Misterioso hexágono de Saturno é fotografado de perto

Por , em 24.01.2012

Acredite ou não, esse é o polo norte de Saturno. Ainda não se sabe ao certo como o estranho sistema hexagonal de nuvens foi criado, como continua assim, ou mesmo se vai durar muito tempo.

Visto pela primeira vez na década de 80, até agora não foi encontrado nada parecido em nosso sistema solar. Através de diversas imagens, foi possível criar esse vídeo, onde o centro foi excluído, já que não foi capturado de maneira adequada.

No vídeo, você pode ver muito movimentos inesperados das nuvens, como as que emanam das bordas do hexágono. Não é incrível que essa estrutura permaneça há quase 30 anos? Os cientistas planetários pretendem continuar a estudar essas formações, para talvez descobrir os por quês. [NASA]

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votos, média: 5,00 de 5)

34 comentários

  • Galmont Da Catalunya:

    Deveras, é um mistério!
    Mas quando for solucionado, todos as questões essenciais para nossa existência também serão. Quer dizer, talvez. Porque sempre estão os cientistas dizendo que tal ou tal descoberta cosmológica é muito importante, mas, até agora, nenhuma delas fez muita diferença para o homem desde que ele começou a olhar para as estrelas.
    Bem, mas como não temos nada melhor para fazer… Quer dizer, podemos nos embriagar! Isso mesmo, viva Baudelaire!

  • renato:

    Como sempre os babacas da nasa omitiram alguma coisa , esta mais do que na cara que eles estao escondendo algo tanto em saturno quanto em marte , se alguem engoliu o fato de que o rosto no vale de cydonia era apenas um jogo de luz e sombra ? dizer que nao existe nada la em cima e o mesmo que acreditar que o homem foi a lua na decada de 70 kkk

  • MARCOS ANTONIO BATTAGLINI:

    SE AQUI NÓS TERRAQUIOS DESENVOLVEMOS A TEORIA DA TERRA (PLANETA) OCA…, PORQUE NÃO A TEORIA DE SARURNO OCO…????

  • CARLOS CORGA:

    Nenhum de vocês atentou e nem questionou o porque de ter sico omitido , ocultado o centro com a justificativa inocente de não ter sido captado de maneira adequada.
    Vamos tentar descobrir a razão de se esconder coisas da humanidade, o conhecimento deve ser compartilhado para o bem da humanidade e não ficar oculto pelos detentores da tecnologia.

    • Guilherme Gomes:

      É… muito suspeito esse negócio. “O centro foi excluído, já que não foi capturado de maneira adequada”: acho bom eles procurarem outra justificativa, pois essa não colou.

    • Cesar Grossmann:

      É um mosaico feito de passagens que não registraram o polo norte, pelo menos não o ponto mais ao norte. Colando estas imagens eles montaram este mosaico, onde falta o centro por que ele não foi fotografado.

      Mas outras fotos e filmes foram feitos e dá para ver que não tem nada sinistro no polo norte de Saturno.

      Claro, os mais renitentes conspiranoicos vão alegar que é tudo uma fraude, que a imagem do polo norte é falsa, mas se é para fraudar, por que não fraudariam estas imagens aí, criando um polo norte fictício? Falta de tempo? Sei…

  • André Luis:

    É bem esquisito! Eu já vi um video na Internet em que tentaram explicar esse fenomeno pela rotação mesmo, fazendo inclusive uma experiência com água e produtos quimicos, e pela rotação formando formas geométricas.

  • Capitão Caverna:

    Existem mais objetos hexagonais na natureza, seria interessante tentar encontrar as semelhanças entre esses objetos, para desvendar esse mistério.

  • Sky:

    Acredito que esse fenômeno tenha alguma origem ainda misteriosa aos nossos olhos. Se a NASA, com todos os seus estudiosos afirmam que esse seja um dos grandes mistérios do nosso sistema solar, não são graduandos que revelarão o motivo.
    Acredito que tenha relação a algo que fica onde a ciência ainda não chegou.

