Leite integral é ruim para saúde como pensamos?

Por , em 28.01.2014

A filosofia da nutrição está mudando. Hoje sabemos que comer de forma saudável não é tão simples quanto evitar alimentos ricos em gordura – mas foi esse pensamento que deu a péssima reputação ao leite integral.

Reputação que ele não merece. Segundo uma coleção de pesquisas sobre o assunto, o leite integral não precisa ser substituído pelo semidesnatado ou desnatado.

Leite integral não é tão ruim quanto você pensa

A nutrição é uma ciência individual. O que funciona para muitas pessoas pode não funcionar para você. A fim de se certificar de que sua dieta é saudável, você deve conversar com o seu médico ou um nutricionista e descobrir o que é melhor no seu caso específico.
Dito isto, há uma série de estudos que apontam para a ideia de que o leite com alto teor de gordura pode fazer muito bem.

Do outro lado do espectro, foi sugerido que leite com baixo teor de ou sem gordura pode ajudar a reduzir o risco de osteoporose e diabetes tipo 2, atrasar a menopausa natural e até mesmo reduzir o risco de pressão arterial elevada. Como contém menos calorias, é muitas vezes apontado como um auxiliar na perda de peso.

Mas nem todos concordam.

O leite desnatado realmente tem menos calorias, mas o integral pode ser mais eficaz para a perda de peso a longo prazo. Críticos argumentam que o apoio aos leites semi e desnatado nos EUA é influenciado pela indústria de laticínios americana.

A comunidade científica na verdade mostra uma associação entre o leite desnatado e ganho de peso, particularmente em crianças – a teoria atual é de que o consumo de leite com maior teor de gordura deixa as pessoas mais saciadas por mais tempo, de forma que elas comem menos de outros alimentos.

Além disso, a gordura do leite pode dar ao sistema imunológico e ao metabolismo um impulso, sendo uma fonte de benefícios fisiológicos. Por exemplo, os nutrientes encontrados no leite integral podem diminuir o risco de infertilidade nas mulheres, reduzir a possibilidade de câncer colo-retal para os homens e até mesmo ajudar a construir músculos em todo o corpo.

Em resumo, se o seu objetivo for ganhar peso saudável, construir músculos, dar combustível a seu corpo para exercícios físicos ou obter todos os nutrientes na sua forma provavelmente mais natural, o leite integral é a melhor escolha. No entanto, se você estiver em uma dieta restritiva acompanhada por um profissional de saúde e já estiver recebendo gordura em outras partes de suas refeições, é possível obter muitos dos benefícios nutricionais do leite integral bebendo leite com baixo teor de gordura e fortificado.

Não importa o tipo de leite que você beba, ele vem com mais de um terço da quantidade diária recomendada de cálcio, oito gramas de proteína e 12 gramas de carboidratos. Também inclui outras vitaminas e minerais benéficos para o corpo, como vitaminas D e B, potássio e fósforo. Mas o leite não é o único lugar em que você pode encontrar esses benefícios nutricionais, por isso, se você prefere não bebê-lo em forma alguma, existem outras opções como soja, arroz, amêndoa e coco. [LifeHacker]

Vote: 1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars

2 comentários

  • Elder Lehnsherr:

    Palestra do Dr. Lair Ribeiro sobre os prejuízos do leite e seus DERIVADOS à saúde.

    http://youtu.be/NYOeGQY0p98

  • Andre Zielasko:

    Olá, gostaria de saber se isso se refere ao leite industrializado (que passa pelo processo de UHT), o chamado leite longa vida. Porque li em outros artigos que estudos confirmam que o leite industrializado não tem mais as vitaminas e outros benefícios que necessitamos ao organismo, somente o leite vindo direto da vaca, é que teria esses itens ainda ativos. Além disso, tem médicos hoje dizendo que não temos, depois de adultos, enzimas para processar devidamente o cálcio do leite, o que causaria problemas de saúde,

Deixe seu comentário!