“Comer por dois” traz consequencias para mamãe e bebê

Por , em 25.05.2009

Depois de revisar dados de mais de 1300 mulheres grávidas, a Dra. Alison Stuebe, professora assistente de obstetrícia e ginecologia na Escola de Medicina da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, descobriu que as que consomem mais calorias, bem como fritura e laticínios, têm chances maiores de engordar mais do que o recomendado.

Ganhar muito peso na gravidez está ligado com complicações no parto – como pré-eclâmpsia -, necessidade de parto cesariano, além de aumentar as chances de tanto a mãe, com o bebê serem obesos com o passar dos anos. Mas, se as mães se cuidarem, podem reduzir os riscos. Mulheres vegetarianas têm metade de chance de ganhar uma quantidade não saudável de peso e as que se exercitam meia hora por dia, reduzem os riscos em 20%. Outra coisa que pode ser útil é consumir gordura monossaturada, encontrada em óleo de oliva e nozes.

Para Stuebe, parte do problema é que os médicos não aconselham as mães a cuidarem do peso. Tanto que, de acordo com as pesquisas, as mães que tiveram um acompanhamento mais cuidadoso neste aspecto, engordaram de maneira saudável.

O estudo de Stuebe continua em andamento, os pesquisadores já estão acompanhando as crianças com sete anos. Por enquanto, pode ajudar as mães a fazerem escolhas saudáveis durante a gravidez. [Science Daily]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

Deixe seu comentário!