Estudo dá razões fisiológicas para ser vegetariano

Por , em 26.04.2011

Uma dieta livre de carne tem sido associada a riscos menores de contrair doenças do coração e diabetes. Uma nova pesquisa da Universidade Loma Linda, nos EUA, afirma que os vegetarianos têm índices menores em um conjunto de taxas: açúcar no sangue, gordura no sangue, pressão arterial, medida da cintura, e IMC (Índice de Massa Corporal). O único atributo relevante no qual isso não foi observado é o colesterol.

Estes itens estão diretamente ligados ao risco de diabetes e infarto, daí o risco. Mias de 700 adultos foram examinados. Os cálculos do estudo resultaram que, de cada 100 vegetarianos pesquisados, apenas 23 têm algum problema de saúde nesta área, contra 39 de cada 100 entre os “carnívoros”. O líder da pesquisa, Nico Rizzo, se mostrou surpreso: “Eu esperava que os vegetarianos levariam alguma vantagem, mas não imaginei que fosse tão grande”.

O primeiro passo da pesquisa foi fazer um questionário sobre hábitos alimentares. Neste ponto, dividiram os participantes em três grupos: vegetarianos, não-vegetarianos, e um grupo de semi-vegetarianos entre eles. Um dos indicadores de saúde mais eficazes, o IMC (Índice de Massa Corporal), colocou em 25.7 a média dos vegetarianos, quase 30 entre os que comem carne, e o número oscilou entre estes dois valores para os semi-vegetarianos. Um IMC acima de 25 é considerado como sobrepeso, e acima de 30 é obesidade. [Reuters]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

32 comentários

  • jose Senen de Alencar:

    O “Y” está mais que certo. Vi o link e achei correto.
    Li em alguns alfarrábios que nos animais carnívoros, o aparelho digestivo tem 3 vezes o comprimento do seu corpo, nos onívoros, (nós) aproximadamente 10 vezes e nos ruminantes 12 vezes. Quanto aos dentes, nós humanos temos 32, desses, apenas 4 são caninos, (digamos assim) aí a proporção seria 7 para 1, ou seja, se comêssemos 7 porções de vegetais e 1 de carne estaria equilibrado, segundo a Natureza, porém, não é assim nos churrascos,

  • Drica P:

    Ainda bem que sou vegetariana² ^^

  • Cleme:

    Consegui tratar infecções, inclusive ósseas, ao solicitar para que as pessoas acometidas parassem de comer proteínas animais, mas, por outro lado, quando a pessoa está realmente bem debilitada pode-se pensar em dar proteína animal, mas não necessariamente carne!

  • Peito Duro:

    Acho que a Tata só come batata. Porisso é desequilibrada. Viu o que dá????

  • laender:

    Meus caros comentaristas o problema do nosso mundo é exatamente as sete bilhões de boca para serem alimentadas. Tivesse nosso planeta apenas um ou dois bilhões de humanos, não haveria nenhum aquecimento global, fome, pobreza e doenças epidêmicas.Com a tecnologia atual e futura a vida seria um mar de rosas (na medida do possível e sem sobressaltos), A solução está no controle da natalidade e é a unica solução para os problemas da humanidade. Acordem governos, antes que seja tarde demais.

  • Fabio Souza:

    Peito Duro .. conhece Carl Lewis ? Um dos maiores atletas de todos os tempos ?

    VEGETARIANO

    Eu peso 94 kg .. tenho 8% de gordura no corpo e faz anos que como carne (orgânica) muito esporadicamente.

    É impressionante como as pessoas absorvem conceitos sem o mínimo embasamento científico. Ler não mata galera !

    • Peito Duro:

      E eu peso 101 kg, tenho 1,92 de altura. Tenho 9% de gordura corporal e como carne animal todos os dias. Mais ainda nos finais de semana.

    • Peito Duro:

      Já ouviu falar de anemia ferropriva??? É o diagnóstico para todos veganos.
      Vitamina B12 em vegetal???? Nem mesmo nas algas. O que existe são alimentos enriquecidos com pseudas B12.
      Só ler qualquer coisa que te apresentam não adianta. É preciso questionar e pesquisar. Alguns vegetarianos que consomem ovos e leite conseguem uma parcela da tão necessária vitamina B12.

  • Peito Duro:

    O homem é onívoro. Isso ninguém muda.
    Não conheço nehum vegetariano que espelhe saúde. Todos parecem anoréxicos. Sem nenhuma musculatura. Isso é saúde???

