As principais causas de divórcio

Por , em 13.09.2011

A infidelidade já não é mais a principal causa de divórcio entre os casais do Reino Unido. Uma nova pesquisa mostrou que agora, o maior número de separações (27%) acontece quando os casais afirmam que o amor entre eles simplesmente acabou.

As principais causas de divórcio

As traições, que sempre apareceram como o principal motivo de divórcios em pesquisas do gênero, iniciadas em 2003, foram indicadas como a segunda razão das separações, motivando 25% delas. A diferença entre os dois motivos que afasta os casais é modesto, mas mostra uma grande mudança no estilo de vida dos britânicos, que especialistas ainda estão tentando explicar.

“Estamos vendo um número crescente de celebridades aceitando supostos casos extraconjugais em seus casamentos ou relações. Isso pode estar começando a ter efeito no comportamento de casais, com mais casamentos sobrevivendo a uma crise de infidelidade”, afirma Louisa Plumb, uma das diretoras da pesquisa.

Em contrapartida, alguns especialistas descartam a hipótese da influência das celebridades nos relacionamentos. Enquanto no passado casos extraconjugais eram sinal de que havia alguma coisa andando errado na relação, agora isso não é visto necessariamente dessa maneira. A traição pode não ser mais a faísca que acaba com relacionamentos.

É possível que a tolerância quanto à infidelidade tenha crescido ao longo do tempo, e que os casais estejam enxergando isso como algo com a qual eles podem lidar.

Mas enquanto celebridades britânicas mostram que a traição não é o pior que pode acontecer, ninguém mais parece disposto a viver em um relacionamento infeliz. Para muitas pessoas, pode parecer mais amedrontador se separar gradualmente do cônjuge e ver o amor se acabar aos poucos do que descobrir que ele está se encontrando secretamente com outra pessoa. [Jezebel]

Você também pode gostar desses artigos:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

3 comentários

  • wykimel mazur:

    Sem duvida o tempo passa e a rotina acaba com o relacionamento, e não a jeitinho que faça sentir arrepios novamente, se chega até a pensar que o problema é com a gente mas não é, basta arrumar uma nova pessoa que exista quimica. Se é certo ou errado isso ja é um outro assunto, isso não quer dizer que voce esta preparada (o) para uma separação, Abrçs

  • Ezio José:

    Quando a tesão acaba e a falta de dinheiro acompanha a situação; não há relacionamento que persista em prosseguir. Como disse o internauta Carlos, a principal causa do divórcio é o dinheiro. Reamente é, não tem como contestá-lo.
    Os casamentos acontecem por dois motivos que não são o amor. Primeiro porque uma das partes, principalmente o homem, for bem estabelecido financeiramente; segundo, pela beleza e essa vale para os dois gêneros.
    Amor, Dinheiro, Beleza e Tesão se desgastam com o mal uso num certo período.
    A traição pode acontecer na falta de qualquer um desses casos, independentemente. O divórcio só acontecerá quando os extremos chegam ao limite.

  • Carlos:

    A principal causa de divórcio é dinheiro. A mulher suporta chifre, suporta maus tratos, algumas suportam até agressão (já notaram que não se vê mulher de rico dando queixa de agressão?), o que uma mulher não suporta é o cara quebrar… Daí não adianta o cara ser gentil, fiel, honesto… Já vi inúmeros divórcios por conta disso.

Deixe seu comentário!