Conheça a Tomatina, a guerra de tomates da Espanha

Por , em 13.09.2011

Surgida em 1944, a Tomatina é uma das festas mais conhecidas internacionalmente. É celebrada na cidade de Buñol, em Valência, sempre na última quarta-feira de agosto.

Sendo assim, esse ano, em 31 de agosto, 40.000 pessoas apareceram nas ruas espanholas (estima-se que de tão longe quanto Japão e Austrália) para arremessar 120 toneladas de tomates maduros umas nas outras. Durante uma hora, as frutas foram lançadas em uma luta de comida maciça.

Reza a lenda que o festival La Tomatina, realizado anualmente, evoluiu de uma briga de rua na década de 1940, quando um grupo de jovens que queria participar do desfile dos “Gigantes y Cabezudos” (tradição espanhola) utilizou os tomates como armas. Parece divertido, não?[Boston]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

22 comentários

  • VaanLight:

    Tanta gente a passar fome… Só espanha para fazer isto, já não basta matar os pobres dos touros… Nem parecem um povo civilizado

  • Jeh:

    Gente não é questão de país ou região é questão da imbecilidade do se humano e o egoísmo que se tem.. a festa deve ser linda e divertida mas estamos falando de comida, estamos falando de pessoas que estão passando fome em muitos lugares, por não terem nenhuma condição de comprar comida! Enquanto eles estão brincando com comida tem gente comendo barro para pode não morrer de fome! É muita hipocrisia, fazem Rio+20 e o caramba pra depois desperdiça comida …

  • Pobre Chavinho:

    se pegarmos os touros das touradas os queijos rolantes e esses tomates com um pouco de macarrão da pra fazer uma grande macarrronada a bolonhesa pra africa ou uma lasanha xD

    • gloria:

      Seria comida p\ eles mesmos ,sabemos das dificuldades q o povo espanhol está emfrentando c\ a crise mundial na Europa, eles ainda vão lamentar muito sobre os tomates q atiraram fora nessa bricadeira idiota, só mesmo os espanhois p\ fazerem tamanha besteira.

  • alicia:

    nossa quanto desperdicio em alguns lugares isso seria um banquete

  • Mendana:

    Aos criticos, já pensaram como levar 140toneladas de tomate para África ou para os lugares onde há pessoas com fome e obrigá-las a comer tudo durante alguns dias e quando acaba-se os tomates o que comeriam, os queijos que rolam, os touros antes ou depois de enfrentarem os forcados, deixem-se de tretas, tentem sim acabar com as guerras de interesses (sejam políticas e ou religiosas e principalmente a terceira guerra mundial que está a decorrer”económica”)e isso solucionava a meioria dos casos de fome existentes…………..

  • gloria:

    Querem nus fazer acreditar q somos ignorantes , país tupiniquim, ignorantes são os povos europeus q se dizem evoluídos, tradicionais e berço das civilizações, com festa delança tomates , touradas , bois soltos nas ruas p\ machucar e matar idiotas, festa do queijo de morro abaixo, festa do lançamento de laranjas, porque eles ñ fazem festa do lançamento de bosta uns nos outros, é mais compativel com o grau de civilização deles.

    • David Sousa:

      Cara, isso faz parte da cultura, tradição, folclore deles… se for pra comparar coisas desse tipo eu ridicularizaria o nosso Carnaval, com toda aquela pouca-vergonha, que o Brasil ainda por cima tem orgulho de mostrar.

    • Jonatas:

      Não é pouca vergonha, é o que todo mundo gosta, festa, pegação e mulher gostosa. Outros paises não fazem carnaval porque as gostosas que aqui sambam não sambam lá.

    • VaanLight:

      As “gostosas” existem por todo o mundo

    • Jonatas:

      Certamente, mas não sambam como as brasileiras.

    • Jonatas:

      Eu tambem nao gosto dos europeus, se hoje são desenvolvidos foi a custa da exploração de outros povos, inclusive do Brasil. São os maiores culpados das guerras e da miséria no continente africano. Principalmente porque dividiram a africa em paises segundo seu interesse exploratório desrrespeitando totalmente as etnias, que foram cortadas nessa errada divisão territorial. Isso e a manipulação europeia pra conseguir as riquesas que lá existem é que eclodiram nos conflitos que vemos até hoje, e a miséria também é fruto disso.

    • Manuela:

      Olá a todos
      Eu sou portugusa mas tenho familia brasileira, já estive no vossso país ede um modo geral gosto dos brasileiros.Jonatas, não gosto dos europeus??? Mas não viemos todos de Deus?
      Concordo que é fazer pouco de quem passa fome…
      Mas não meta tudo no mesmo saco senão faz lembrar alguns portugueses ignorantes para quem as brasileiras são todas protitutas.
      Há gente boa em todo o mundo.
      Fiquem na paz.

    • Jonatas:

      Certamente, águas passadas não movem moinhos. Obrigado pela correção.

    • VaanLight:

      Se não fosse a Europa (Portugal)o Brasil e tu não existiam

    • Jonatas:

      Eu devia ter certa raiva em mente quando postei aquilo, e nem lembro porque.
      Os portugueses e europeus, em especial católicos e mercantis de escravos, foram opressores do mundo todo no passado, e pode ver que sou descendente deles mais do que dos povos dizimados a quem defendo, indígenas. Mas culpar os europeus de hoje foi um ato bem tolo. Eu postei esse comentário estúpido em 2011… como lembraria depois que tanto se passou… ? minhas mais sinceras desculpas aos europeus, os portugueses e os brasileiros que leram esse post.
      O irônico é´que hoje trabalho em publicações científica justamente com Portugueses no AstroPT.org, e a relação na cooperação e aprendizado com os mesmos não poderia ser melhor… vivendo e aprendendo…

      http://astropt.org/blog/author/jonatas/

  • Éder Augusto:

    Acho demais esses tipos de confraternizações,tem também aquela das Laranjas na Itália.
    E para esses que estão criticando e falando da fome na África,por favor né,os tomates são deles.Falar dos outros é fácil mas o que você está fazendo para erradicar a fome da África?Aqui no Brasil só no transporte e manuseio são desperdiçados boa parte dos alimentos.Pelo menos o desperdício desses Tomates gera algum lucro.

  • SENAM:

    Na Africa tem milhões morrendo de fome.
    O que não dariam para ter tomates para comer e dar as criaças.
    Isso hoje em dia é um crime contra a humanidade.
    Falta total de sentimento. Deploravel

  • David Sousa:

    Não vejo nenhum problema em fazer este tipo de coisa. É uma festa tradicional, contanto que produzam comida suficiente pra compensar… além disso, eu detesto tomate!

    • VaanLight:

      Se passasses fome bem não dizias isso

  • mia:

    olha que beleza, e que se danem as milhares de pessoas ao redor do mundo que passam fome… ¬¬
    pq não jogar esterco uns nos outros?? p/ eles não faria a menor diferença…
    sinceramente, posso até imaginar o nível de ignorância desses “cabezudos”…

  • Pensador®:

    Nossa, quantas toneladas de tomates desperdiçados. E tantas pessoas que não tem nem o que comer. É claro que eles não são obrigados a ajudar ninguém. Mas deveriam se tocar e não fazer isto com alimento. Deveriam imaginar quantas pessoas dariam tudo para ter pelo menos um tomate para dar aos filhos, e não tem.

Deixe seu comentário!