Japoneses inventam holograma que pode ser sentido e tocado

Por , em 17.01.2016

Pesquisadores da Universidade de Tóquio, no Japão, construíram uma máquina capaz de transformar hologramas em palpáveis.

Esta invenção do fim do ano passado soma-se a um crescente corpo de protótipos “tele-hápticos” lançado em 2015.

Chamada de “Haptoclone”, a máquina holográfica é composta de duas caixas, uma contendo um objeto e a outra exibindo um holograma desse objeto (seu “clone”).

Se um usuário coloca a mão na segunda caixa para interagir com o holograma, consegue senti-lo, graças a pressão de radiação ultrassônica emitida em sua mão.

A sensação táctil é bastante realista. Uma repórter do site americano Gizmodo experimentou a máquina, dizendo que a bola holográfica com a qual interagiu parecia feita de plástico inflado. Uma outra repórter do site Motherboard que também experimentou o Haptoclone e interagiu com o holograma de uma mão humana descreveu uma sensação “borbulhante estranha” emanando de seus dedos.

Por enquanto, a tecnologia ainda é limitada. Ela só pode emitir um nível “seguro” de radiação ultrassônica, o que significa que o grau de feedback tátil que pode simular é restrito a algo como acariciar levemente um objeto. Ainda não pode emular um aperto de mão ou um abraço forte, por exemplo. [QZ]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

2 comentários

Deixe seu comentário!