O desastre japonês foi causado pela aproximação lunar?

Por , em 13.03.2011

Semana passada, publicamos um artigo sobre o possível apocalipse lunar, uma série de desastres naturais que seria causada pela aproximação da Lua. No artigo, dizíamos que se algum desastre acontecesse, seria por coincidência e não pela aproximação da Lua.

Como coincidência o mundo testemunhou um grande terremoto, seguido de uma tsunami, no Japão. Agora cabe a nós explicar por que esse desastre não teve nada a ver com a aproximação da Lua.

De acordo com o geofísico John Bellini, o perigeu da Lua só irá acontecer no dia 19 de março, quando o satélite estiver em seu ponto mais próximo com a Terra e quando estiver na fase de Lua Cheia. Se o desastre fosse causado pela aproximação lunar ele não teria acontecido anteriormente, e sim no dia 19, quando a força gravitacional exercida no planeta é maior.

Mas o terremoto japonês aconteceu uma semana antes desse fenômeno, com o Sol e a Lua desalinhados (quando as forças gravitacionais e de maré estão mais fracas). Basicamente, culpar a aproximação lunar pelo terremoto é culpar um suspeito que, comprovadamente, não estava na cidade na hora do crime.

A grande maioria de terremotos, tsunamis e outros eventos do tipo que testemunhamos não pôde ser relacionada com eventos lunares – de acordo com Bellini, um terremoto como o do Japão é algo que se “prepara” por centenas de anos para acontecer e não pode ser influenciado por um movimento repentino da Lua. [LifesLittleMysteries]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

16 comentários

  • silvio:

    acho uma tremenda loucura culpar alua por tudo que aconteceu nao estamos livres de catastrofesseja terremotos ou outros, e nem dizer que esta na biblia porque deus não é humano ou seja ignorante como nos que destrimos nossos proprio quintal ou seja a terra, o japão esta em um ponto cchamado anel de fogo,no meio de placas tectonicas e Deus ta muito ocupado para ficar pensando em destruir a sua criaçao

  • nathy:

    Na bíblia fala desses acontecimentos…

  • Diego Bitencourt Contezini:

    Olá pessoal.

    Realmente, me parece que a lua tem muito pouco haver.
    Encontrei na WEB outro artigo do Instituto Bulgaro de Pesquisa Espacial que fala sobre a relação com os eventos solares que me pareceu relacionar sim com a atividade Solar.

    @CESAR: Vale uma resposta tua sobre o artigo.. com um pouco mais de “know-how”? 🙂

    O artigo:

    http://fedgeno.com/documents/on-the-relation-between-solar-activity-and-seismicity.pdf

    Abraço a todos!!!

    Diego

  • karina:

    eu qr que deus abençoe muita gente do japão do toquio de todos os brasil eu so qr dizer que se eu pode-se ir ate ai para salva todos vc eu ia mais eu nao sou o dono do mundo quem faz isso e deus mais eu sou karina e to mandado isso pra vcs a minha rua nao e assim mais se deus quezer a rua eu nao vou dizer a rua de vcs eu vou dizer o planeta terra thal pra vcs que deus abençoe de hoje e sempres…..

  • Brenda:

    Eu acho que o Cesar é o cara mais popular do site.

    Eu entendo mais o que ele diz do que a matéria em si.

  • Katarina:

    Tudo bem César, só que, apenas o terremoto deslocou o eixo da Terra do lugar em 10 cm.
    10 cm também não parece nada, não estou dizendo que foi culpa da Lua mas em termos astronômicos 5% de qualquer medida é sempre violento para nós humanos se considerarmos nossa escala de tamanho, perante o universo.

  • prego mestre:

    a menos que venham mais desastres naturais kabulosos e piores que esses até o dia 19 de março…

  • carmem oliveira:

    A ta tem sempre que ter um culpado i agora nada nada menos que nosso inocente e maravilhoso satelite simplesmente acho que o planeta esta so se redecorando ou se vingando dos humanos que se acha no direito de tirar todos os recursos e o que ele ganha em troca so poluiçao e imundice afinal lembre-se nem relogio trabalha de graça.

  • icaro:

    Cesar voçê tá em todas né.

