Homens com traços de psicopatia são mais atraentes para as mulheres: estudo

Por , em 22.10.2019

Um estudo conduzido por Kristopher Brazil da Universidade Brock (Canadá) descobriu que homens com traços psicopáticos podem parecer mais atraentes para mulheres, embora apenas em um contexto de relacionamento de curto prazo.

Os achados sugerem que a psicopatia pode ter evoluído como uma forma de melhorar a taxa de reprodução da espécie.

A teoria

Brazil trabalhou em cima de resultados de estudos anteriores que haviam descoberto que homens com traços psicopáticos tinham mais parceiros sexuais, eram mais propensos a realizar suas fantasias sexuais, eram mais abertos a relações sexuais casuais e perdiam a virgindade mais cedo.

Uma das hipóteses de Brazil é de que psicopatas conseguem “fingir ser” exatamente aquilo que mulheres buscam, de forma que se tornam mais atraentes para elas – ainda que a curto prazo, uma vez que um relacionamento de longo prazo com uma pessoa com traços como estes é virtualmente impossível.

“Perguntamo-nos se no cenário de indivíduos que procuram um parceiro existem ‘imitadores’ sexuais e românticos que exibem não apenas uma máscara de sanidade, mas uma máscara atraente que enganosamente exibe qualidades atraentes desejáveis no mercado de relacionamentos”, escreveram Brazil e seus colegas pesquisadores em um artigo publicado na revista científica Evolutionary Psychology Science.

O experimento

46 participantes homens, todos estudantes universitários, gravaram vídeos participando de uma espécie de encontro romântico com uma pesquisadora, no qual respondiam perguntas como “o que você gosta de fazer em um primeiro encontro” e “o que você pensa que é mais importante em um relacionamento”.

Os mesmos participantes completaram questionários que avaliaram seus níveis de psicopatia, inteligência social e sexualidade social.

Em seguida, 108 mulheres assistiram aos vídeos e classificaram os homens por sua atratividade geral, por sua atratividade sexual e por sua autoconfiança, gerando uma pontuação única de “atração e desejo”.

As avaliações de atração das mulheres foram mais fortemente associadas a características psicopáticas de estilo de vida, incluindo desinibição, falta de responsabilidade e tendência a uma busca por emoções e sensações.

“Homens psicopatas têm um estilo de personalidade que os faz parecer atraentes para mulheres em encontros casuais. Isso pode ser porque eles são extremamente confiantes ou se sentem à vontade ou sabem exatamente o que dizer para chamar a atenção das mulheres”, Brazil comentou ao PsyPost. “Uma possibilidade é que [esses traços] façam os homens parecerem mais interessantes, empolgantes e divertidos para se envolver. Homens exibindo esses traços podem estar efetivamente sinalizando que são parceiros empolgantes e as mulheres podem estar respondendo com uma preferência por esses traços em um contexto de namoro de curto prazo”.

Ponto de vista evolucionário

Essa capacidade de atrair mulheres por tempo suficiente para fazer sexo pode ser vantajosa de um ponto de vista evolucionário.

“Mais pesquisas precisam ser feitas sobre isso, mas seja qual for o motivo, nossa pesquisa mostra que os traços psicopáticos certamente não parecem ser somente ‘desordens’, como as abordagens clínicas dominantes assumem. Há algo nesse estilo de personalidade que pode fornecer benefícios individuais”, escreveram os pesquisadores.

Obviamente, esses traços podem ajudar os homens apenas a curto prazo. Eventualmente, coisas como promessas não cumpridas e a impossibilidade de intimidade podem se revelar ruins para um relacionamento a longo prazo.

“Em virtude de ser psicopata, [uma pessoa] nunca se encaixa a longo prazo em um grupo social. As conexões com os outros são tênues e raramente alguém vai te apoiar quando realmente importa”, Brazil argumentou ao PsyPost. “Esses custos devem deixar claro que os benefícios potenciais de ‘investir’ em traços psicopáticos na juventude também terão consequências negativas”.

No futuro

As descobertas iniciais desta pesquisa podem ser utilizadas para uma melhor compreensão do fascínio da psicopatia na formação de relacionamentos.

Por exemplo, é conhecido que “presos com características mais psicopatas tentam com tenacidade (ou seja, estão preocupados com o sexo) e geralmente conseguem (ou seja, devem oferecer algumas qualidades atraentes, mesmo que falsas) seduzir funcionários da prisão, incluindo a equipe clínica supostamente equipada com as ferramentas certas para não serem subvertidos pela manipulação e charme que os homens psicopatas empregam”, concluiu Brazil. [BigThink]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (13 votos, média: 4,85 de 5)

Deixe seu comentário!