Estaria o suspeito de entregar documentos confidenciais dos EUA para o Wikileaks sendo torturado?

Por , em 10.01.2011

Durante os últimos cinco meses, Bradley Manning, do exército americano, passou 23 horas por dia em confinamento na prisão militar da Base dos Fuzileiros Navais em Quantico, Virgínia, EUA, como punição por supostamente entregar documentos secretos para o site Wikileaks.

Agora, Bradley terá de sair do confinamento para uma avaliação mental. Mesmo antes do exame, um médico já havia dito que o castigo era uma tortura cruel. Embora nenhuma data tenha sido definida para sua avaliação, o exército americano convocou um conselho especial para testar o seu estado mental.

O exército alega que Manning está sendo tratado humanamente, mas alguns cientistas vêem as condições privadas de vida como uma forma de tortura. Eles publicaram um artigo em agosto de 2010, na qual compararam a evidência médica do que o isolamento prolongado faz com as pessoas com análises clínicas de advogados especialistas na definição de tortura.

Os cientistas concluíram que o confinamento provoca danos psicológicos compatíveis com a tortura. A fim de ser juridicamente classificado como tortura, entretanto, a intenção deve ser comprovada. Para casos como o de Bradley, a intenção não é óbvia. Em vez disso, essa é normalmente referida como tratamento cruel, desumano e degradante.

A razão tipicamente dada para o uso confinamento em um caso como o de Bradley é que essa é a forma mais segura de lidar com certos detidos ou presos. Os cientistas discordam do argumento.

Eles acreditam que você pode manter alguém alojado no que tradicionalmente pode ser considerada uma configuração de segurança máxima, sem esses elementos de isolamento extremo e de privação sensorial. Ainda assim, o isolamento é usado em muitas prisões em vários países.

Os pesquisadores acreditam que as consequências de passar 23 horas por dia em uma cela muito pequena com luz natural limitada podem ser significativas, e levar à ansiedade, depressão, desorientação e, certamente, distúrbios do pensamento, incluindo pensamentos psicóticos.

Outros especialistas concordam que as consequências podem ser graves, e afirmam que elas dependem das circunstâncias e da pessoa.

Algumas pessoas vivenciam o “pânico de isolamento”, um ataque de pânico ou ansiedade severa depois de breves períodos de isolamento. Para outros, os efeitos a longo prazo do isolamento são mais problemáticos. Muitas pessoas começam a perder o sentido próprio, a capacidade de controlar seu estado emocional, tornam-se letárgicas e deprimidas, têm dificuldade de concentração, e começam a adaptar-se tão profundamente a viver sem nenhum contato que não ficam mais confortáveis em torno de pessoas no futuro. [LiveScience]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

6 comentários

  • José Calasans.:

    Os pais,irmãos e parentes desse rapaz não faz nada para defende-lo?.Esses abusos tem que ser combatido.Se fosse um parente meu eu denuciava.

  • lucas R. barros:

    se eu pegar e deixar meu irmao preso no quarto, eu simplismente torturei ele, por que deixei ele sem contato com o mundo, mais se os americanos pegam um cara e deixarm ele preso sem contato com a humanidade, eles simplismente estao “aplicando a lei”.

    concerteza eu nao queria ser esse cara, concerteza vc sozinho ja viu que e muito angustiante ficar sem fazer nada o tempo todo, se ele escapar bem de la eu vo considerar ele um heroi.

  • cpuvirtual:

    É!

    Alguns segredos militares pedem um confinamento terrível da mente, como este soldado não manteve sua mente confinada ao processo militar, o alto comando resolveu demonstrar para ele na prática o que ele deveria ter feito consigo próprio, ser um falso herói!
    Alvejar civis, sem ter provas de que eram terroristas, configura-se como crime de guerra, mas está ainda para nascer uma nação justa, que leverá os criminosos de guerra para a corte internacional.
    Não é preciso dizer que a destruição da noção de tempo e do espaço de uma mente é a condição inicial para a instalação de diversas patologias mentais, que vão da esquisofrenia, passando pela psicose e indo até a perda completa do senso de avaliação dos valores necessários para conviver em sociedades humanas.
    Se ele conseguir se sair bem desse episódio, com certeza mudará de país.Façam suas apostas!

  • Breja:

    Até onde sabemos foi somente o Isolamento!!!
    Agora será que não fizeram uso de drogas para que revelasse a verdade, pressão psicologia, choques eletricos, fora outros..coisas que a midia não fala para não sofrer repressaria!!

  • andrew:

    Meio obvio que iriam fazer isso.

  • David:

    Puts, deve ser horrível ficar confinado em um espaço minusculo desses, eu piraria rapidinho.

Deixe seu comentário!