    • Y.:

      Sou vegetariana a 5 anos, e tenho uma saúde de ferro,nunca tive anemia ou qualquer outro tipo de doença.Vivo mais saudável hoje do que quando comia carne.
      A necessidade da Vitamina B-12 é pequena. A dose diária recomendada é de 2 microgramas (mcg), e os estudiosos acreditam que 1 mcg/dia pode ser suficiente.
      A deficiência é rara, já que nossos organismos normalmente armazenam suprimentos de B-12 para vários anos, conservando-a e reabsorvendo-a dos nossos resíduos.
      As fontes de B-12 incluem cereais enriquecidos, leite de soja enriquecido, suplementos e levedura nutritiva enriquecida.
      Só fica doente quem tem a incapacidade de absorver a b12 devido à deficiências enzimáticas.
      Os vegetarianos tem uma vida mais saudável, não é porque simplismente pararam de comer carne, mas é porque com o ato de parar de comer carne veio a preocupação com a saúde, e a busca por uma vida mais saudável.

  • Marte:

    A mãe natureza quase nunca se engana. Se era da vontade dela que nós humanos fossemos vegetarianos, não teríamos caninos.

    • Josan Ferreira:

      A mãe natureza não se engana ou ela muda de acordo com as suas necessidades? Poderíamos muito bem em uma determinada época remota sermos vegetarianos, e por algumas mudanças sejam elas quais forem, clímaticas, sociais e etc…Em alguma parte dessas mudanças começamos a comer carne, e como homem está em processo evolutivo constante poderia ser que os caninos começaram a aparecer justamente depois dessa introdução da carne na nossa dieta diária. É apenas uma teoria, se quiserem comentar fiquem a vontade.

      Uma grande abraço,
      Felidades hoje e sempre.
      Josan Ferreira

    • Y.:

      Meu caro, a constituição humana não é carnívora. Humanos não têm as características físicas e nem os instintos dos carnívoros que os levam a matar animais e devorar suas carcassas.
      Dentes, unhas e estrutura da mandíbula indicam que a natureza pretendeu que os seres humanos comessem baseados em uma dieta baseadas em plantas. Eles têm unhas muito menores e menos agressivas do que os animais carnívoros e dentes “caninos” ( caninos somente no nome… ) pateticamente menores. Em contraste, os carnívoros compartilham de garras afiadas e dentes caninos grandes capazes de cortar carne.
      Embora os humanos pensem que sejam e agem como carnívoros, não somos carnívoros naturais. Quando matamos os animais para comê-los, eles acabam nos matando porque sua carne, que contém colesterol e gordura saturada, não deveria ser ingerida por humanos, que são herbívoros naturais.

      Fonte:
      http://candeeiroverde.wordpress.com/2010/03/04/nao-somos-carnivoros/

  • PredadorXD:

    Sou bem mais uma picanha sangrando!!!

  • eduardo:

    Tb concordo com o Fábio… as doenças citadas pelos pesquisadores devem estar relacionadas à maneira como os animais são criados, como o uso de antibióticos e hormônios injetados nos animais…
    Por outro lado, devemos levar em consideração que as plantas criadas tendo como finalidade a alimentação, tb são alvejadas por produtos químicos, com o intuito de matar as pragas…

    E as tais doenças relacionadas pelos cientistas são relacionadas aos males da obesidade…

    Ficar sem comer carne tb pode provocar outras doenças…
    Pode afetar a produção de creatina, de testosterona e albulmina… dentre vitaminas essenciais ao funcionamento do organismo…

    E ainda, muitas doenças tb são relacionadas ao consumo de leguminosas e verduras… pois, se mal lavadas, podem carregar consigo vários tipos de bactérias…

    O grande problema nisso tudo é que a carne, sendo mais gostosa e imposta na nossa tradição (como o churrasco) é consumida indiscriminadamente… sendo as saladas como alimentos de segundo plano…

    Ou seja, o equilíbrio deve residir nos dois lados…

  • Fabio Souza:

    Cesar

    São necessários 18 quilos de vegetais para produzir um mísero quilo de carne, sem contar o fato que um acre que produza vegetais alimenta MUITO mais pessoas que um acre utilizado na produção de carne.
    Existe fome no mundo por causa das áreas gigantescas usadas para o gado, e as consequentes áreas para plantar a alimentação do mesmo. Sem contar as florestas que são dizimadas para a indústria prosperar.
    Carne (de qualquer tipo) deveria ser uma iguaria cara, e não base para a alimentação.

