Robô gigante japonês luta contra robô gigante americano: vídeo

Por , em 26.10.2017

As lutas de robôs no cinema são muito legais e cheias de ação. Mas e na vida real? Finalmente vamos descobrir!

O Eagle Prime, robô da americana MegaBots, lutou contra o Kuratas, robô da japonesa Suidobashi.

É EUA vs. Japão na primeira batalha de robôs gigantes internacionais do mundo. Quem vencerá?

As regras do jogo

O vídeo começa com algumas entrevistas, mostrando as duas equipes e como o desafio foi lançado: foram os americanos que provocaram os japoneses.

Suidobashi aceitou a luta, com uma condição: o combate precisava ser mão-a-mão. Por conta disso, se passaram dois anos até que o Eagle Prime desenvolvesse a tecnologia para duelar especificamente contra o Kuratas.

E, como os japoneses só descem para o play se forem realmente brincar, Kuratas decidiu lutar duas vezes na mesma noite, contra dois robôs diferentes da MegaBots – o MkII Iron Glory, além do Eagle Prime.

Existem três maneiras de vencer a luta: nocauteando o robô adversário; desativando o robô adversário; ou com a rendição do piloto adversário.

Se você quiser assistir direto o vídeo das lutas, ele se encontra no final do artigo. Como está narrado em inglês, fizemos antes uma descrição das três rodadas.

Round 1

O Kuratas é menor do que os robôs americanos, mas muito mais rápido, e tem um punho de perfuração de meia tonelada. Já está sentindo a emoção?

A primeira rodada foi contra o MkII Iron Glory. Com seis toneladas e 24 cavalos de potência, ele é menos poderoso do que o Kuratas, além de menos veloz: atinge apenas 4 km/h. No entanto, pode lançar mísseis e bolas de canhão.

O Kuratas, por sua vez, pesa 6,5 toneladas, possui 87 cavalos de potência e atinge quase 30 km/h. Além do seu punho de ferro incrível, exibe uma metralhadora calibre 18 mm.

A primeira rodada nem tem graça: o Iron Glory levanta-se lentamente, enquanto o Kuratas avança a toda velocidade, desvia dos canhões adversários, e mata a luta com um soco poderoso e anticlimático. Nocaute em 10 segundos.

Round 2

O Eagle Prime é outra história. Com 12 toneladas, 430 cavalos de potência, uma velocidade máxima de 16 km/h e canhões de cano duplo, deve ser uma dificuldade muito maior para Kuratas, que começa a rodada se protegendo atrás de alguns barris enquanto Eagle Prime lança bolas de canhão em sua direção.

Kuratas lança um drone, que solta fumaça, mas não parece fazer nada. Eagle Prime derruba um carro no topo de uma pilha por algum motivo qualquer, e então os dois robôs finalmente ficam cara a cara.

Kuratas oferece o maior soco que pode, mas Eagle Prime aguenta a barra e agarra o japonês, atirando contra ele.

A luta se interrompe à medida que os robôs ficam presos. Uma pausa é feita para que as equipes possam separá-los, e trocar suas armas.

Round 3

Começa o terceiro round! Kuratas está novamente em uma posição defensiva. Eagle Prime voltou com uma motosserra no braço esquerdo.

Conforme os robôs se aproximam, Kuratas dispara sua metralhadora, enquanto Eagle Prime arranca um pedaço de andaime de uma armadura de iluminação, enviando luzes e faíscas para todos os cantos.

Eagle Prime gira o pedaço de andaime como se fosse acertar Kuratas, mas acaba derrubando-o.

Em combate próximo, os americanos usam agora a motosserra para rasgar a armadura de Kuratas em pedaços. A força de Eagle Prime começa a pressionar Kuratas para trás, levando junto um monte de equipamentos de iluminação e andaimes. É o caos.

O vencedor

Kuratas para completamente, e a vitória é anunciada: os americanos levam a melhor.

Assista o vídeo completo da luta, com entrevistas, abaixo: [NewAtlas]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (7 votos, média: 4,71 de 5)

1 comentário

  • Gustavo Arueira:

    É bom lembrar a todos que esta luta (vídeo) é fake. Foi esclarecido na net.

Deixe seu comentário!