Cirurgiões ligam panturrilha ao braço de paciente para salvar sua vida

Por , em 10.03.2014

Não é todo dia que uma equipe de médicos tem uma ideia brilhante para salvar a vida de um paciente. E quando tem, é algo que parece ter saído de Star Trek e merece toda a nossa atenção e admiração.

Tudo aconteceu na cirurgia de amputação da perna do paciente Ian McGregor, que nos últimos 10 anos sofreu com um grande tumor agressivo que ia da pélvis até sua coxa esquerda. Todos os tratamentos que tentou não foram bem sucedidos, e a única opção restante seria amputar sua perna. Mas desde o momento que a amputação se tornou a única saída, a equipe médica que trabalhava no caso de Ian começou a quebrar a cabeça para descobrir como fechar o buraco que ficaria no quadril depois da amputação e, assim, salvar a vida de Ian.

Implantar partes estranhas do corpo em locais incomuns — como este homem que trocou um polegar da mão por outro do pé ou este que teve seu novo nariz em sua testa — não é nada novo. Eles perceberam, então, que os músculos da panturrilha tinham o tamanho e a forma certos para fechar a ferida da amputação, o que se tornou a chave para um estranho e inédito procedimento cirúrgico, nunca antes realizado na história da medicina.

O procedimento

w0gmr1mmcvtfbbc3hxyx

Em nada menos que 18 horas de cirurgia, os médicos primeiro removeram a panturrilha da perna que estava sendo amputada e a anexaram ao antebraço de Ian, para manter a circulação ativa. Depois, os cirurgiões completaram a amputação e, em seguida, transferiram o músculo da panturrilha inferior para o tronco de Ian, para preencher o buraco. E foi um sucesso!

Prender partes do corpo em outras partes do próprio corpo para mantê-las vivas não é uma nova técnica. Mas segundo o cirurgião Dr. Mani Ragbir, esta é a primeira vez que o procedimento foi tentado em uma amputação. Apesar da ousadia, Ian só tem a agradecer.

Ele diz que não tem nem como descrever o sentimento. “Você está a beira da morte e, em seguida, você acorda. Eu estou aqui. É uma sensação maravilhosa”, conta. [sploid]

Abaixo um vídeo da BBC (em inglês) com o paciente:

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!