Esse anfíbio passou sete anos sem sair do lugar

Por , em 4.02.2020

Existem diversas espécies de salamandra que vivem por muito tempo. Entre esses anfíbios que vivem muito, tem um que se destaca, o olm ou proteus, da espécie Proteus anguinus. O proteus é um anfíbio cego que vive em águas subterrâneas.

Essas salamandras podem viver cem anos. O proteus já havia sido estudado em laboratório, mas foi pouco observado em seu habitat natural. Já se sabia que esses anfíbios se moviam pouco.

Mas agora, ao documentar o movimento deles em sistema de cavernas em região Oriental da Herzegovina, os pesquisadores confirmaram que a espécie pode se mover menos de dez metros durante uma década.

O destaque ficou por conta de um dos indivíduos, que não se moveu por sete anos. A equipe de cientistas foi liderada por Gergely Balázs da Eötvös Loránd University.

Os proteus não são indivíduos gregários, não têm predadores e podem ficar sem se alimentar por anos. O cardápio escasso é composto por pequenos crustáceos e, ocasionalmente, insetos. Além disso, proteus são cegos e vivem na escuridão total na água.

O que faz com que esses animais se movam é o momento de reproduzir, mas isso pode acontecer cerca de uma vez a cada 12,5 anos.

Sair do laboratório

Os movimentos dos proteus foram acompanhados por oito anos. De acordo com o estudo, a biologia de espécies que habitam cavernas é pouco estudada por causa da logística. A maior parte dos estudos sobre proteus é realizada em laboratório. Isso representa falta de informações biológicas de populações vivendo em seus habitats naturais.

Os ecossistemas de cavernas aquáticas são importantes para ecologistas evolucionários, como um sistema que recebeu pouca atenção. Também é importante olhar como um habitat único e vulnerável. Além disso, é preciso compreender melhor os benefícios ecológicos desse ecossistema para além das cavernas, incluindo o acesso das pessoas à água fresca, destaca o estudo. [Independent, Journal of Zoology]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (30 votos, média: 4,80 de 5)

Deixe seu comentário!