  • Matheus:

    É um disco voador!!!

    kkkkkkk

    • Matheus:

      Facepalm

    • aguiarubra:

      O E.T. de Varginha nasceu alí!!!

  • eduardo:

    Especulação de um leigo: “são os campos eletromagnéticos do polo norte”

  • Everaldo:

    É impressionante como esse hexágono é simétrico mesmo estando em rotação.
    E o mais intrigante é que essa formação ocorre somente no pólo norte.
    Acredito que isso aconteça devido à uma relação com a rotação ainda indeterminada de Saturno, pois afinal ele é um planeta gasoso.

  • Jonatas:

    Esse padrão de nuvens foi visto pela primeira vez pela Voyager 1 e depois confirmado pela Cassini, e até agora é um dos maiores enigmas do Sistema Solar. Os lados retos do hexágono são cada um aproximadamente 13,800 km em extensão, logo, bem maior que a Terra. Acredito que, diferente da maioria das tempestades do tipo vórtice que se formam nos planetas gigantes gasosos, essa tempestade saturnina polar é na verdade uma formação composta, ondas e jatos de nuvens de tempestade vindas do centro do pólo encontram e cruzam a tensão superficial das formações tangentes de nuvens exteriores, e das intersecções independentes formam-se as seis arestas retas, o processo é complexo mas não impossível. Se por exemplo juntar quatro bolhas de sabão, a intersecção delas formará arestas.

    • Everaldo:

      O mais estranho é que essa formação ocorre em apenas um dos polos e também se mantém por um tempo considerável, pois desde a primeira vez que foi avistada, continua até hoje.
      Creio que ondas e jatos de nuvens de tempestades deveriam ocasionar esse fenômeno também no outro pólo, a não ser que haja alguma anomalia no campo magnético de Saturno, o que viabilizaria sua teoria. Entretanto ainda haveria o problema da regularidade das ondas e nuvens, ainda mais com a rotação do planeta (o hexágono não permaneceria por muito tempo).

    • Jonatas:

      O quesito não é anomalia do pólo norte, mas é aleatório e foi ali que aconteceu, podia ter sido no pólo sul de Saturno ou no pólo norte de Júpiter, mas acontece em Saturno. A ideia da intersecção nebulosa é estranha para um mundo turbulento como Saturno, onde ventos podem soprar a 1.800 km horários em vendavais amoníacos, mas foi justamente a própria turbulência que originou a formação, um momento de estabilidade, mas em nuvens de proporções gigantescas, leva-se algumas gerações humanas para se desfazer.

    • Everaldo:

      Mas talvez a rotação do fluxo do polo norte seja diferente da do resto do planeta, o que ocasionaria na formação de redemoinhos ao redor do centro, sendo que a junção deles formaria um hexágono, e se essa diferença fosse maior outros polígonos com menos lados poderiam se formar.
      Penso que esse hexágono é muito mais antigo e durará muito mais do que supomos atualmente. E somente com uma análise mais detalhada desse planeta é que poderemos descobrir como teve início esse fenômeno.
      Talvez obtenhamos a resposta se direcionarmos nossa atenção à interação que Saturno tem com os ventos solares, pois se houver realmente essa diferença rotacional, seu campo magnetico estaria “distorcido”, assim como o do Sol (o que causa as manchas solares).

    • Jonatas:

      Eu estava lendo um artigo britânico, que fala sobre como, mesmo distante, o Sol é determinante em fenômenos climáticos de Saturno, Júpiter e Netuno. O que parece acontecer no pólo norte de Saturno não acontece em nenhum outro lugar do sistema solar, uma convergência de massa de nuvens, as correntes parecem realmente estar se direcionando do equador ao pólo norte. Isso não explica o hexágono, mas aponta porque o polo norte…

    • CASTOR:

      ja colocou um imã em contado com limalia de ferro ?
      e viram as formas que a limalia tomou ?

      um polo magnetico com uma força absurda talvez ?
      se essa nuvem conter fortes propriedades magneticas
      se existir a interceção que o jonatas disse, só que entre os polos … poderia formar isso ae
      só que é muito perfeito e pararelo …
      isso que me deixa mais bolado ainda

      é impossivel ?

