Cura para diabetes? Cientistas descobrem gene “mestre” que regula metabolismo

Por , em 16.05.2011

Pesquisadores britânicos descobriram que um gene ligado a diabetes tipo 2 e níveis de colesterol é na verdade um gene “regulador”, que controla o comportamento de outros genes encontrados dentro da gordura no corpo.

A boa notícia é que a gordura desempenha um papel-chave na suscetibilidade a doenças metabólicas como obesidade, doenças cardíacas e diabetes, portanto a descoberta do gene regulador o torna um possível alvo para futuros tratamentos para combater essas doenças.

Os pesquisadores examinaram mais de 20.000 genes em biópsias de gordura subcutânea de 800 voluntárias gêmeas, e mais tarde uma amostra independente de 600 biópsias de gordura subcutânea de indivíduos islandeses.

O nome do gene encontrado, KLF14, já era ligado a diabetes tipo 2 e níveis de colesterol, mas, até agora, como ele fazia isso e seu papel no controle de outros genes era desconhecido. Os cientistas descobriram uma associação entre o gene KLF14 e os níveis de expressão de vários genes encontrados no tecido adiposo, o que significa que ele controla esses genes.

Os outros genes controlados por KLF14 são de fato ligados a um conjunto de características metabólicas, incluindo índice de massa corporal (que determina a obesidade), colesterol, insulina e níveis de glicose, o que destaca a inter-relação de características metabólicas.

Outra descoberta importante é que a atividade do gene KLF14 é herdada da mãe. Cada pessoa herda um conjunto de genes de ambos os pais, mas, neste caso, a cópia do KLF14 do pai é desligada, o que significa que a cópia da mãe é o gene ativo. Além disso, a capacidade de KLF14 de controlar outros genes também era totalmente dependente da cópia do KLF14 herdada da mãe (a cópia herdada do pai não tinha efeito algum).

O KLF14 parece agir como um controlador mestre de processos que contribuem para a diabetes e outras condições. O próximo passo da pesquisa é entender esses processos e como eles podem ser usados para melhorar o tratamento dessas condições.

Esse é o primeiro grande estudo que mostra como pequenas alterações em um gene regulador podem causar uma cascata de outros efeitos metabólicos em outros genes. Tal conclusão tem grande potencial terapêutico, ou seja, no desenvolvimento de novas terapias.[ScienceDaily]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votos, média: 5,00 de 5)

24 comentários

  • Dulcemara Rosa Quaresma Martins:

    Olá também soudiabética tipo2 por enquanto Graças A Deus, so uso remedios não presisei de insulinainjetavel, assim espero até chegar a cura tenho 53 anos, gostaria de me candidatar pela cura muito obrigado e não esqueçam de mim nesta batalha quero muito ficar curada.Dulcemara Martins.

  • Ramar Moraes:

    Meu Pai Esta diabético a 5 anos, ele tem 52 anos de idade e se coloca à disposição para qualquer pesquisa para a cura do diabetes, pois realmente sofre com tanta preocupação com isso. Agradeço por nos dar dias melhores por estas informações, não esqueçam dele e muito obrigado. O nome do meu Pai é Marcello.

  • Marcia Salgado:

    Oi
    Sou diabética tipo 2, após ter diabétes gestacional , isso faz pelo menos uns 15 anos, sinto piorar muito, já tomo insulina regular e a humana. Gostaria de me candidatar para ser voluntária em pesquisas de cura dessa doença tão primitiva, mas que mata aos poucos.
    Obrigado pela atenção.

  • Antonio R. Losano:

    Ola,tenho diabetes tipo 2,tomo remedios e tomo insulina e gostaria de ser voluntario para testar novos medicamentos para a cura do diabetes, tenho 47 anos.

  • Denise Ramos:

    Meu filho de 21 anos adquiriu a doença e ja faz uso de remedio para diminuir a taxa de açucar no sangue, eu tenho 48 anos e nao tenho diabetes mas infelizmente apareceu nele a pouco mais de um mes, tendencia era obvio ja que os dois lados da familia teve.. portanto torço muito para os médicos brasileiros realizarem o sonho de todos nos a cura definitiva da doença.. gostaria também de candidatar o meu filho para esse processo de extrema importância para a medicina…obrigada Denise

    • Eudes Nunes Galdino:

      Sou diabetico tipo 2 e tenho 47 anos, descobri a 3 meses e estou desponivel p/ qualque tipo de pesquiza
      e o mais obrigado

  • francisco orlando s alencar:

    sou diabetico ha 15 anos hoje tenho 42 de idade acredito em Deus e na ciência estou pronto para ajudar e ser ajudado com relação a cura da diabete gostaria gostaria de ser usado neste desafio da corrida contra o tempo que tantos como eu estão esperando, obrigado, que nao demore muito para poder dar tempo para mim e para muitos que ja estão mais velhos do que eu

