Montanha-russa recebe tecnologia 3D

Por , em 4.08.2010

Depois de conquistar as grandes telas, as pequenas telas e as telas portáteis, a tecnologia 3D agora chega a algo maior: montanhas-russas.

A nova atração do “Space Fantasy” da “Universal Studios Japan”, no Japão, é a primeira que traz rastreamento 3D imersivo e tecnologia multi-touch para brinquedos de parque temático. A tecnologia foi criada pela GestureTek.

A tecnologia 3D tem sido utilizada em diversões e parques temáticos ao longo de décadas, mas o que o GestureTek está fazendo de especial com o Space Fantasy é tornar a experiência interativa.

Antes do início do passeio, os visitantes se alinham ao lado de uma parede sensível ao movimento, “Harmony Wall”, de cerca de 26 metros. O muro tem 22 câmeras 3D e 13 sistemas integrados de projeção, todos equipados com 16 computadores. Isso tudo permite que o sistema reconheça e rastreie as cabeças de até 66 convidados (e suas 132 mãos). Os gestos e os movimentos que as pessoas fazem afetam toda a experiência.

Uma vez sobre a montanha-russa, o software da GestureTek e a tecnologia da câmera permite que os visitantes interajam diretamente e controlem o conteúdo nas telas em torno deles. Os usuários podem alterar as imagens que são exibidas ao seu redor apenas gesticulando os braços ou fazendo movimentos com as mãos.

Enquanto os visitantes viajam a até 30 metros do chão, no túnel da montanha-russa, eles podem “coletar” especiais “Stardust Clouds” de exposições interativas de LED nas laterais para ajudar a re-energizar o sol (o objetivo final do passeio). Todas as atividades no túnel ocorrem sem ter que usar painéis de toque ou outros controles; apenas exige movimentos de mão e braço que são controlados pelo sistema de câmera.

Talvez os passeios de 3D imersivos poderiam revigorar a indústria do parque temático da mesma forma que os filmes 3D têm recuperado a queda das vendas de bilheteria dos cinemas. Se essa tecnologia chegasse perto de você, não te inspiraria a re-explorar parques temáticos? [Mashable]

Último vídeo do nosso canal: A Terra não orbita exatamente o sol mas um ponto virtual no espao

2 comentários

Deixe seu comentário!