Meditação aumenta a capacidade de atenção

Por , em 27.07.2010

Se você achava que os benefícios da meditação estavam limitados a encontrar a paz interior, um novo estudo da Universidade da Califórnia está aí para mostrar o contrário. Os pesquisadores iniciaram a pesquisa com a ideia de tirar do imaginário da população a ideia de que meditação é coisa para monges budistas isolados do mundo, e descobrir afinal o que há de positivo em fazer uma pessoa comum, que vive nas cidades, aderir à meditação.

Para tanto, recrutaram 30 voluntários que se isolaram em um retiro para meditação no estado do Colorado (EUA) enquanto outros 30 participantes seguiram vivendo normalmente no mesmo período, esperando sua vez, tendo suas vidas comparadas com as daqueles que meditavam. Três meses depois que o primeiro grupo terminou seu retiro, o segundo grupo passou pela mesma experiência. Os participantes chamados não eram exatamente iniciantes no assunto. Todos já haviam passado por pelo menos cinco sessões de meditação na vida, e a média de idade dos voluntários era de 49 anos.

Durante o retiro, que durou três meses, os participantes eram periodicamente levados a fazer um teste de concentração e raciocínio. O teste que pretendia medir a atenção era o seguinte: durante meia hora, os voluntários ficavam em frente a uma tela de computador onde apareciam linhas, que corriam através da tela na horizontal. As linhas tinham o mesmo tamanho, exceto por algumas menores. A missão dos participantes era apertar um botão o mais rapidamente quando vissem uma linha menor.

Conforme as semanas de meditação foram avançando, os participantes foram melhorando o desempenho no teste. Depois de sair do retiro, eles continuaram a ser testados com a mesma periodicidade. Até cinco meses depois do início do retiro, o desempenho seguiu aumentando, especialmente naqueles que conservaram o hábito de meditar mesmo depois de sair do isolamento.

Segundo um dos idealizadores do projeto, essa melhora foi observada porque a meditação nos ajuda a manter o foco em coisas das quais o cérebro normalmente quer se afastar. Nesse caso, foi aplicado um teste entediante, segundo as palavras do pesquisador (e vamos concordar: ficar observando linhas passarem por uma tela de computador deve ser realmente chato), e a meditação foi capaz de ajudá-los a manter a atenção. [Live Science]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 4,00 de 5)

4 comentários

  • Death_ToBarbie:

    É,concordo. eu medito, e tenho melhorado bastante na escola e todo tipo de atividade que requeira atenção.

  • António Deodato Batista Milhano:

    Sim concordo. A Meditação aumenta a capacidade do nosso cérebro

    em várias áreas, além da atenção. A. Deodato

  • Hagarth:

    Interessante mesmo, deu até vontade de começar a meditar para melhorar a concentração.

  • Sheik Ghalib:

    Interessante

Deixe seu comentário!