O que aconteceria se a Terra fosse realmente plana?

Por , em 28.11.2019

O mundo é redondo e todo mundo sabe disso há milhares de anos.

Como se não bastasse toda a evidência científica (e até fotográfica, depois que os primeiros satélites foram lançados), no entanto, um grupo de pessoas (que bizarramente tem crescido e ficado mais popular nos últimos tempos) insiste em não “acreditar” no que elas chamam de “conspiração”. Para os chamados terraplanistas, o planeta é na verdade plano.

Da próxima vez que você se deparar com uma dessas curiosas criaturas, dê a ela a resposta que merece: “se a Terra fosse mesmo plana, querida, você não estaria viva”.

Gravidade = planetas esféricos

Desde a década de 1850 sabemos que planetas planos são impossíveis. Foi nesse período que o astrônomo James Clerk Maxwell demonstrou matematicamente que um planeta em formato de disco não é estável no cosmos.

De acordo com o cientista planetário David Stevenson, do Instituto de Tecnologia da Califórnia (EUA), se a Terra fosse um disco chato ao invés de uma esfera, teria que girar muito rápido, o que a rasgaria em milhões de partículas.

A gravidade puxa os objetos igualmente de todos os lados, o que explica por que os planetas são esferas (ou quase isso). Sob as condições reais de gravidade, é simplesmente impraticável existir um planeta plano.

E, sem gravidade, não teríamos atmosfera, marés e nem mesmo a lua. Aliás, não teríamos a estrutura de camadas da Terra (crosta, manto e núcleo). As placas tectônicas também não funcionariam. Ou seja, nada existiria, muito menos os seres humanos.

Uma teoria x um monte de informações aleatórias

Um terraplanista, ao tentar defender sua ideia, vai provavelmente soltar um monte de asneiras nada científicas como “explicações alternativas” para as nossas observações do mundo real.

O problema é que elas muitas vezes parecem sérias – frequentemente envolvem escolhas aleatórias de hipóteses científicas reais aplicadas a fenômenos diferentes.

Por exemplo, sabemos que tanto a Terra quanto a lua são esféricas por causa da gravidade. Terraplanistas precisam inventar explicações diferentes e independentes para cada caso para comprovar sua teoria e, embora elas pareçam possíveis, são muitas vezes contraditórias. A ciência não funciona assim.

“Se pudermos explicar mil observações com uma teoria, uma teoria simples, é melhor do que explicar mil observações com mil teorias”, resume James Davis, geofísico da Universidade de Columbia (EUA).

Dito isso, é provável que alguém que realmente pense que a Terra é plana (e que portanto crê que milhares de cientistas do mundo todo estão envolvidos em uma conspiração maciça por absolutamente nenhum bom motivo) não vá dar bola para esse tipo de fato. Sendo esse o caso, se afaste; vai que é contagiante… [LiveScience]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

2 comentários

  • Jonatas Gonçalves:

    Acho engraçado o fato de vcs criticarem um modelo sem conhecer o mesmo… No modelo de terra plana (é um modelo e não teoria assim como o globo é um modelo).
    No modelo plano a “gravidade” não existe, esta força misteriosa que ninguém sabe o que é só funciona no globo mesmo.
    Fizeram um teste numa câmara sem ar nesse vídeo: https://youtu.be/JcmqfzGFhqQ e o interessante é o fato que se tira o ar a gravidade deixa de exercer sua força, afinal o princípio da gravidade diz que opbjetos com maior massa são atraidos com maior força, mas sem a resistência do ar isso não acontece … Logo é duvidoso…

    Mas no modelo plano não existe gravidade e sim as coisas sobem e descem de acordo com sua densidade, um balão de hélio que sobe aos céus desafia a gravidade? Todo meio científico concorda que a gravidade não é a única explicação para as coisas caírem ou subirem…

    Se o espaço é um vácuo, como ele não puxa nossa atmosfera? A gravidade segura ela? Como a gravidade exerce tanta força para manter as coisas, os imensos oceanos, tanta força segurando tudo isso e não somos esmagados por essa força misteriosa…

    Talvez se vc conhecer o modelo plano e como as coisas funcionam nele de forma séria e não nos vídeos zoeiras do YouTube, talvez sua crítica seria mais um debate e não somente uma ridicularização…

    Muitos cientistas sérios já discutem o assunto, basta ler o Livro Ciência e Mito ou Enigma Quântico para perceber que dificilmente o Heliocentrismo resiste mais 10 anos…

    • Cesar Grossmann:

      1. Você não entendeu o vídeo. Os objetos estão caindo, ou seja, TEM GRAVIDADE PUXANDO ELES PARA BAIXO. Além disso, a filmagem é em câmera lenta. Sério que você não notou que o vídeo mostra que, sem ar, as penas caem junto com a bola de boliche? Olha o impacto da bola no solo, é o mesmo antes e depois de tirar o ar da câmara de vácuo. Se não houvesse gravidade, assim que os objetos fossem soltos, eles continuariam onde estavam, flutuando no vácuo. MAS NÃO É O QUE ACONTECE. Outra coisa, com mais massa a força de atração é maior, mas como a massa do corpo é maior também, a aceleração é a mesma que para um corpo com menos massa, menos força. Por isto as penas e a bola caem juntas, sofrem a mesma aceleração da gravidade, mas não tem o ar para atrapalhar as penas. Credo, isso é tão básico, tua escola falhou contigo ou você estava dormindo em sala de aula…

      2. A densidade não move camadas de ar, elas se movem por causa da impulsão ou empuxo hidrodinâmico. Sem gravidade, não tem empuxo e não tem movimento em qualquer direção. Por isso as bolhas de gás não saem de dentro da bolha de refrigerante na Estação Espacial Internacional, em microgravidade não tem empuxo diferencial.

      3. O vácuo do espaço não “suga” a atmosfera porque ela é mantida em torno do planeta por causa da gravidade. Gravidade mais fraca, como a da Lua, ou do planeta Mercúrio, não consegue manter uam atmosfera.

      4. Por que seríamos “esmagados” pela gravidade? Um corpo imenso como um oceano naturalmente sofre mais ação da gravidade que um corpo menor: a força da gravidade é proporcional ao produto das massas. Uma massa menor implica em uma força menor.

      5. O Heliocentrismo, a hipótese de que o Sol é o centro do Universo, já foi desbancado faz muito tempo. A Teoria da Relatividade, que já foi comprovada, e o Big Bang, que já foi comprovado, não admitem um “centro do Universo”. Você está muito defasado nos teus conhecimentos. Sem falar na interpretação de vídeos… Finalmente, os cientistas podem estar errados. Inclusive o cientista que escreveu os livros que você recomenda.

Deixe seu comentário!