra tantos fatos científicos extraordinários e inacreditáveis!!!!!!!que ás vezes parece até ser mentira!

  • alvaro:

    li anos atrás algo a respeito de um trage que estava em projeto,algo com fibras óticas,não sei ao certo!que transferiria a imagem do plano de fundo atravéz de super processadores ao plano posterior criando a ilusão de invisibilidade,pensei inclusive que seria mais facil se trabalhasem com linhas retas mas não ouvi mais nada a respeito,será que esse projeto tbm não irá “desaparecer” do mapa?

  • Dudu:

    A estimativa de quando vai ficar pronto todas essas novidades que me desanima!

    Quando a maioria das novidades chegar em nossas mãos ,já vou esta velhinho… nem vai ter graça.aff

  • FranChico – Hora de Relaxar:

    Uma noticia tão louca e no final… “daqui 50 ou 100 anos…”

Deixe seu comentário!