  • thadeu soares:

    Boa noite , Mora no interior de SP, Capão Bonito, tenho 59 anos sou diabetico tipo 2 , ha 15 anos/ PONHO-ME á disposiçao para qualquer pesquisa .. obrigado

  • Paulo:

    ola pessoal, sou novo nao tenho diabetes mas quase toda minha familia tem…em um futuro proximo talvez eu tenha a diabetes mas por enquanto eu estou tentando evitar ao máximo gorduras refrigerante outras besteiras e alem do mais estou tentando comer frutas verduras e legumes ao maximo..bom estou torcendo muito para que a cura da diabetes chegue o quanto antes! assim como a cura de um cancer. mas por enquanto so Deus mesmo para nos curar de tudo isso…vejo q muitas pessoas aki se oferecem a pesquisas relacionada a isso. entao boa sorte e q todos tenha uma vida saudável e prospera ate +

  • Matheus de freitas:

    GEnte entrem nesse site ele tem muita coisa sobre diabaticos e a história de um menino que tem diabete ele te ajuda a refletir acreditem é bom entrem lá:

    http://www.wix.com/thiagofreitas05/diabete

  • João Carlos Nunes:

    Ola,tenho diabetes tipo 2, gostaria de ser voluntario para testar novos medicamentos para a cura do diabetes, tenho 57 anos sou aposentado.

    • Haydée Aparecida Fernandes de Lima:

      Diagnosticada desde 2006 com tipo 2,aposentada,55 anos,quero ser voluntária para a vacina contra o diabetes. A cura esta na cirurgia,mas uma nova alternativa é bem vinda.Onde devo me dirigir?
      Obrigada,

      Haydée

  • danilo:

    olá, quero ser candidato ser puder quer muito ser candidato pra pesquisa…

  • Antonio Bosco Pereira Cid:

    Sou diabetico gostari de participar desta pesquisa.
    aguardo reposta
    Um abraço
    Bosco

  • maria de miranda:

    quando tiver a esperiencia quero ser avisada.

  • Mário Machado:

    sou diabetico,desejo participar desta pesquisa,e reseber mais informaçao.

  • Medina:

    Boa Noite.
    Tenho acompanhado as materias sobre Diabetes 2, e com uma imensa satisfação recebo esta noticia.
    Coloco-me a disposição de participar desta maravilhosa experiencia.
    Pois sou diabetico tipo 2

  • Roberto:

    Parabens a equipe de Hypescience pela qualidade desta reportagem que traz dados e informações objetivas raramente vistos em artigos cientificos. Este leitor agradece e espera que seja este um exemplo a ser seguido por outros jornalistas e outros veículos de divulgação.

  • Climaco Barbosa dos Santos Filho:

    Olá!

    gostei da noticia como fazer para me candidatar ou fazer inscrição para participar das esperiencias, se puderem me indicar agradeço.Sou diabético tipo 2

  • Rosangela Flor:

    Olá!
    Também gostaria de me candidatar tbm sou tipo 2,se alguém souber onde são feitos estes testes me avisem.
    desde já agradeço.

  • marcos:

    eu acredito que num futuro proximo nao morreremos mais de doenças e nem de acidentes mais sim so da maldade humana porque sempre vai existir ganancia gente querendo poder,a nanotecnologia ta ai a engenharia genetica tambem,quando sofremos uma acidente seremos suspenso congelados no estado de suspensao para nao termos morte celebral e seremos colocados num tubo cheio de agua mais nao agua um liquido com nanotecnologia que ira cura nossos ferimentos vcs ja viram avatar, seremos melhores, mais felizes viveremos sem problemas. eu acho que to viajando mais num futuro distante isso vai acontece!viver sem anos ou mais sem problemas de saude, isso vai ser possivel mais num futuro proximo.

  • marcos:

    vcs nao podem dise cura; nao podem ser muito afoitos como dizem na minha terra podia dar o titula da materia ha um passo da cura ou cura fucional mais cura ainda nao, estao pesquisando tomara que estejam certos os cientistas que deus ilumine o caminho deles.

  • Leula:

    Otima noticia quase todos da família do meu esposo são diabeticos tipo 2;e minha netinha ficou tbém só que tipo1,com 2 anos e 9 meses; hoje ela tem 13 aninhos …Rezo incansavelmente para que os estudiosos sejam iluminados pra descubrirem a cura o mais breve possivel.

  • Mario Benedito Justino Júnior:

    Olá bom dia, ótima noticia gostaria de me candidatar a ser usado nas esperiencias, se puderem me indicar agradeço.Sou diabético tipo 2 a quinze anos

Deixe seu comentário!