  • victor iturrriet:

    Ao Cesar:
    Gostei muito de seus comentários, muito bem elaborados e com uma clareza incrível. Entretanto eu discordo de algumas de suas afirmações.

    Vai um resumo do que acabei de pesquisar sobre ambas:

    Tanto a vitamina b12 quanto a colina podem ser encontradas na soja, entre outros tantos vegetais. é importante ressaltar que a colina encontrada na soja é livre de colesterol e mais bioativa( não sei explicar o que quer dizer).

    Fontes:

    B12
    http://www.todabiologia.com/saude/vitamina_b12.htm

    Colina
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Colina_(nutriente)
    http://sentirbem.uol.com.br/index.php?modulo=artigos&id=204&tipo=1

  • Cesar:

    Lucio

    Garantias não temos nenhuma, e, se pensar bem, o que estamos fazendo ao transferir código genético de uns seres para outros é coisa que a Natureza faz até hoje. Não encontraram outro dia DNA humano em bactérias? Existem vírus que fazem transferência “horizontal” de DNA, um trabalho da Dra. Margulis que foi muito criticado pelos cientistas na época que foi apresentado, mas que com novas pesquisas provou ser verdade.

    A verdade é que a transgenia já acontece agora, só que é feita de forma aleatória pela natureza. O que estamos fazendo em nossos laboratórios é tentar fazer o mesmo processo mas de forma a nos beneficiar.

    Como você apontou, ainda não é uma técnica segura, o código de DNA é incrivelmente complexo e ainda muito desconhecido, uma outra área de pesquisa fascinante para quem gosta de bioquímica, e um campo que ainda vai render muito prêmio Nobel. Mas acho que é o caminho. Podemos fazer com que o tomate produza colina e vitamina B12, ou podemos alterar alguma bactéria no nosso intestino para fazer estes prodtuos a partir de algum alimento que consumimos diariamente, ou até mesmo podemos alterar as células do nosso corpo para produzirem estes elementos, mas emal gum momento, se formos abandonar a fonte de nutrientes animal, teremos que produzir estes elementos de forma alternativa, ou nas plantas, ou no nosso intestino, ou em nós mesmos.

    É uma receita para o desastre? Possivelmente. Mas não fazer nada disso vai criar outros desastres…

  • Evandro:

    Cesar, B12 não é exclusivo de alimentos de origem animal. As leveduras são a maior fonte desta vitamina.

  • Evandro:

    Sou vegetariano há 8 anos, e esse negócio de falta de b12 é mais um mito, nunca conheci um caso. É coisa rara de quem se alimentam muito MUITO mal.

    Mas destaco nessa reportagem é a Universidade que fez o estudo, a cidade de Loma Linda é, se não me engano, a quem tem melhor IDH nos Estados Unidos, e maior expectativa de vida, e acho que é a cidade que tem mais expectativa de vida no mundo. Há uma reportagem do SBT com a Ana Paula sobre tal lugar. Boa parte da cidade é vegetariana e é praticamente lei praticar exercicios regularmente… entre tantos outros. Vale a pena conferir. Há forte presença de adventistas na cidade quais pregam o regime vegetariano.

  • Lucio:

    Cesar,

    Leio sempre seus comentários e o admiro, pela sua sobriedade nas suas colocações. Mas, quando voce diz: “A única solução possível são vegetais transgênicos, com capacidade de criar estes componentes”, vou ter que discordar. Não existem estudos suficientes para garantir que a manipulação genética não nos traga efeitos colaterais.
    Toda a mutação genetica que ocorreu na terra, aconteceu em periodo de milhoes de anos.Portanto nosso organismo foi se acostumando com as pequenas mudanças que ocorrerm nos nossos alimentos.