    • Alison Brito:

      “Os lados retos do hexágono são cada um aproximadamente 13,800 km em extensão, logo, bem maior que a Terra.”
      Se refere a soma dos lados, não é?

  • CASTOR:

    excluir o centro da foto foi sacanagem
    maneira adequada
    ¬¬

    • andrew:

      Concordo
      Por que tiraram o centro?
      Se não revela nada por que tirar se não tem relevância

  • Christ:

    Realmente é um mistério, mas vamos tentar elucidar…
    Como Saturno é um planêta gasoso e com certeza possui um núcleo sólido..podemos supor que:
    Se fosse um Globo teria nuvens circulares
    Se fosso quadrado teria nuvens quadradas
    Se fosso triangular, teria nuvens triangulares
    Portanto com seu núcleo é hexagonal, suas nuvens também os são.
    Se alguém tiver outra teoria esteja a vontade.

    • João:

      Nossa, que saudades de negativar uns comentários…

    • deco:

      Qual o motivo de remover a negativação?

    • christ:

      Ao invés de negativar como era o seu costume, dê a sua “inteligente” opinião, talvez o cientistas da Nasa o contratem para devendar os mistérios do Universo.

    • serico115:

      João, eu não sou, nem tenho pretensões em ser um expert nestes assuntos. Apenas me constrange sua vontade de poder colocar votações negativas. Porquê? Acaso você é a favor de selectivizar os postantes que partilham suas posturas? Perdoe que lhe diga, mas isso denota algo que dentro de si estará menos bem. Acho que já vi seus comentários em outros temas, e ao que vejo continua com as mesmas posturas de segregacionistas. Se é um espaço aberto, acho que todos os comentários terão o mesmo direito de estar presentes. As votações é que vão dar indicação de sua validade e aceitação. Quanto aos negativistas, acho muito bem que os moderadores do SITE optem por fazer as devidas selecções para que exista um bom nível de participação no SITE. Dir-me-á que também o que diz é um direito que lhe assiste, mas deixe que lhe diga, nada abonatório. Por outro lado, até gosto de ver o que expressa em seus post’s, com excepção desta faceta que acho desnecessária.

    • Capitão Caverna:

      Não gostei

    • Jonatas:

      Pobre Capitão Caverna… Os barbeiros e cabeleireiros acharam ele…

    • Juliano:

      Creio que isso não é possível Christ. Vamos a um exemplo: Pegue um polígono qualquer (um dado, ou algo exagonal mesmo) e comece a enrolá-lo com algo (tipo, papel higiênico que é bem comprido). Vai chegar num ponto em que a superfície do papel não será mais quadrada e sim redonda.

      Outra questão: A superfície das nuvens de Saturno é redonda e somente o polo norte é exagonal (do polo sul eu nunca ouvi falar, mas não deve ser exagonal ou já teriam publicado), então, tem algo estranho com o polo, não com o núcleo.

    • mmeirelles:

      Não se pensarmos que mecanicamente falando, podemos usar uma ferramenta triangular usando movimentos circulares para fazer um furo quadrado. Mas pode haver uma fissura, imperfeição ou cratera a uns dez graus do polo do núcleo, associando a um terceiro elemento (como um satélite por exemplo), e dividindo a circunferência de saturno em 39 pontos iguais, a cada seis voltas e 25 pontos percorridos, o alinhamento da fissura com o satélite poderia formar uma das retas do sextavado através da discrepância magnética formada pelo encontroda fissura em rotação e do satélite em translação.

Deixe seu comentário!