Drones usam mísseis com lâminas para atacar alvos terroristas

Por , em 10.05.2019

Os Estados Unidos têm usado um míssil diferente recentemente, para minimizar danos a pessoas inocentes que estão na hora errada e no lugar errado, segundo o Wall Street Journal. Eles estão substituindo explosivos de mísseis por seis lâminas longas.

O míssil R9X, também chamado do “bomba ninja”, lança seis lâminas momentos antes do impacto para atravessar praticamente qualquer obstáculo físico que pode estar protegendo seu alvo humano. Essas lâminas atravessam veículos e prédios. O objetivo é atingir líderes terroristas sem impactar pessoas inocentes que estejam na região.

Este míssil já foi usado seis vezes, sendo que uma delas foi para atingir um membro importante da al-Qaeda, Ahma Hasan Abu Khayr al-Masri, em fevereiro de 2017, na Síria. Seu sedan Kia ficou supreendentemente intacto depois do ataque, considerando que ele havia sido atingido por um míssil. Ele tinha um furo no teto, sem sinais de explosão.

EUA e Rússia armazenam armas nucleares para uma guerra diferente

Outra bomba ninja foi usada em janeiro de 2019 contra um dos responsáveis pelo ataque com bomba no navio da marinha americano USS Cole em 2000, que matou 17 marinheiros e feriu 40. Elas foram usadas até agora na Líbia, Síria, Iraque, Iêmen e Somália.

Esse tipo de míssil é resultado da exigência do então presidente americano Barack Obama em 2011 de que nenhum civil inocente fosse ferido ou morto por estar perto de um alvo terrorista fora de zonas de guerra.

Este novo míssil não havia sido mencionado publicamente até esta semana. Por enquanto a CIA e o Pentágono não estão comentando a divulgação desta informação. [Engadget, The Wall Street Journal, Gizmodo]

Esta nova arma nuclear pode atingir qualquer lugar do mundo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (34 votos, média: 4,71 de 5)

Deixe seu comentário!