Estas fotos da Terra nascendo na lua são reais

Por , em 13.10.2016
A Terra afunda em direção ao horizonte lunar nessa imagem feita em 2008.

A Terra afunda em direção ao horizonte lunar nessa imagem feita em 2008.

A agência espacial japonesa divulgou esta semana todas as imagens digitais capturadas por sua sonda lunar Kaguya durante sua missão de dois anos. Algumas nunca tinham sido vistas pelo público.

Kaguya foi lançada em 2007 carregando duas câmeras de TV de alta definição. Em 2009, ela foi arremessada em direção ao satélite natural para ser destruída.

As fotos que a sonda tirou da lua, com a Terra de coadjuvante, são de tirar o fôlego.

A lenda

Kaguya é o nome de uma princesa de uma lenda japonesa que remonta ao século 10. Conta a história de uma estranha e bonita menina, descoberta por um cortador de bambu e criada como sua filha. No fim das contas, a garota é um ser celestial da lua e acaba por voltar para o seu povo.

Apropriadamente, muitas das imagens da sonda espacial capturaram vistas notáveis da Terra a partir da lua, incluindo nosso planeta brilhando como um crescente contra a escuridão do espaço.

Uma lente lança cores em uma Terra crescente vista da lua.

Uma lente lança cores em uma Terra crescente vista da lua.

Descobertas

Além das câmeras HD, Kaguya possuía um conjunto de instrumentos concebidos para estudar a composição e estrutura da lua, ajudando os cientistas a determinar a formação do satélite e quais recursos estariam disponíveis por lá para futuras missões humanas.

Por exemplo, imagens do misterioso lado mais distante da lua revelaram vulcanismo muito mais jovem do que o esperado, sugerindo que o satélite foi geologicamente ativo por muito mais tempo do que os cientistas pensavam.

O lado iluminado da Terra brilha como uma bola de gude azul sobre a planície lunar.

O lado iluminado da Terra brilha como uma bola de gude azul sobre a planície lunar.

Kaguya ainda capturou uma foto de um buraco que pode levar a um tubo de lava subterrâneo. Tais estruturas são consideradas locais ideais para construir bases em mundos distantes como a lua e Marte, porque cavernas naturais oferecem proteção contra a radiação cósmica.

Os dados de Kaguya também revelaram um perigo potencial para futuros visitantes lunares: um forte campo elétrico que se forma perto da superfície na época de lua cheia, quando a esfera lunar oscila através da “cauda” magnética da Terra. [NatGeo]

A Terra paira acima de crateras lunares sombreadas.

A Terra paira acima de crateras lunares sombreadas.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (12 votos, média: 4,67 de 5)

3 comentários

Deixe seu comentário!