  • Cesar:

    Todos os meses a Lua passa pelo Apogeu e Perigeu de sua órbita, variando a força de atração gravitacional em cerca de 20%. No dia 19, com a aproximação maior, a força de atração lunar será 5% maior que em outros perigeus. Até aí tudo bem, qualquer um que tenha a equação da força gravitacional de Newton e os dados de perigeu e apogeu da Lua pode calcular. Mas uma força 5% maior no perigeu é realmente muito ou pouco?

    A resposta é que é pouco. A força de atração da Lua sobre a Terra é pequena, e uma diferença de 5% é nada.

    Mas se alguém tem alguma dúvida existe um caminho simples: consiga dados sobre todos os terremotos que ocorreram em um determinado período (quanto maior o período, mais confiáveis as conclusões a que se pode chegar) e relacione com a distância com que a Lua estava no momento em que aconteceu o tal terremoto.

    Meu chute é que as marés e não a presença da Lua no perigeu ou apogeu podem ter algum efeito de disparar terremotos, afinal de contas, logo abaixo do manto terrestre encontra-se uma camada plástica, que possivelmente sejam influenciadas pela maré. Mas é interessante notar que mesmo assim os terremotos são imprevisíveis. Ou seja, não adianta saber que terá maré em tal dia, isto não significa que terá terremoto (ou tsunami).

    Para quem quiser se aprofundar, aqui tem um trabalho que eu encontrei na Internet: http://www.springerlink.com/content/4ut8121v071p0223/

    Mas não sei se é o único trabalho na área, e nem como ele foi recebido pela comunidade científica (é padrão nas ciências os cientistas analisarem os trabalhos uns dos outros em busca de erros – ninguém quer que uma hipótese errada desde o berço seja aceita como provável).

  • icaro:

    pareço não levar a serio esse assunto, mas da primeira vez que vi Vênus na beira do mar, quando tinha 10 anos, e quem me mostrou foi a minha eterna tia Marta, que hoje está no céu. daí em diante não conseguir deixar de observar o céu, com 14 anos passei a virar madrugadas até entender como funcionava “gira” de fato. hoje tenho apenas 21 anos e com um belo telescópio. eu já vi várias conjunções e eclipses, mas não na noite e sim noite a noite e na minha opinião esse fenômeno não é somente da lua, são combinações de Júpiter e saturno, Vênus,Sol,Marte e um pouco de mercúrio. e só pra deixar mais claro a lua estava alcançando a fase crescente em Recife, que vi ligeiramente no fim de tarde sendo assim a lua estava na Ásia no momento do tremor. pode ser que sim ou não… bom, espero ter ajudado. e sempre acreditem em um doido. kkkkkkkk

  • Edilson Lima:

    Wel, a força gravitacional da lua, provoca somente o aumento das alturas e formação das ondas do mar.Que não passariam de um metro, no máxímo! Um fenomeo natural a milões de anos!

    De outro lado, jamais provocaria terremotos na escala hichert de 8.9! como a do Japão, Escala sismológica de magnitude de momento (MW) e teve epicentro 130 km a leste de Sendai, no mar e ao largo da costa oriental da Região de Tohoku, na ilha de Honshu, e a 700 km da capital, Tóquio. Trata-se do mais forte sismo a atingir o Japão nos últimos 140 anos. Ocorridos no dia 11 de março( sexta feira) de 2011.

    Agora, durante um eclipse solar, a umbra da Lua na Terra tem sempre menos que 270 km de largura. À diståncia da Lua, 384 mil km.

    Nenhum destes fenomeos, ainda não foram associados com terremotos. terrestres e do fundo dos mares.

  • O Holandês Voador:

    Mas há CERTEZA q não foi culpa da aproximação da lua?

    Isso não pode ser uma “prévia” de um desastre ainda maior no dia 19?

  • Shuu:

    Hmm…estranho eu lembro de ter lido um artigo aqui no hypscience, falando sobre o afastamento da lua em relação a terra. A explicações foi dada não lembro se era uma suposicão mas o motivo era a marer e sua força gravitacional de repulsão.
    Uma duvida ficou, ainda não li muito sobre o eclipse mas quanto tempo a lua ficarar proxima da terra?

  • Humberto:

    E eu ainda pensei na matéria da semana passada quando fiquei sabendo do terremoto.
    Coincidência mesmo!

  • Mochileiro:

    Bem acho que essa matéria esclarece aquilo que eu estava tentando explicar no artigo anterior. Meus mais sinceros parabéns a equipe do Hypescience por explicar o assunto: Obrigado!

Deixe seu comentário!