Fotos: raro parto empelicado é registrado no Espírito Santo

Por , em 27.01.2020

A foto acima mostra o nascimento do pequeno Noah, registrado pela fotógrafa Jana Brasil em Vila Velha, no Espírito Santo.

O parto foi empelicado, o que significa que o bebê veio ao mundo ainda dentro do saco amniótico.

Se você achou estranho, não se preocupe: embora este tipo de nascimento seja bastante raro, a criança não corre perigo nenhum enquanto está no saco amniótico. Pelo contrário, está protegida.

Uma vez que ele não se rompe sozinho durante o trabalho de parto, precisa ser aberto depois pelo obstetra ou parteiro, momento em que o bebê finalmente toma seu primeiro fôlego.

Rei dos bebês empelicados

As imagens de Noah envolvido na membrana amniótica viralizaram depois de serem postadas nas redes sociais por Jana.

Embora partos empelicados só ocorram uma vez a cada 80.000 nascimentos, a fotógrafa já documentou três deles somente no Espírito Santo.

Todos foram conduzidos pelo ginecologista e obstetra Rafael Baggieri, que tem sido chamado de “rei dos bebês empelicados” segundo o portal Catraca Livre.

O médico já era um sucesso nas redes sociais por sua simpatia, competência e pelo atendimento gratuito para mulheres de baixa renda na Grande Vitória. De acordo com a Folha Vitória, ele comanda um projeto que atende aproximadamente 20 grávidas todo mês desde 2013.

Uma das pacientes do profissional, Thalita Herrera de Alvarenga, possui um problema raro no sangue, o que tornava sua gravidez de risco. “Eu tinha muito medo do parto, pois era muito provável eu não sobreviver, mas a cada consulta eu ficava mais tranquila. É muito importante ter um médico humano, porque às vezes a pessoa não precisa de consulta, mas só de ouvir algumas palavras, sem aquela coisa mecânica”, contou à Folha Vitória. [CatracaLivre, FolhaVitória, JanaBrasil]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (31 votos, média: 4,81 de 5)

Deixe seu comentário!