  • Carmen M:

    “Cesar: Fico me perguntando como é que vamos obter vitamina B12 e colina, entre outros elementos essenciais à nossa nutrição e que só são encontrados em produtos de origem animal. A única solução possível são vegetais transgênicos, com capacidade de criar estes componentes”

    Não é verdade, pesquise mais, todos os vegetais têm vitamina B12. Ela é criada pelas bactérias que existem na terra e os legumes captam-na. Mas com as lavagens de hoje em dia e o uso dos químicos que ‘tratam’ os legumes lava a maior parte da vitamina B12. Uma pessoa que tem o seu pedaço de terra e cultiva os seus próprios legumes não tem problema com vitamina B12.
    Além do mais, já ouvi falar de Beringela, cebola, ervilhas, cenouras, couve, tomates, cogumelos, avocado, nozes.

    http://www.living-foods.com/articles/b12issue.html

    Quanto à colina…

    “As fontes são gema do ovo, feijão, soja e semelhantes, lecitina de soja e outros.”

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Colina_%28nutriente%29

    Tenha uma boa tarde e um resto de uma boa pesquisa.

  • Ladislau Neto:

    Nossa! Super-inovadora essa notícia, hein?
    E nem sou vegetariano…
    O segredo é q vegetarianos TÊM q controlar sua alimentação pra obter todos os nutrientes de forma correta e por isso correm atrás de dietas saudáveis…
    Agora a maioria das pessoas q comem carne nunca conheceu o q é balancear os nutrientes…

    • Y.:

      E quem disse que os carnívoras não tem de fazer isso também?
      Só porque se come carne quer dizer que você tem tudo o que precisa?
      E onde fica a alimentação saudável?
      Ou você acha que só uma picanha resolve seu problema?

    • Y.:

      Meu caro, e quem disse que os carnívoros não tem que controlar sua alimentação?
      É só e picanha e pronto?
      Quem disse que por comerem carne eles tem tudo o que precisam?
      E onde fica a alimentação saudável?
      Você já foi em um churrasco vegan?
      Reparou na diferença entre um churrasco carnívoro e um vegetariano?

    • Y.:

      Comentário repetido, desculpem :S

  • Guilherme Euripedes:

    “Atualmente temos a carne orgânica, que é produzida através de animais criados em condições decentes e sem uso de químicas. Vejo esta como a única opção dos carnívoros que se importam com a saúde e sustentabilidade, pois a indústria comum é nefasta e causará vergonha à humanidade em um futuro não muito distante”

    @Fábio

    Você tocou no ponto acho que mais importante aí…Não me acho capaz de me tornar vegetariano, mas tenho vergonha de ser onívoro quando vejo o quão especista nos tornamos ao analisar a criação de animais para o abate. Não tenho problema em comer carne, mas a forma de criação dos animais e nefasta…Sua palavra foi perfeita.

    Além de saúde e sustentabilidade (que de fato não se encaixa nesse processo), deveríamos nos importar com os sentimentos dos animais.
    Recomendo dois documentários que serão capaz de mudar a vida de muitos aqui: “A carne é fraca” e “Earthlings – Terráqueos”.

  • Cesar:

    Fico me perguntando como é que vamos obter vitamina B12 e colina, entre outros elementos essenciais à nossa nutrição e que só são encontrados em produtos de origem animal. A única solução possível são vegetais transgênicos, com capacidade de criar estes componentes.

  • Cesar:

    Fábio Souza, na parte dos antibióticos você está certo, mas não dá para reverter para uma maneira “natural” de criar gado. Não existe tal coisa. E usar os métodos de 100 anos atrás vai causar fome, por que implica em métodos ineficientes, que consomem muito mais terra e recursos importantes do que os atuais. O que é necessário é o contrário, é um mergulho total em tecnologia. Temos 7 bilhões de bocas para alimentar, e ficar menos eficiente na hora de produzir é a pior coisa que podemos pensar em fazer.

  • Fabio Souza:

    O maior problema é que a carne atual é uma verdadeira porcaria. A Indústria da carne além de cruel, utiliza uma quantidade imensa de antibióticos e hormônios que são ingeridos por nosso organismo causando uma gama enorme de doenças.
    Antigamente, no tempo da vovó, isso não acontecia, pois os animais eram criados ao ar livre, de maneira mais natural.
    Atualmente temos a carne orgânica, que é produzida através de animais criados em condições decentes e sem uso de químicas. Vejo esta como a única opção dos carnívoros que se importam com a saúde e sustentabilidade, pois a indústria comum é nefasta e causará vergonha à humanidade em um futuro não muito distante

  • Alexandre:

    ainda bem que sou vegetariano =)

  • John:

    Isso fica sem comer carne pra ver aonde vão parar seus níveis de TESTOSTERONA…

Deixe seu comentário!