Cosmonautas costumavam levar armas para o espaço

Por , em 15.11.2014

Durante décadas, cada tripulação do foguete Soyuz levava para o espaço uma arma em seus kits de emergência. Essa “arma de sobrevivência”, o TOZ 82, tinha três tambores e um facão acoplado. Porém, hoje em dia, as armas ficam em casa.

É claro que o objetivo oficial da arma – que podia disparar balas de fuzil, cartuchos de espingarda e chamas – era para a sobrevivência em um ambiente hostil, como o deserto da Sibéria, em caso de um pouso de fora de curso – ela também tinha uma pá dobrável.

Segundo o jornalista James Oberg, um dos principais especialistas norte-americanos sobre o programa espacial russo, suas sugestões para que as armas fossem mantidas em um compartimento acessível apenas pelo lado de fora da Soyuz, após o desembarque, nunca foram respondidas.

Os astronautas da NASA tiveram a oportunidade de experimentar a TOZ 82 durante seu treinamento de sobrevivência no Mar Negro com os seus colegas russos. Após flutuarem na água por um ou dois dias, os astronautas e cosmonautas tiravam algumas horas para disparar várias rodadas de tiros do convés do navio de treinamento.

“Era incrível quantas garrafas de vinho, cerveja e vodca a tripulação do navio conseguia encontrar para nós atirarmos nelas”, o astronauta Jim Voss, que passou uma temporada a bordo da Estação Espacial Internacional em 2001, disse a Oberg. “Era muito preciso. Nós jogávamos as garrafas o mais longe possível, provavelmente 20 ou 30 metros, e em seguida atirávamos nelas. Era trivial acertar as garrafas com os cartuchos de espingarda e relativamente fácil de acertá-las com as balas de fuzil logo no primeiro tiro”.

Oberg nunca foi um grande fã de armas de fogo letais estarem a bordo de uma estação espacial, e frequentemente chamava a atenção para o assunto em coletivas de imprensa e reuniões com autoridades russas. Ele agora se pergunta se realmente teve um impacto nesta mudança.

“É claro, os planos eram de usá-las apenas em circunstâncias especiais no retorno à Terra. Mas, no espaço, às vezes planos bem definidos têm uma maneira de transformar-se”, conta. “Na minha campanha publicitária, sugeri que a presença da arma, especialmente à luz dos recentes problemas psicológicos das equipes espaciais, poderia ser um convite para um desastre futuro”.

Em uma coletiva recente, ele teve a oportunidade de falar com oficiais russos e perguntar sobre esta política, quando descobriu que esta não era mais uma prática comum. A política oficial ainda inclui a arma no kit, mas antes de cada missão, há uma votação para removê-la para aquele voo específico. Assim, ainda existe a opção de carregar uma arma a bordo da EEI. Nos resta torcer para que as intrigas entre EUA e Rússia não se deteriorem ainda mais e se estendam ao espaço. [io9]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

1 comentário

  • Orlando Rios:

    Uma vergonha. Homens das cavernas no espaço e uma prova que o desenvolvimento tecnologico não melhora o animal humano.

Deixe seu comentário!