Colocar silicone melhora a vida sexual das mulheres?

Por , em 10.10.2013

Segundo um pequeno estudo brasileiro, mulheres que colocaram silicone nos seios disseram que a cirurgia melhorou suas vidas sexuais.

Elas disseram ter experimentado um aumento significativo em sua excitação e satisfação sexual após o procedimento. No entanto, as mulheres que tiveram estrias como resultado de seus implantes mamários não experimentaram qualquer melhoria em suas vidas sexuais.

O estudo

A pesquisa envolveu 45 mulheres que planejavam se submeter à cirurgia de implante mamário. O Dr. Paulo Guimarães e seus colegas pediram que elas preenchessem um questionário antes da operação, que avaliava seu desejo, excitação e satisfação sexual. As pacientes refizeram esse questionário aos dois, quatro e 18 meses após a cirurgia.

As 36 mulheres que não desenvolveram estrias pós-cirúrgicas disseram ter experimentado melhoria dos níveis de excitação e estarem mais satisfeitas com suas vidas sexuais, em ambos quatro e 18 meses após a operação.

Nove mulheres com estrias não relataram nenhuma melhora. Estrias podem ocorrer se o implante for significativamente maior do que a mama original era.

Os resultados da pesquisa serão apresentados nesta semana no encontro anual da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos, em San Diego (EUA). Os dados e conclusões devem ser vistos como preliminares até publicados em um jornal científico.

Então colocar silicone pode ser positivo?

Especialistas discordam acentuadamente sobre os benefícios sexuais e psicológicos de implantes mamários.

“Eu acho que a mama feminina é uma parte muito importante do corpo de uma mulher, em termos de como ela se sente sobre si mesma em público, como suas roupas se encaixam e como ela se sente sobre si mesma sexualmente”, opina o Dr. David Reath, presidente da comissão de educação pública da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS). “É muito comum para uma mulher dizer que se sente mais confiante, de que seu corpo agora se encaixa com sua personalidade, depois de uma cirurgia”.

No entanto, outros acreditam pode haver diferentes razões por trás dos relatos de benefícios das mulheres depois de operações plásticas. De acordo com Tomi-Ann Roberts, professora de psicologia da Faculdade de Colorado (EUA) e membro da força-tarefa da Associação Americana de Psicologia sobre a sexualização das meninas, quando as mulheres exercem um grande esforço, ou seja, gastam uma grande quantidade de dinheiro e de tempo em algo, tendem a justificá-lo. “O sentimento bom é aumentado por causa do esforço, e não pela coisa em si”.

Reath disse não ter ficado surpreso com os resultados do estudo brasileiro. “Quando vejo e acompanho pacientes pós-cirúrgicas, muitas dizem ‘Meu marido e eu ou meu namorado e eu estamos nos divertindo muito’. Por que não? É uma parte importante da vida”, afirma.

Roberts também não se surpreendeu, mas por motivos diferentes. “Temos 45 mulheres que gastaram tempo, dinheiro e esforço aumentando seus seios porque a mídia claramente as convenceu de que os seus não eram adequados, por isso não devemos ficar surpresos que elas estejam satisfeitas”, argumenta. “Também não devemos ficar surpresos que estejam contentes com sua sexualidade; a sexualidade feminina é muito sobre o sentido de saber se estão ou não agradando seu parceiro, e essas mulheres fizeram o que podiam para alcançar esse objetivo. Se os novos seios estão agradando a seus parceiros masculinos, então é provável que elas se sintam mais sexualmente atraentes”.

Ela disse que o estudo poderia ter sido mais interessante se tivesse incluído algumas questões mais práticas relacionadas com os novos seios aumentados, por exemplo, com a capacidade da mulher de amamentar ou seu conforto durante exercícios físicos.

“Há muitas outras coisas nas quais os seios de uma mulher é uma parte importante de suas vidas. Esta é uma indicação de que em nossa cultura ‘Victoria Secret’, os seios são para os homens, para o prazer deles”, conclui. [MedicalXpress]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Fabiana Gomes:

    Muito interessante este estudo. Concordo!
    Eu quase não tinha seios quando era adolescente, muito pequenos. Assim que pude coloquei próteses de silicone e toda a minha vida melhorou, em todos os aspectos.
    Eu fiz a cirurgia na clínica Master Health em SP e o resultado foi ótimo, sempre indico!

  • serico115:

    Podemos por vezes alterar nosso perfil anatómico, ainda que quase sempre correndo alguns riscos. A ponderação desses riscos deveria ser sempre um acto de muita reflexão e ponderação, o que nem sempre acontece. Quando isso não é possível para quem não goste de sua silhueta,terá sempre de se habituar com sua anatomia.
    Mas no caso das senhoras é bem verdade que umas maminhas de contorno harmonioso beneficiam-na muito. Se, ponderados os riscos acharem valer a pena, avancem mesmo, para seu gaudio e de seu parceiro…

Deixe seu comentário!