Falta de sono pode levar a ‘vida amargurada’

Por , em 9.02.2009

Quem tem problemas para dormir à noite tem mais chances de ficar insatisfeito com a vida posteriormente – de acordo com um estudo feito em irmãos gêmeos finlandeses.

Embora pesquisas anteriores tenham mostrado que, tanto a insatisfação quanto a insônia sejam problemas herdados dos pais, eles não têm as mesmas origens genéticas. Tina Paunio do Instituto Nacional de Saúde Pública de Helsinki, que conduziu os últimos estudos, afirma que a própria falta de sono pode afetar o humor, o cérebro e as emoções.

Alguns estudos já focaram a ligação entre uma boa noite de sono e o bem-estar psicológico. No entanto, nenhum pesquisou o relacionamento desses fatores em longo prazo. Para isso, a pesquisa finlandesa contou com a ajuda de 18,637 gêmeos idênticos em 1975 e, depois, compararam os resultados com as mesmas pessoas em 1981.

Em 75, 9% dos voluntários declararam estarem decepcionados com a vida, mas não reportaram alterações em seu padrão de sono. Em 81, as mesmas pessoas disseram que ainda não se sentiam bem emocionalmente, e, novamente, seu sono continuava inalterado.

Já as pessoas que disseram que não dormiam bem em 75, mesmo sem apresentar alterações emocionais, declararam estar decepcionadas com a vida em 81, depois de alguns anos de insônia.

Concluiu-se que a falta de sono pode levar à insatisfação, mas a insatisfação dificilmente leva à insônia.

Os pesquisadores compararam os gêmeos em diversos fatores, como consumo de drogas, problemas de saúde e nível de atividade física. No entanto, o único fator que triplicou a insatisfação emocional foi a falta de sono. [Reuters]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 2,00 de 5)

1 comentário

Deixe seu comentário!