Minúscula relíquia cristã de 1,4 mil anos encontrada em Jerusalém

Por , em 1.11.2011

Uma minúscula caixa de 1,4 mil anos foi encontrada em uma escavação em Jerusalém. A relíquia é um símbolo da fé cristã, de acordo com arqueólogos israelenses.

A caixa, primorosamente confeccionada, foi esculpida a partir do osso de uma vaca, cavalo ou camelo e decorada com uma cruz na tampa. Ela mede apenas 2 por 1,5 centímetros.

O item foi feito provavelmente por um cristão no final do século 6. Quando a tampa é removida, são ainda visíveis os restos de dois retratos com detalhes em ouro. Um homem e uma mulher estão representados, possivelmente uma imagem de santos cristãos ou de Jesus e Maria.

A caixa foi encontrada fora dos muros da Cidade Antiga de Jerusalém nos restos de uma estrada que data da era bizantina. Descoberta há dois anos, a caixa foi tratada por especialistas e extensivamente pesquisada antes de ter sido revelada em uma conferência arqueológica na semana passada.

A relíquia é importante porque oferece a primeira evidência arqueológica de que o uso de ícones não se limitava às cerimônias da igreja na era bizantina. Parte de uma caixa semelhante foi encontrada há três décadas na Jordânia, mas esse é o exemplar mais preservado encontrado até agora. Ícones semelhantes ainda são feitos hoje por alguns cristãos, especialmente os das igrejas orientais ortodoxas. [MSN]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

13 comentários

  • Raton:

    Porque teria sido feita por um cristão? O que garante que a imagem gravada seria de santos cristãos ou de Jesus e Maria? Seria a cruz gravada na caixa um simbolo cristão para quem fez? Tem muita coisa dita, que poderia ser qualquer coisa, iclusive uma simples caixa de osso, onde estaria a figura de um homem e de uma mulher, tipo um porta retrato e mais nada. Tão viajando na maionese,e criando mais um objeto de adoração.

  • Mario:

    um homem e uma mulher, que bom.

    • Ezio Jose:

      Isso já diz que um casal se forma com duas pessoas de gêneros diferentes.

  • Marlon:

    Isso só mostra como os cristãos sempre usaram imagens.

    • Ezio José:

      Todas as religiões têm seus ícones para despertar o consciente coletivo ou individual. Podemos aproximar de qualquer uma destas: Cristianismo,, Judaismo, Islamismo, Zoroastrismo, Confucionismo, Taoismo, Xintoismo, Hinduismo, Siquismo e etc e vermos que sempre usam da simbologia para suas fés.

    • kika:

      Marlon se vc entendesse um pouco de religiões cristãs saberia que nem todas usam imagens ou símbolos para adoração.

    • Ezio Jose:

      Só tem uma religião cristã. Ademais, o que dizem religião são igrejas ligadas ao Cristianismo. Cristianismo é uma religião.

  • ALX:

    Imagem da primeira fotografia permanente do mundo feita por Nicéphore Niépce, em 1825. Como pode ser visivel retrato nisso do ano 600dc ?

    • Jarbas:

      Alguém avisa o ALX que retrato é uma imagem de uma pessoa, e pode ser feito em pedra, osso, madeira ou qualquer outro material. Leonardo da Vinci era um grande retratista. A Mona Liza é um retrato. Não tem nada a ver com fotografia.

  • Walrus:

    Cada achado é importante para formar a História. Qual seja a ciência ou linha de conhecimento lógico ou ideológico

  • Lucas Xavier:

    se uma caixinha é encontrada e escondida por 2 anos, imagina um disco voador e etc

    • joao:

      Nao sei porque tantos “nao gosto” a este comentário.. Os Lucas tem razão no que diz. Se uma caixa deste tamanho e sem nada de muito fascinante foi escondida durante tanto tempo.. Imaginem as coisas misteriosas que podem já ter sido descobertas e continuam ocultas ao publico…

    • Ezio José:

      É que a caixinha não suscita tantas controversias quanto um Disco Voador. A caixinha apenas vai contar uma história que não mudará a opinião de ninguém.
      Quanto ao Disco Voador? Dá muito pano pra mangas.

Deixe seu comentário!