Elefante morto esmaga até a morte caçador famoso em Zimbábue

Theunis Botha, de 51 anos, era muito conhecido no círculo dos caçadores de animais africanos e de ativistas de proteção animal. Sua última caçada acabou de forma muito trágica. O homem guiava um grupo de caçadores na região de Gwai, no Zimbábue, quando avistou uma manada de elefantes em acasalamento.

Ao perceber o perigo, três dos animais atacaram os caçadores, e Botha começou a atirar neles. O que ele não viu foi uma quarta elefanta vindo pela sua lateral. Esta elefanta levantou o caçador com a tromba e outro caçador atirou nela, matando-a. Quando caiu, o caçador acabou embaixo de seu pesado corpo, e morreu esmagado.

Theunis era nascido em Johanesburgo, na África do Sul, e frequentemente viajava aos Estados Unidos em busca de clientes endinheirados para guiar em caçadas na África. Ele foi pioneiro em levar para o sul do continente um sistema de caça europeu que usa cães para assustar antílopes e javalis em direção aos caçadores, e só então abrir fogo. [Bored Panda]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (24 votos, média: 4,88 de 5)
Curta no Facebook:

8 respostas para “Elefante morto esmaga até a morte caçador famoso em Zimbábue”

Deixe uma resposta